Menu
2020-09-03T11:31:53-03:00
Estadão Conteúdo
de olho na retomada

PMI Composto avança a 53,9 pontos em agosto

É a primeira vez desde fevereiro que o indicador supera a marca dos 50 pontos, indicando melhora nas expectativas de empresários na comparação com o mês anterior

3 de setembro de 2020
11:31
ações gráficos empresários bolsa
Imagem: Shutterstock

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) composto do Brasil subiu a 53,9 pontos em agosto, de 47,3 em julho, informou nesta quinta-feira, 3, a IHS Markit.

É a primeira vez desde fevereiro que o indicador supera a marca dos 50 pontos, indicando melhora nas expectativas de empresários na comparação com o mês anterior. Também é o maior PMI composto desde o início de 2013.

A melhora do PMI composto foi puxada pelo desempenho do PMI industrial, que avançou a 64,7 pontos no mês, de 58,2 em julho. Foi o maior índice da série histórica. O PMI do setor de serviços também subiu, a 49,5 pontos em agosto, de 42,5 no mês anterior - ainda indicando piora das estimativas na comparação com julho.

"Devido ao impacto mais severo da pandemia na economia de serviços do que no setor industrial, provavelmente não é surpresa ver o setor de serviços continuar a perder terreno para o desempenho dos produtores de mercadorias, mas a ligeira queda de agosto na atividade do setor de serviços é, ainda assim, decepcionante", diz, em nota, o diretor de Economia da IHS Markit, Paul Smith.

Na leitura de agosto, as empresas de serviços relataram pressão da pandemia global sobre a atividade. Algumas foram fechadas por causa do baixo volume de negócios. Na outra ponta, houve melhora em alguns setores da demanda, com aumento dos níveis de novos trabalhos. Mesmo assim, houve queda no número de empregos do setor, pelo sexto mês seguido.

Os fatores de custos foram os mais citados acerca da perda de empregos. As empresas mencionaram que as despesas operacionais continuam crescendo, por aceleração da inflação de preços de insumos, que atingiu o pico dos últimos cinco meses.

Houve melhora, no entanto, nas expectativas do setor, já que 50% dos entrevistados espera crescimento da atividade nos próximos 12 meses - o maior nível desde fevereiro.

"Um crescimento no volume de novos negócios, embora modesto, traz um pouco de esperança para o futuro, com relator de uma retomada estável das atividades de mercado e uma certa consolidação na demanda. Será necessário que isso se repita para que a economia de serviços passe por uma verdadeira recuperação nos próximos meses", diz Smith.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

MERCADOS HOJE

Ibovespa ignora tensão em Brasília e busca romper marca histórica; dólar recua

Exterior positivo traz fôlego aos negócios locais, mas problemas em Brasília persistem

Exile on Wall Street

Bolsa não precisa de motivos para subir e os ganhos acontecerão – mesmo no pior cenário

Do fim de fevereiro até este meio de abril, o Ibovespa retomou os 120 mil pontos rapidamente, e sem qualquer utopia. Isso nos traz uma importante lição enquanto investidores agnósticos: a Bolsa não precisa de motivos para subir. Repita o mantra: não precisa de motivos para subir, não precisa de motivos… assim como você não […]

Taxa zero pra todo o lado

Easynvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

O melhor do Seu Dinheiro

A magia dos dados da Boa Vista, Arezzo, Hering e outros destaques do dia

No começo do ano, vazaram na internet dados de mais de 220 milhões de brasileiros, incluindo CPF, nome, endereço e renda. O número é maior que o da população brasileira porque o arquivo incluía pessoas que já faleceram. Mas não são apenas criminosos que espalham referências sobre quem somos por aí. Todos os dias nós […]

Esquenta dos Mercados

Exterior deve reagir bem à temporada de balanços, enquanto tensão em Brasília aumenta

Confira esses e outros destaques para a manhã desta quinta-feira (15)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies