Menu
2019-05-02T11:26:48-03:00
Estadão Conteúdo
Mais baixo em seis meses

PMI industrial cai de 52,8 em março para 51,5 em abril, diz IHS Markit

Volume de vendas mostrou a recuperação mais fraca desde julho de 2018, ainda que tenha crescido pelo décimo mês consecutivo

2 de maio de 2019
11:26
Gráfico indicando queda
Gráfico indicando queda - Imagem: Shutterstock

O Índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil caiu de 52,8 em março para 51,5 em abril, um recorde de baixa em seis meses, informou a IHS Markit nesta quinta-feira, 2. Mesmo com a queda, o índice se manteve acima do nível de 50 pontos, que representa avanço da atividade.

Entre os componentes do indicador, o volume de vendas mostrou a recuperação mais fraca desde julho de 2018, ainda que tenha crescido pelo décimo mês consecutivo. Da mesma forma, o ritmo de crescimento do volume de produção desacelerou, mas mantendo-se acima da média de 2018.

Também se verificou a mesma situação no nível de emprego, que teve o aumento mais fraco em quatro meses. Já os estoques de bens finais cresceram pelo terceiro mês consecutivo.

"O crescimento tênue dos volumes de novos pedidos e os desafios persistentes nos negócios criaram condições adversas para os fabricantes brasileiros no início do segundo trimestre. Esses retrocessos prejudicaram a capacidade das empresas de sustentar os aumentos sólidos nos níveis de empregos sinalizados no início do ano. A recuperação recente nas contratações foi, na melhor das hipóteses, marginal, tendo se atenuado e atingido o seu ponto mais fraco em 2019 até agora", disse a economista da IHS Markit, Pollyanna de Lima.

O enfraquecimento da moeda, por sua vez, exerceu pressão de alta sobre a inflação de insumos, mas a inflação dos preços de venda atenuou-se em comparação com março, contida pelas pressões competitivas, explicou a IHS Markit.

Quanto às expectativas para o futuro, os fabricantes esperam que inovações de produtos, melhores oportunidades para exportação e condições econômicas favoráveis venham a sustentar o crescimento da produção. Além disso, o grau de otimismo foi o segundo mais alto na história das séries, ficando atrás apenas do registrado no início do ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Fenômeno da internet

O ataque dos memes: Conheça 5 ações de empresas “quebradas” que mexem com Wall Street

O caso mais famoso foi o da GameStop, mas outras empresas que não contam com fundamentos sólidos vêm passando por movimentos de valorização estimulados por fóruns de internet

seu dinheiro na sua noite

No mundo corporativo, quem não diversifica, se trumbica

De uns tempos para cá, uma antiga fala de Warren Buffett tem pipocado nas minhas redes. Nela, o megainvestidor diz que “diversificação não faz sentido para quem sabe o que está fazendo” — e ele, naturalmente, se coloca como um sábio. Longe de mim querer contrariar o oráculo do mercado financeiro, mas é preciso tomar […]

nos ares

Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

Empresa vem trabalhando para superar acidentes aéreos envolvendo a família de aviões 737 MAX. No Brasil, a Gol tem um pedido firme do 737-10

pix questionado

Procon-SP notifica bancos por brechas exploradas por ladrões de celulares

São requisitados esclarecimentos sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo

FECHAMENTO DA SEMANA

Juros futuros são grandes protagonistas da semana e ainda prometem mais emoção; dólar recua 1% e bolsa fica no vermelho

Com Copom duro e a sinalização de uma possível elevação nas taxas de juros nos EUA, os principais contratos de DI dispararam. Na semana, o dólar recuou com o forte fluxo estrangeiro e a bolsa seguiu o ritmo das commodities (mais uma vez)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies