Menu
2019-01-12T11:03:03-02:00
Estadão Conteúdo
Governança

Petrobras diz que indicação de amigo de Bolsonaro ainda passará por análise

O nome de Carlos Victor Guerra Nagem, que foi questionado pela Federação Única dos Petroleiros (FUP), será submetido aos procedimentos de governança da estatal

12 de janeiro de 2019
11:03
Petrobras
Imagem: Shutterstock

A Petrobras ainda vai submeter o nome do amigo do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Victor Guerra Nagem, aos procedimentos de governança da companhia, que inclui a apreciação pela Diretoria Executiva, pelo Comitê de Indicação, Remuneração e Sucessão e pelo Conselho de Administração, informou a assessoria da estatal, sobre a polêmica indicação feita por Bolsonaro e questionada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP). Segundo a federação, ele não preenche os requisitos do cargo.

"Serão analisadas a formação acadêmica e a experiência", informou a estatal em nota ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, afirmando que Nagem é Mestre em Administração pela Coppead/UFRJ, graduado em administração pela Escola Naval.

"Nagem ingressou na Petrobras há onze anos e, nos últimos seis, atuou lotado na área de Segurança Corporativa. Ele também tem dez anos de experiência como docente e é Capitão Tenente da reserva da Marinha", informou a petroleira.

Segundo a FUP, para assumir a vaga cujo salário gira em torno dos R$ 50 mil, Nagem teria que ter pelo menos 10 anos de experiência gerencial na área em empresa de grande porte nacional ou internacional, o que não seria o caso do amigo do presidentes.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Sem trégua

Brasil passa de 254 mil mortes por covid-19

Número de casos da doença supera a marca de 10,5 milhões

Estrada do futuro

Em breve, você ganhará dinheiro investindo em uma Mona Lisa

Recebíveis de tecnologia, obras de arte, criptomoedas… o mundo dos investimentos está mudando numa velocidade avassaladora. E pela primeira vez na história os investidores individuais estão fazendo parte dessa mudança

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies