Menu
2019-04-16T07:08:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Impasse na estatal

Governo estuda alterar política da Petrobras

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, uma das propostas seria de reduzir a margem de autonomia para a gerência de comercialização da companhia conceder o reajuste dos preços do óleo diesel

16 de abril de 2019
7:08
Refinaria Abreu e Lima da Petrobras
Refinaria Abreu e Lima da Petrobras - Imagem: Divulgação

O governo estuda algumas propostas relacionadas a política de preços da Petrobras, após o presidente Jair Bolsonaro mandar a estatal suspender o reajuste dos valores do óleo diesel.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, uma das propostas que estão na mesa seria de reduzir a margem de autonomia para a gerência de comercialização da companhia conceder o reajuste — que hoje varia entre -7% e +7%. Além da ampliação do número de pessoas a serem consultadas para alterar o preço dos combustíveis.

No encontro presidente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu que a política de preços é uma decisão da empresa: caberia à petrolífera definir a metodologia de reajuste.

Após reunião com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que ainda não há uma decisão sobre manter o reajuste no preço do óleo diesel, mas disse que a empresa é “livre”.

Nesta terça-feira, 16, uma reunião de Bolsonaro com a equipe econômica e representantes da Petrobras baterá o martelo sobre a questão. O Planalto deve ainda anunciar medidas para o setor de transporte rodoviário, de acordo com comunicado à imprensa.

O Estado apurou que uma das ideias para uma nova metodologia para o reajuste dos preços de combustíveis seria uma política de preços que levasse em conta uma média de quatro meses para cada reajuste mensal.

O problema desse mecanismo é que, se o preço cair e a Petrobras não acompanhar, ela perde mercado para importadores.

De acordo com fontes da equipe econômica ouvidas pelo jornal, não há espaço fiscal para a criação de uma medida que envolva subsídio ao preço do diesel pago pelo Tesouro — como o praticado no governo do ex-presidente Michel Temer. O bloqueio de R$ 30 bilhões no Orçamento deste ano mostra que não há como bancar um novo “bolsa-caminhoneiro”, asseguram as fontes.

Segundo auxiliares, Bolsonaro sabe que precisa conceder o reajuste pela volatilidade de preço do petróleo e, no momento, quer “entender” a metodologia da empresa.

Hoje, a área técnica de marketing e comercialização da Petrobrás tem delegação para realizar ajustes desde que estejam nesta faixa de -7% a +7%. Fora deste intervalo, as alterações nos preços precisam ser aprovadas pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços — integrado pelos diretores de refino e gás, financeiro e de relacionamento com investidores, conforme decisão de junho de 2017.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

polêmica

Vacina da AstraZeneca e da Universidade de Oxford contra covid-19 sofre críticas

Cientistas questionam métodos da pesquisa após empresa admitir que meia dose foi erro de fabricação

Crise no mundo encantado

Disney anuncia 32 mil cortes de empregos, principalmente em parques temáticos

A pandemia forçou os parques temáticos da Disney a permanecer fechados ou operar com capacidade reduzida durante boa parte deste ano, e as operações de seus navios de cruzeiro estão suspensas

Tema do momento

Acionista do Carrefour, Abilio Diniz quer que a empresa se torne referência na luta contra o racismo

No evento online, o empresário também falou sobre o futuro do varejo e suas visões positivas para a economia brasileira

BOAS NOTÍCIAS

País tem saldo positivo recorde de vagas formais em outubro

Mercado de trabalho registra a abertura de 394.989 vagas em outubro, de acordo com Caged, superando projeções

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies