Menu
2019-04-16T07:08:50-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Impasse na estatal

Governo estuda alterar política da Petrobras

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, uma das propostas seria de reduzir a margem de autonomia para a gerência de comercialização da companhia conceder o reajuste dos preços do óleo diesel

16 de abril de 2019
7:08
Refinaria Abreu e Lima da Petrobras
Refinaria Abreu e Lima da Petrobras - Imagem: Divulgação

O governo estuda algumas propostas relacionadas a política de preços da Petrobras, após o presidente Jair Bolsonaro mandar a estatal suspender o reajuste dos valores do óleo diesel.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, uma das propostas que estão na mesa seria de reduzir a margem de autonomia para a gerência de comercialização da companhia conceder o reajuste — que hoje varia entre -7% e +7%. Além da ampliação do número de pessoas a serem consultadas para alterar o preço dos combustíveis.

No encontro presidente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu que a política de preços é uma decisão da empresa: caberia à petrolífera definir a metodologia de reajuste.

Após reunião com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que ainda não há uma decisão sobre manter o reajuste no preço do óleo diesel, mas disse que a empresa é “livre”.

Nesta terça-feira, 16, uma reunião de Bolsonaro com a equipe econômica e representantes da Petrobras baterá o martelo sobre a questão. O Planalto deve ainda anunciar medidas para o setor de transporte rodoviário, de acordo com comunicado à imprensa.

O Estado apurou que uma das ideias para uma nova metodologia para o reajuste dos preços de combustíveis seria uma política de preços que levasse em conta uma média de quatro meses para cada reajuste mensal.

O problema desse mecanismo é que, se o preço cair e a Petrobras não acompanhar, ela perde mercado para importadores.

De acordo com fontes da equipe econômica ouvidas pelo jornal, não há espaço fiscal para a criação de uma medida que envolva subsídio ao preço do diesel pago pelo Tesouro — como o praticado no governo do ex-presidente Michel Temer. O bloqueio de R$ 30 bilhões no Orçamento deste ano mostra que não há como bancar um novo “bolsa-caminhoneiro”, asseguram as fontes.

Segundo auxiliares, Bolsonaro sabe que precisa conceder o reajuste pela volatilidade de preço do petróleo e, no momento, quer “entender” a metodologia da empresa.

Hoje, a área técnica de marketing e comercialização da Petrobrás tem delegação para realizar ajustes desde que estejam nesta faixa de -7% a +7%. Fora deste intervalo, as alterações nos preços precisam ser aprovadas pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços — integrado pelos diretores de refino e gás, financeiro e de relacionamento com investidores, conforme decisão de junho de 2017.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

QUESTIONAMENTOS

Frente parlamentar aciona STF para suspender reforma administrativa

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir a suspensão imediata da tramitação da reforma administrativa. No mandado de segurança, deputados e senadores argumentam que não é possível analisar a proposta por falta de informações técnicas. Segundo os parlamentares, a imposição de sigilo nos documentos que […]

BALANÇO

BC informa que 50 milhões de chaves já foram cadastradas no Pix

O Pix é um sistema que permitirá pagamentos e transferências 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Esse tal de BDR

O mercado financeiro adora usar termos e siglas em inglês, talvez para tornar a coisa mais difícil do que realmente é. Nos últimos dias você já deve ter lido, inclusive aqui no Seu Dinheiro, sobre um tal de BDR. As três letras vêm de Brazilian Depositary Receipts. O quê? Calma, nós chegamos lá. O BDR é […]

As queridinhas

Tesla, Apple e Mercado Livre são os BDRs mais negociados no 1º dia de mercado aberto a todos os investidores

Empresas de tecnologia dominaram o primeiro dia de negociações liberadas a qualquer investidor, que teve volume superior à média

embalou

Ibovespa fica perto dos 102 mil pontos com disparada dos bancos e alta em NY; dólar cai abaixo do R$ 5,60

Papéis de Itaú, Banco do Brasil e Bradesco terminam sessão entre as cinco maiores altas do índice, que fechou perto da máxima; moeda americana recua 0,36% e juros sobem em dia de leilão do Tesouro e à espera de novidades fiscais. Lá fora, expectativa para estímulos alivia bolsas americanas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies