2019-04-03T10:18:32-03:00
corrupção

Ex-gestores da Petrobras podem ter interferido em comissão interna, diz CVM

CVM diz ter encontrado indícios de que trechos de relatórios produzidos por comissão interna foram suprimidos; trabalho era feito para indicar irregularidades nos investimentos realizados na Refinaria Abreu e Lima

3 de abril de 2019
9:12 - atualizado às 10:18
Letreiro da Petrobras em frente a prédio - Imagem: Shutterstock

A ex-diretoria da Petrobras pode ter interferido no trabalho da Comissão Interna de Investigação (CIA) — que indica irregularidades nos investimentos realizados na Refinaria Abreu e Lima.

É o que aponta a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que diz ter encontrado indícios de irregularidades. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo o jornal, a CVM afirma que diversos trechos de um relatório produzido pela CIA foram suprimidos. Entre as informações omitidas, estão várias menções a documentos de 2008 das áreas de planejamento e financeira da Petrobras, que apontavam a baixa atratividade e os riscos de investimentos.

De acordo com a CVM, também foi omitida a informação de que o cálculo do fluxo de caixa e da taxa de atratividade do investimento excluía o impacto tributário. Ainda assim, o investimento foi aprovado pela diretoria e pelo conselho de administração da petrolífera.

No final do ano passado, o relatório do inquérito administrativo apurou o caso e converteu a ação em processo sancionador. Ex-diretores e ex-conselheiros da companhia passaram então a ser acusados de faltarem com o dever fiduciário na aprovação dos investimentos.

Arrolados ao processos estão, entre outros, a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-ministro Guido Mantega, a ex-presidente da estatal Maria das Graças Foster e o ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho.

Em depoimento à CVM, os membros da CIA confirmaram a suposta interferência no resultado do trabalho da comissão. Foster, por outro lado, declarou ter visto "várias coisas" fora do escopo do trabalho da CIA, mas entregou o relatório e "não soube de mais nada", ainda de acordo com O Estado de S. Paulo.

Outro lado

A reportagem do jornal obteve como resposta da Petrobras de que não comentaria o caso. A assessoria da ex-presidente Dilma disse que se manifestaria hoje. Mas a publicação desta nota não havia nada público. Graça Foster, ex-presidente da Petrobras não foi encontrada e Mantega disse que não se pronunciaria. Coutinho disse o mesmo — ao menos até ter conhecimento prévio do relatório.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela as movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

MELHORA ARTIFICIAL

Pedidos de recuperação judicial caem em 2021 ao menor nível desde 2014

Para os especialistas os números do ano passado não representam uma recuperação econômica, mas uma melhora artificial no ambiente de negócios promovida por políticas públicas pontuais

APOSTA NA SIDERURGIA

A vez da Usiminas: BTG estima alta de mais de 55% para USIM5 nos próximos meses; saiba o que pode impulsionar as ações

Segundo os analistas, a empresa negocia nos múltiplos mais baixos da década e deve surfar na recuperação dos preços do aço

pessimismo nos mercados

Por que a ameaça de conflito entre Rússia e Ucrânia derruba as bolsas mundo afora?

Escalada de tensões entre os dois países levou EUA e Reino Unido a retirarem funcionários de embaixadas na Ucrânia; veja como uma eventual invasão russa ao país pode afetar os mercados