🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-09-08T17:24:10-03:00
Carolina Gama
É PRA COMPRAR!

PetroRecôncavo (RECV3) tem potencial de alta de 38% — saiba por que o BTG Pactual recomenda ter os papéis em carteira

Banco iniciou a cobertura da petroleira brasileira com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 40,00

8 de setembro de 2022
17:24
Petróleo, Petrobras, PetroRecôncavo
Imagem: Shutterstock

Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, em fevereiro deste ano, a disparada do petróleo jogou luz sobre as empresas do setor, que passaram a ver suas ações recomendadas por grandes bancos. E este é o caso da PetroRecôncavo (RECV3)

O BTG Pactual iniciou a cobertura das ações RECV3 com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 40 — o que representa um potencial de valorização de 38% em relação ao fechamento dos papéis de hoje.

Mas não é só o preço elevado do petróleo, que já vinha em alta desde a reabertura econômica após os lockdowns patrocinados pela pandemia de covid-19, que impulsiona os papéis da PetroRecôncavo. A empresa também se beneficia de alguns fatores particulares.

Por que o BTG Pactual recomenda a PetroRecôncavo (RECV3)

Embora a PetroRecôncavo (RECV3) seja apenas um dos muitos players na indústria brasileira de petróleo e gás que vêm crescendo nos últimos anos, vale ressaltar que a empresa tem mais de duas décadas — ela é muito mais antiga do que a maioria de seus pares brasileiros.

Mais importante: a petroleira tem uma equipe de gerenciamento testada pelo tempo, com um histórico comprovado.

Em um setor no qual os investidores têm sido céticos em comprar teses de longo prazo devido à alta volatilidade de preços e poucos casos de sucesso no Brasil, o BTG acredita que a PetroRecôncavo oferece uma história mais interessante e relativamente segura para quem busca exposição ao setor de energia e ao desenvolvimento de indústria do gás no Brasil. 

  • Leia também: IRB (IRBR3) se tornou “investível” novamente após oferta de ações, diz BTG; hora de comprar?

Crescimento seletivo: uma vantagem que poucas têm

Além de ser considerada pelo BTG uma ação defensiva devido aos custos mais baixos, o banco também considera o crescimento seletivo da PetroRecôncavo (RECV3) como um dos seus pontos fortes. 

O programa de desinvestimentos da Petrobras (PETR4) abriu espaço para uma rápida expansão inorgânica para muitas empresas petrolíferas menores. 

Embora a PetroRecôncavo também tenha aproveitado essa oportunidade, a empresa fez isso de forma mais gradual, concentrando seu portfólio em apenas duas regiões em terra (onshore). 

Alguns analistas podem argumentar que essa estratégia limitou o potencial de crescimento da empresa, mas o BTG acredita que ela pode realmente favorecer a tese da PetroRecôncavo, que deve ter menos soluços de produção, apoiados por uma operação verticalizada.

PetroRecôncavo (RECV3): um potencial esgotado? 

Embora o rali de 51% da ação da PetroRecôncavo (RECV3) no acumulado do ano mostre que os investidores já estão pagando por uma parcela maior do crescimento no longo prazo, o BTG vê como atrativo o potencial de valorização de 42% incorporado no preço-alvo.

De acordo com os cálculos do banco, sob as premissas de preço do barril de petróleo a US$ 90 em 2023 e US$ 85 em 2024 , a ação está sendo negociada a 2,4 vezes o valor da firma/ebitda (EV/EBITDA) em 2023 e 1,3 vez em 2024. 

O BTG destaca, no entanto, que não incorporou a potencial aquisição do polo Bahia Terra no preço-alvo, deixando-a como opcional apesar de esperar um resultado positivo. Se o negócio for aprovado, o potencial de valorização das ações RECV3 pode chegar a 74%.

A PetroRecôncavo (RECV3) ainda tem crédito

Na terça-feira (06), a PetroReconcavo (RECV3) anunciou um novo empréstimo de US$ 126 milhões a ser pago em 60 meses e que será utilizado para pré-pagamento da dívida atual, contratada para a aquisição do cluster Riacho da Forquilhas. 

De acordo com o Itaú BBA, o crédito é positivo para a petroleira, já que proporciona flexibilidade na política de hedge, além de potencial redução de 2,4% no custo da dívida. 

Segundo as estimativas do banco, o encerramento de todos os instrumentos de hedge restantes até 2024 teria um impacto potencial de R$ 1,40 por ação da PetroRecôncavo, o que equivale a um potencial de valorização de 5% sobre o preço atual da ação. 

O papel RECV3 caiu 2,03%, cotado a R$ 27,52. O Itaú BBA tem recomendação de compra para a ação, com preço-alvo de R$ 38 — o que representa um potencial de valorização de 35%. 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Confira a agenda dos candidatos à Presidência da República nesta terça-feira

27 de setembro de 2022 - 7:35

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais tentam emplacar alta com busca por pechinchas; Ibovespa acompanha ata do Copom hoje

27 de setembro de 2022 - 7:34

A prévia da inflação brasileira será divulgada na terça-feira e o IPCA-15 deve registrar deflação mais uma vez

União que deu resultados

Com fome de aquisições e dois sócios grandes por trás, Dimensa acirra a disputa pelo mercado de software financeiro e mira IPO

27 de setembro de 2022 - 7:00

A Dimensa é fruto de uma joint venture entre a Totvs (TOTS3), maior companhia de sistemas de gestão do país, com a B3 (B3SA3), a dona da bolsa de valores brasileira

ESPECIAL SD 4 ANOS

Um setor para prestar atenção nos próximos 4 anos: por que o lítio precisa estar presente na carteira de investidores sofisticados

27 de setembro de 2022 - 6:32

Também chamado de ‘petróleo branco’, o lítio vai além das baterias de veículos elétricos e do armazenamento de energia renovável

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Medo de recessão derruba o Ibovespa, o que deu errado no The Merge e as chances de Lula no primeiro turno; confira os destaques do dia

26 de setembro de 2022 - 19:29

Não é de hoje que o mercado financeiro pesa o risco de que a economia global enfrente uma grave recessão como efeito colateral das medidas para o controle inflacionário, mas nos últimos dias os investidores aumentaram as apostas de que esse é, de fato, um caminho inevitável.  A preocupação que antes estava quase que restrita […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies