⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-10T13:40:25-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
A SEMANA NA B3

Vale (VALE3) dispara mais de 10% e anota a maior alta do Ibovespa na semana, enquanto duas ações de frigoríficos dominam a ponta negativa do índice

Por trás da alta da mineradora e da queda de Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) estão duas notícias vindas da China

10 de setembro de 2022
13:40
Vale (VALE3)
Vale (VALE3) -

As empresas de commodities da B3 viveram realidades distintas na última semana. Enquanto a Vale (VALE3), cujo principal produto é o minério de ferro, registrou a maior alta do Ibovespa no período, os frigoríficos Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) dominaram a ponta negativa do índice.

E por trás da alta e da queda dos três nomes estão notícias vindas da China. Enquanto os preços do minério de ferro voltaram a subir no país e impulsionaram a Vale, um relatório que indica que a demanda por carne do gigante asiático deve cair levou ao recuo das exportadoras.

Além das duas empresas, outra ação ligada a commodities também aparece entre as maiores quedas. Os papéis ordinários e preferenciais da Petrobras (PETR3/PETR4) recuaram na esteira da queda do petróleo, que chegou a atingir o menor nível desde janeiro na quarta-feira (7).

Confira abaixo os destaques negativos do principal índice acionário da B3:

EmpresaVariação
Marfrig (MRFG3)-10,46%
Minerva (BEEF3) -5,06%
Braskem (BRKM5)-4,92%
Petrobras (PETR4)-4,88%
Petrobras (PETR3)-4,85%
Fonte: TradeMap

Veja também as ações que mais avançaram na semana:

EmpresaVariação
Vale (VALE3)+10,54%
Azul (AZUL4)+8,82%
Natura (NTCO3)+8,60%
GOL (GOLL4)+8,01%
Bradespar (BRAP4)+ 7,57%
Fonte: TradeMap
  • EXCLUSIVO "BOLSONARO X LULA": com 7 de setembro e ânimos à flor da pele para eleições, saiba como as eleições podem mexer com o Ibovespa daqui para frente e o que aconteceu com a Bolsa nas últimas 6 eleições, de 1998 a 2018. Basta liberar o material gratuito neste link

Vale (VALE3) surfa na alta do minério de ferro

Após nove meses, o minério de ferro enfim se recuperou das mínimas e manteve-se acima de US$ 100 a tonelada, subindo 9% nos últimos cinco dias. A semana foi a melhor para a matéria-prima do aço desde julho e renovou o apetite pelos papéis da Vale (VALE3).

O aquecimento da demanda pela commodity deve-se ao início da alta temporada de construções na China. A expectativa é que o setor chegue ao pico das obras até outubro e siga impulsionando as vendas do aço.

Além disso, a mineradora também animou os investidores com as perspectivas para sua divisão de metais básicos. Em apresentação a investidores, a companhia estimou que a demanda global de níquel cresça 44% até 2030 e chegue a 6,2 milhões de toneladas.

Segundo a Vale, os números serão puxados pelo rescimento do mercado de carros elétricos. Além do metal, as vendas de cobre - outro produto comercializado pela empresa -, também devem ser impulsionadas pelo segmento.

Exportadoras de carne temem queda na demanda chinesa

A China aumentou a demanda pelo aço, mas a de carne bovina parece seguir o caminho oposto. Segundo um relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o consumo do alimento no gigante asiático deve cair 3% em 2023.

O recuo previsto para as importações deve ser ainda maior, de 20%, ainda segundo as estimativas do USDA. Vale destacar que o país foi o destino de 60% das exportações de carne brasileiras no ano passado, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Por isso, uma possível variação negativa no volume de exportações deve impactar os frigoríficos brasileiros e já começou a ser precificada pelos investidores, com Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) liderando as perdas do Ibovespa na semana.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

DESTAQUES DA BOLSA

Ações da MRV (MRVE3) despencam após suspensão da capitalização da Resia; veja os novos planos da construtora para a subsidiária norte-americana

7 de outubro de 2022 - 13:36

De acordo com a companhia, a operação só será retomada quando o cenário macroeconômico dos EUA estiver novamente favorável ao mercado de capitais

O caminho mais seguro

Por que você ainda deve investir em Tesouro Selic, mesmo que os juros tenham parado de subir

7 de outubro de 2022 - 13:19

Para o Itaú BBA, Selic pode permanecer alta por mais tempo do que o mercado espera, e investidor deve manter 60% da sua carteira de títulos públicos em Tesouro Selic

ELEIÇÕES 2022

Simone, Ciro “envergonhado” e até FHC: aonde esses apoios podem levar um eventual governo Lula

7 de outubro de 2022 - 13:15

O petista se movimenta de modo a angariar o máximo apoio possível e confirmar, no fim de outubro, um favoritismo que lhe é atribuído desde sua ressurreição para a política

ELEIÇÕES 2022

Zema, Moro, Garcia e Dallagnol: como esses apoios podem ajudar Bolsonaro no segundo turno?

7 de outubro de 2022 - 13:07

Presidente vem reforçando seu time para a fase final das eleições com nomes da direita da política brasileira; confira os apoios que podem fazer a diferença na reeleição de Bolsonaro

NÃO VAI COLAPSAR?

Ressuscitou? Credit Suisse tenta tranquilizar investidores sobre risco de calote e ações avançam em NY

7 de outubro de 2022 - 12:49

Entre as soluções anunciadas, a instituição financeira recomprará bilhões em dívidas e venderá um famoso hotel de quase 200 anos de história

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies