Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-01T19:57:15-03:00
Estadão Conteúdo
A volta da tesoura

Opep decide estender cortes na produção de petróleo por mais nove meses

Pacto é selado em meio a fraturas geopolíticas que têm se aprofundado entre os membros do cartel

1 de julho de 2019
20:29 - atualizado às 19:57
opep
OPEP - Imagem: Andrei Moraes/Seu Dinheiro

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordou, nesta segunda-feira, em continuar a limitar a produção da commodity por mais nove meses, em uma decisão que já era esperada por grande parte dos agentes do mercado.

O pacto vem em meio a fraturas geopolíticas que têm se aprofundado entre os membros do cartel, embora autoridades da Opep tenham apontado que a concordância de extensão dos cortes na produção foi "inequívoca".

No fim de semana, às margens da reunião de cúpula do G20, no Japão, o presidente russo, Vladimir Putin, revelou que havia fechado um acordo com a Arábia Saudita para manter os cortes em seus níveis atuais, de cerca de 1,2 milhão de barris de petróleo por dia, mas ainda havia dúvida se o prolongamento da menor oferta de óleo seria por mais seis ou nove meses.

De acordo com o ministro de Petróleo da Arábia Saudita, Khalid al-Falih, com a manutenção do acordo, o segundo semestre será melhor para o mercado de petróleo, que deve ficar "ainda mais uniforme".

Ele disse que os cortes tiveram de ser mantidos para evitar fortes ondas de volatilidade nos preços da commodity e ressaltou que a extensão por nove meses é um reconhecimento de que a demanda por energia deve se enfraquecer no primeiro semestre de 2020.

Falih afirmou, ainda, que alguns membros que não integram a Opep irão adotar a extensão de nove meses, embora não tenha especificado os países. Na terça-feira, Viena voltará a ser a sede de discussões sobre o acordo da Opep, agora por um grupo de dez países liderado pela Rússia, que é signatário do pacto com o cartel.

"O presidente Vladimir Putin e o príncipe herdeiro Mohammad bin Salman dão apoio a essa cooperação entre a Opep e a Opep+", disse Falih, referindo-se ao nome informal recebido pelos signatários do acordo de redução da oferta de petróleo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies