Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-20T13:47:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Organização ou cartel?

Petróleo recua após comitê dos EUA aprovar projeto que pode implicar Opep em lei antitruste

A organização foi acusada de realizar um “conluio” entre seus membros para fixar o preço da commodity

20 de abril de 2021
13:47
Petróleo Opep
Imagem: Shutterstock

O Comitê Judiciário da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou, nesta terça-feira (20), um projeto de lei que pode implicar os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) na legislação antitruste americana. 

A lei antitruste é um conjunto de normas do país comumente aplicadas na regulação da conduta e organização de empresas corporativas. Seu objetivo é evitar a formação de cartéis e promover uma concorrência leal. 

A liderança democrata da Casa, contudo, não forneceu previsão sobre quando a pauta será submetida ao plenário e os preços do petróleo reagiam negativamente à notícia. 

Por volta das 13h30, o contrato WTI, negociado nos Estados Unidos, recuava 1,43%, a US$ 62,52 o barril. O do tipo Brent, negociado em Londres, também caía 0,92%, a US$ 66,43.

O que dizem os parlamentares

Para o presidente da comissão, Jerrold Nadler, a Opep é um cartel e viola as regras por seus membros realizarem um "conluio" para fixar os preços da commodity energética e acrescentou que tal comportamento seria considerado ilegal se partisse do setor privado. 

"O esforço para impulsionar os preços impactam diretamente consumidores americanos porque o preço de petróleo é o maior determinante dos preços de gasolina no varejo", explicou. 

Nadler ressaltou ainda que a matéria é proposta em parceria com o deputado republicano Steve Chabot, sugerindo que há apoio bipartidário ao tema. 

Segundo ele, o objetivo é "tornar ilegal que qualquer país estrangeiro aja coletivamente com outros para limitar a produção, fixar preços ou restringir o comércio de petróleo, gás natural ou demais produtos derivados de petróleo", disse.

Pandemia reforçou a atividade da organização

A atuação da Opep no mercado ficou em evidência no ano passado, quando o grupo se juntou a aliados para firmar cortes na oferta e estabilizar as cotações do ativo energético em meio ao impacto da pandemia de coronavírus na demanda.

Vale lembrar que, há exatamente um ano, o preço do petróleo chegou a cair abaixo de zero, algo inédito na história da commodity. 

Pouco depois das 15h, horário de Brasília, do dia 20 de abril de 2020 ele passou a ser negociado a preços negativos, fechando o pregão em US$ -37,63 o barril, uma queda de mais de 300%.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

COMO ESPERADO

Evergrande paga credores locais; estrangeiros seguem a ver navios

Apesar da perspectiva de calote aos credores externos, reação à notícia foi positiva nos mercados de bônus chineses

bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) se aproxima das máximas históricas após estreia do primeiro ETF em criptomoeda nos EUA; acompanhe

Nos primeiros minutos de negociação, o ETF da ProShares movimentou cerca de US$ 280 milhões de acordo com o analista de fundos de índice da Bloomberg

NA ESTEIRA DA VACINA

Beneficiada por venda de imunizante contra covid-19, Johnson & Johnson lucra mais que o esperado no 3º trimestre

Depois dos grandes bancos, agora é a vez de a J&J surpreender positivamente o mercado, impulsionada por sua divisão farmacêutica

MERCADOS HOJE

Auxílio emergencial ‘turbinado’ e fora do teto pesa e faz Ibovespa perder os 113 mil pontos; dólar avança mesmo com leilão do BC

A agenda local está esvaziada neste início de semana, mas os investidores aguardam ansiosamente por um desfecho para a PEC dos precatórios.

RadioCash

Com cenário macroeconômico instável, não dá pra ser Warren Buffet no Brasil, diz Paolo Di Sora, fundador da RPS Capital

Para o megainvestidor e CEO da Berkshire Hathaway, que compra ações de empresas na maior economia do mundo, é fácil se concentrar na análise microeconômica. Já o investidor brasileiro, por sua vez, está sempre sujeito a instabilidades e crises domésticas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies