Menu
2021-04-20T13:47:23-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Organização ou cartel?

Petróleo recua após comitê dos EUA aprovar projeto que pode implicar Opep em lei antitruste

A organização foi acusada de realizar um “conluio” entre seus membros para fixar o preço da commodity

20 de abril de 2021
13:47
Petróleo Opep
Imagem: Shutterstock

O Comitê Judiciário da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou, nesta terça-feira (20), um projeto de lei que pode implicar os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) na legislação antitruste americana. 

A lei antitruste é um conjunto de normas do país comumente aplicadas na regulação da conduta e organização de empresas corporativas. Seu objetivo é evitar a formação de cartéis e promover uma concorrência leal. 

A liderança democrata da Casa, contudo, não forneceu previsão sobre quando a pauta será submetida ao plenário e os preços do petróleo reagiam negativamente à notícia. 

Por volta das 13h30, o contrato WTI, negociado nos Estados Unidos, recuava 1,43%, a US$ 62,52 o barril. O do tipo Brent, negociado em Londres, também caía 0,92%, a US$ 66,43.

O que dizem os parlamentares

Para o presidente da comissão, Jerrold Nadler, a Opep é um cartel e viola as regras por seus membros realizarem um "conluio" para fixar os preços da commodity energética e acrescentou que tal comportamento seria considerado ilegal se partisse do setor privado. 

"O esforço para impulsionar os preços impactam diretamente consumidores americanos porque o preço de petróleo é o maior determinante dos preços de gasolina no varejo", explicou. 

Nadler ressaltou ainda que a matéria é proposta em parceria com o deputado republicano Steve Chabot, sugerindo que há apoio bipartidário ao tema. 

Segundo ele, o objetivo é "tornar ilegal que qualquer país estrangeiro aja coletivamente com outros para limitar a produção, fixar preços ou restringir o comércio de petróleo, gás natural ou demais produtos derivados de petróleo", disse.

Pandemia reforçou a atividade da organização

A atuação da Opep no mercado ficou em evidência no ano passado, quando o grupo se juntou a aliados para firmar cortes na oferta e estabilizar as cotações do ativo energético em meio ao impacto da pandemia de coronavírus na demanda.

Vale lembrar que, há exatamente um ano, o preço do petróleo chegou a cair abaixo de zero, algo inédito na história da commodity. 

Pouco depois das 15h, horário de Brasília, do dia 20 de abril de 2020 ele passou a ser negociado a preços negativos, fechando o pregão em US$ -37,63 o barril, uma queda de mais de 300%.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

cardápio de balanços

Itaúsa e BTG: os balanços que mexem com o mercado nesta terça

Resultados são do primeiro trimestre de 2021, período ainda marcado pela incerteza por conta da pandemia de covid-19; veja os destaques

AGORA A SEMANA COMEÇA

Ata do Copom, IPCA e expectativa com balanços devem ditar o rumo do pregão

Aversão ao risco no exterior e cena política agitada recomendam cautela

Coronavírus no Brasil

Brasil tem 423,2 mil mortes e 15,2 milhões de casos de covid-19

Ainda há 3.744 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito

na b3

Leilão de aeroportos regionais de SP terá como destaque bloco de Ribeirão Preto

Segundo o governo, dos 22 aeroportos, seis já contam com serviços de aviação comercial regular e 13 têm potencial de desenvolvimento de novas rotas regulares durante a concessão

IR 2021

Imposto de renda: Posso declarar um plano de saúde internacional como gasto dedutível?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies