Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-27T17:31:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Segurando os preços

Opep+ anuncia manutenção de acordo para conter oferta de petróleo

O grupo confia na retomada econômica no segundo semestre, mas o aumento no número de casos de covid-19 ainda preocupa

27 de abril de 2021
17:31
Opep+ Petróleo
Imagem: Shutterstock

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) confirmou, em comunicado divulgado nesta terça-feira (27), a manutenção do acordo entre as nações envolvidas para conter a oferta da commodity.

A nota foi divulgada após reunião em nível ministerial do grupo, o qual informou que a data para o próximo encontro do cartel será em 1º de junho.

Os preços do petróleo reagiam bem à notícia. Por volta das 17h20, o contrato WTI, negociado nos Estados Unidos, tinha forte avanço de 2,05%, a US$ 63,21 o barril. O do tipo Brent, negociado em Londres, também subia 1,50%, a US$ 66,68.

A Opep+ afirma que a taxa de cumprimento do acordo para corte na oferta ficou em 115% em março, ou seja, superou o combinado.

Perspectiva de retomada

O grupo destacou as "contribuições positivas em andamento" dos envolvidos para reequilibrar o mercado. Para a Opep+, o crescimento global deve ganhar impulso no segundo semestre, em um quadro de retomada econômica, com níveis "sem precedentes" de apoio monetário e fiscal.

Por outro lado, o cartel diz haver um aumento no número de casos da covid-19, "apesar de campanhas de vacinação em andamento", algo potencialmente negativo para a recuperação da demanda por petróleo.

O comunicado afirma que, apesar da taxa de cumprimento geral acima do combinado, alguns países não atingiram suas metas individuais, e deverão compensar a diferença nos meses seguintes, até setembro deste ano.

Os países ainda prometem seguir "vigilantes e flexíveis", diante das "condições de incerteza do mercado". A nota também destaca o ajuste voluntário adicional "significativo" anunciado pela Arábia Saudita em abril de 2021, de 1 milhão de barris por dia, e o fato de que os sauditas retomarão esses volumes apenas gradualmente em maio, junho e julho.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies