Menu
2020-07-14T11:14:11-03:00
Estadão Conteúdo
primeira estimativa

Opep prevê avanço recorde da demanda global por petróleo em 2021

Para 2020, a Opep projetou nesta terça-feira que a demanda mundial deve cair 8,9 milhões de bpd. Há um mês, a expectativa era de queda maior

14 de julho de 2020
11:13 - atualizado às 11:14
shutterstock_1150277432
Jelgava, Letônia, 25 de setembro de 2005, estação ferroviária vista de cima com os tanques de petróleo e amônia da Russian Railways. - Imagem: Shutterstock

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) apresentou nesta terça-feira, 14, sua primeira estimativa para a demanda global pela commodity no ano que vem.

Pelos cálculos da entidade que tem sede em Viena, na Áustria, o consumo apresentará um crescimento histórico elevado de 7 milhões de barris por dia (bpd) depois de um ano em que o impacto deve ser muito forte por causa da pandemia de coronavírus.

O relatório mensal da instituição agora divulgado salientou que, regionalmente, o crescimento do consumo deve ser de 3,5 milhões de bpd tanto nos membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) quanto nos países que estão fora da entidade - o Brasil não faz parte da OCDE.

Em relação aos produtos, a Opep previu hoje que a gasolina e o diesel devem registrar os maiores ganhos anuais em 2021, embora os ganhos contínuos de eficiência, incluindo trabalho remoto e teleconferências, possam limitar os avanços de demanda por petróleo no ano que vem, permanecendo abaixo dos níveis identificados antes da crise.

Para 2020, a Opep projetou nesta terça-feira que a demanda mundial deve cair 8,9 milhões de bpd. Há um mês, a expectativa era de queda maior, de 9,07 milhões de bpd e a melhora foi atribuída à demanda de petróleo um pouco melhor do que o esperado da região da OCDE ao longo do segundo trimestre do ano.

Esse movimento, conforme o documento, mais do que compensou os ajustes para baixo na demanda por petróleo fora da Organização durante o mesmo trimestre, principalmente na região "Outra Ásia". Nos países desse grupo, a atividade de manufatura enfraquecida e o setor de transporte ficaram abaixo das expectativas.

A demanda global total de petróleo é estimada em 90,7 milhões de bpd em 2020, com expectativa de maior consumo na segunda metade do ano na comparação com a primeira.

Para 2021, a demanda por petróleo deverá se recuperar parcialmente da desaceleração exibida em 2020 e ainda crescer para uma média total de 97,7 milhões de bpd. "Estima-se que a demanda por petróleo registre desenvolvimentos significativos em relação ao ano anterior, no entanto, permanecerá muito abaixo dos níveis anteriores à covid-19", comparou.

A Opep presume que a melhora da economia em 2021 em comparação com o ano atual, além da fraca base de comparação, sejam consideradas os fatores determinantes do aumento da demanda. A entidade também supõe que não haverá grandes surtos de covid-19 em 2021 para compor seu cenário para o ano.

"A incerteza quanto às premissas de perspectivas para este e o próximo ano permanece extraordinariamente alta, particularmente no que diz respeito ao crescimento econômico (taxas de desemprego, tamanho e efetividade dos estímulos, recuperação setorial da indústria e serviços etc.), bem como os desenvolvimentos da pandemia da covid-19, restrições relacionadas e seu impacto no consumo de petróleo", ponderou a entidade.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Escolha da CEO

Petrobras: uns choram, outros vendem lenços

O tapa na cara que o investidor levou do governo Bolsonaro foi o assunto da semana passada

Alto lá

Robinhood negocia pagamento de multa para encerrar investigação

Corretora ficou em evidência com tentativa de ‘short squeeze’ nas ações da Gamestop

BASTIDORES

Entrevista: Como Ruy Hungria conseguiu lucro de 1.250% com Petrobras no dia em que a ação despencou mais de 20%

quem investe em opções têm a chance de ganhar mesmo quando os mercados estão em baixa. Foi o que aconteceu com os seguidores do Ruy

Aqui não!

SEC suspende nos EUA negociação de papéis de 15 empresas por risco a investidores

Ação tem como alvo “aparentes tentativas de mídia social para inflar de modo artificial o preço de suas ações”, diz o órgão

PANDEMIA AVANÇA

Brasil registra 1.337 mortes em 24 horas; Estados anunciam restrições

Média móvel de óbitos bate recorde pelo terceiro dia seguido, segundo Fiocruz

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies