🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
Produção de petróleo

Opep corta previsão de alta na demanda global por petróleo em 2021

Na revisão das estimativas, a queda foi de quase 10 milhões de barris por dia na demanda mundial em relação a 2019

Estadão Conteúdo
11 de fevereiro de 2021
12:25 - atualizado às 12:50
Petróleo Opep
Imagem: Shutterstock

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) cortou levemente a projeção para a demanda global pela commodity em 2021. Segundo relatório mensal da entidade, divulgado nesta quinta-feira, o consumo do ativo energético deve crescer 5,79 milhões de barris por dia (bpd), a 96,05 milhões de bpd - uma revisão negativa de 110 mil bpd em relação à estimativa anterior.

Entre os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o cartel espera expansão na busca por petróleo de 2,47 milhões de bpd, a 44,51 milhões de bpd. Fora do grupo, a previsão é de avanço mais robusto, de 3,32 milhões de bpd, a 51,54 milhões de bpd, impulsionado pela recuperação do consumo na China, que responderá por 14,14 milhões de bpd no ano.

Para 2020, a Opep elevou os cálculos em 250 mil bpd e, agora, estima que a demanda mundial tenha somado 90,01 milhões de bpd, uma queda histórica de 9,7 milhões de bpd em relação a 2019.

Demanda contida apesar da retomada

"Embora a economia global dê sinais de uma recuperação saudável em 2021, a demanda por petróleo está contida, mas a previsão é de recuperação no segundo semestre. Com isso, uma recuperação saudável da demanda por petróleo, em combinação com o postura vigilante e esforços consideráveis dos países participantes do acordo por cortes na oferta, é para a manutenção da estabilidade no mercado de petróleo", destaca o relatório.

Oferta fora do grupo

A Opep cortou a previsão para o aumento da oferta da commodity entre os países fora do grupo, que deve avançar 670 mil barris por dia (bpd) em 2021, a 29,68 milhões de bpd. Em relatório mensal, o cartel também piorou a projeção para a produção em 2020 para contração de 2,54 milhões de bpd, a 62,66 milhões de bpd.

Segundo o documento, a revisão negativa é atribuída à oferta menor que a esperada no Brasil e na Tailândia no quarto trimestre de 2020. Nos Estados Unidos, por outro lado, a métrica teve recuperação, passado os efeitos da temporada de furacões no Golfo do México.

"Os países fora com os maiores declínios na oferta em 2020 devem ser Rússia, Estados Unidos, Canadá, Cazaquistão, Colômbia, Malásia, Reino Unido e Azerbaijão, enquanto os aumentos da produção de petróleo são estimados principalmente na Noruega, Brasil, China e Guiana", ressalta o relatório

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies