Menu
2020-04-10T12:32:48-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Reação à crise

México “fura” acordo da Opep e vai cortar menos produção de petróleo

País vai aderir ao pacto da Opep+ para reduzir a produção de petróleo, mas fez acordo com EUA para corte de apenas 100 mil barris por dia

10 de abril de 2020
12:32
Andrés Obrador, presidente do México
Andrés Obrador, presidente do México - Imagem: Shutterstock

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta sexta-feira que seu país decidiu aderir ao pacto da Opep+ para reduzir a produção de petróleo, mas ressaltou que os mexicanos contribuirão com um corte de apenas 100 mil barris por dia (bpd), após entrar em acordo também com os EUA.

Segundo Obrador, os EUA se comprometeram a fazer um corte adicional de 250 mil barris por dia, além do que já iriam implementar.

Obrador disse que o acordo é temporário e foi selado após conversar por telefone com o presidente americano, Donald Trump.

Leia também:

Ontem, a Opep+, formada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados que incluem a Rússia, chegaram a um pacto para reduzir sua produção coletiva em mais 10 milhões de barris por dia (bpd).

A medida foi uma resposta ao impacto que a pandemia de coronavírus tem exercido na demanda pela commodity. O México, porém, foi o único integrante da Opep+ a não endossar o acerto.

Obrador disse nesta sexta que a Opep+ queria que o México contribuísse com um corte de 400 mil bpd, proposta que, conforme ele, foi posteriormente reduzida para 350 mil bpd.

*Com informações da Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

INFLAÇÃO DO ALUGUEL

IGP-M sobe 2,53% em fevereiro e acumula alta de 5,17% em 2021

Em janeiro, indicador utilizado para reajustar contratos de aluguéis avançou 2,58%, segundo dados da FGV-Ibre

carta do presidente

“Entregamos a recuperação da Petrobras prometida”, diz Roberto Castello Branco

O executivo reafirmou que o objetivo da companhia “é ser a melhor empresa de óleo e gás do mundo”, concluiu em sua (talvez) última Carta do Presidente

parece que vai

Bolsonaro vai à Câmara entregar projeto de privatização dos Correios

Governo garante que universalização dos serviços será mantida em caso de venda da estatal para a iniciativa privada

Esquenta dos Mercados

Correios entram na agenda de privatizações e balanço da Petrobras deve animar bolsa hoje

Com o avanço da agenda e novos dados da Petrobras, o exterior cauteloso deve ser a única força contrária para o avanço do Ibovespa

água no chopp

Ambev registra aumento de vendas no 4º tri, mas alerta que cerveja vai encarecer em 2021

Lucro da fabricante de bebidas sobe 63,3% no período, com a ajuda de créditos tributários de R$ 4,3 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies