Menu
2019-04-04T08:36:58-03:00
Estadão Conteúdo
Paz e amor

Após disputa no Senado, Onyx diz que não brigará com Renan Calheiros e faz acenos ao MDB

Ministro da Casa Civil disse que não vai brigar com o senador Renan Calheiros para não prejudicar seu relacionamento com o partido

5 de fevereiro de 2019
8:21 - atualizado às 8:36
Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Articulador político do Palácio do Planalto, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, vestiu o figurino "paz e amor" e disse nesta segunda-feira, 4, que não vai brigar com o senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Após participar de cerimônia na Câmara para entregar a mensagem do presidente Jair Bolsonaro ao Congresso, na reabertura dos trabalhos do Legislativo, Onyx afirmou que Renan o chamou para o confronto porque queria transformar o Senado em uma "cidadela de resistência do PT".

Mesmo com a disputa acirrada, que no sábado terminou com a derrota de Renan para Davi Alcolumbre (DEM-AP), novo presidente do Senado, o Palácio do Planalto precisa do apoio do MDB no Congresso e não quer que o episódio prejudique o relacionamento com o partido. Com 13 senadores, a sigla tem a maior bancada na Casa.

"O MDB é importante para o Brasil há muitas décadas e é evidente que vamos buscar o diálogo", disse Onyx. No Planalto, a palavra de ordem é "não queimar pontes" com o MDB. O governo vai investir no racha da bancada - já que uma parte não endossou a candidatura de Renan - para conquistar adesões a propostas consideradas prioritárias, como a reforma da Previdência.

Na prática, a eleição de Alcolumbre, após uma sessão marcada por bate-boca e até denúncia de fraude, representou a vitória do governo de Jair Bolsonaro e, principalmente, de Onyx, que foi avalista do senador do DEM.

"Davi Alcolumbre é o Jair do Senado. Era improvável e acabou vencedor", comparou o ministro. "Havia um projeto que dominava o Congresso há 24 anos (...) de transformar o Senado em uma cidadela de resistência do PT, aliada ao Golias que o Davi derrubou. Era uma cidadela para impedir que a voz das ruas chegasse ao Congresso", emendou ele.

Nos bastidores do Congresso, não há dúvidas de que Renan será agora o líder da oposição ao Planalto. Apesar desse receio, porém, interlocutores de Bolsonaro avaliam que o fato de o senador ser pai do governador de Alagoas, Renan Filho, pode acabar diminuindo sua revolta, já que os Estados sempre precisam de recursos da União.

Questionado pela reportagem sobre uma das últimas frases do senador após a queda de braço com Alcolumbre - "Você pode até tirar o velho Renan de cena, mas nunca matá-lo" -, Onyx preferiu não esticar a disputa. "Ele tentou me chamar para a briga, mas demos a resposta na urna. Eu estou na paz", disse o ministro.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Plano Pró-Brasil

Congresso trava R$ 26,5 bi em remanejamento de recursos

O montante está emperrado, sem votação, incluindo o dinheiro para as obras do chamado Plano Pró-Brasil de investimento. Clique aqui para saber mais.

Divergências

Saneamento divide equipes de Guedes e Marinho

As regras que estão em discussão interna no governo foram consideradas benevolentes demais às estatais que já atuam no setor por integrantes da área econômica e também pelo setor privado

CARREIRA

Empiricus lança MBA de Análise de Ações com Estácio e oferece emprego de até R$ 25 mil a melhor aluno

Curso terá diploma de pós-graduação do MEC; programa alia conteúdo acadêmico com a prática de mercado dos profissionais de investimento.

Custo bilionário

Governo prevê a contratação de quase 51 mil servidores no orçamento de 2021

A partir de 2022, o custo anualizado do governo para manter essas novas despesas sobe para R$ 4,5 bilhões.

SÓ ELOGIOS

O bom, o ótimo e a Weg: BofA eleva preço-alvo das ações a R$ 90

Para analistas, empresa tem tudo para manter os resultados em patamares alto, justificando valor de mercado caro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies