2019-04-17T09:52:32-03:00
Estadão Conteúdo
Bem na fita (ou streaming)

Netflix minimiza impacto de rivais Disney e Apple

Empresa divulgou os resultados financeiros do primeiro trimestre; apesar de superar as expectativas do mercado, a companhia disse que espera uma desaceleração no crescimento de usuários para os próximos três meses

17 de abril de 2019
8:58 - atualizado às 9:52
Netflix
Imagem: shutterstock

A Netflix divulgou nessa terça-feira, 16, os resultados financeiros do primeiro trimestre. Apesar de superar as expectativas do mercado para o período, a empresa disse que espera uma desaceleração no crescimento de usuários para os próximos três meses.

De acordo com o relatório, a Netflix prevê que terá 5 milhões de novos assinantes no período entre abril e junho, abaixo dos 5,48 milhões esperados pelos analistas.

"O que está deixando os investidores nervosos é que há sinais de desaceleração no crescimento de assinantes no segundo trimestre", disse Haris Anwar, analista da Investing.com. "Isso ficou mais evidente com a ameaça de competição da Disney e da Apple".

O serviço de streaming da Disney tem estreia marcada para 12 de novembro, enquanto o da Apple deve iniciar operações no segundo semestre.

A companhia, porém, refutou a projeção de que a entrada de novos rivais pode ter impacto em sua base de usuários. "Não prevemos que esses concorrentes afetarão nosso crescimento porque a transição para o entretenimento por demanda é muito grande e também por conta da natureza diferente de nosso conteúdo."

Resultados

No período entre janeiro e março, a Netflix superou as expectativas do mercado. A empresa ganhou globalmente 7,86 milhões de novos assinantes, contra 7,14 milhões esperados. Só nos EUA houve 1,74 milhão de novos assinantes ante o 1,57 milhão esperado pelos analistas.

No primeiro trimestre, o lucro foi de US$ 344,1 milhões, contra US$ 290,1 milhões no mesmo período do ano passado. A receita também cresceu: de US$ 3,7 bilhões para US$ 4,52 bilhões. O faturamento veio em linha com as expectativas.

A empresa anunciou ainda que o seu diretor de marketing, Kelly Bennett, se aposentará no fim deste ano. O diretor de conteúdo, Ted Sarandos, passará a acumular as duas funções.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

A Petrobras (PETR4) está a dois dias de ‘fechar as portas’ para os super dividendos: você tem até 11 de agosto — descubra se vale a pena comprar as ações para embolsar a bolada

9 de agosto de 2022 - 11:28

Depois do dia 11 de agosto, quem comprar as ações da Petrobras (PETR4) não terá mais direito à bolada de dividendos que a petroleira pagará; a analista Larissa Quaresma responde se comprar os papéis só pra receber a grana vale a pena

Market Makers

Precisamos falar de múltiplo: Saiba como identificar se uma ação está barata na bolsa

9 de agosto de 2022 - 9:34

Existem três formas de ganhar dinheiro com ações. Uma delas é com o crescimento do lucro por ação. Mas é preciso interpretar corretamente o múltiplo Preço/Lucro (P/L) de uma empresa

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: De olho em ata do Copom e inflação, Ibovespa opera próximo do zero a zero; dólar vira e passa a subir

9 de agosto de 2022 - 9:12

RESUMO DO DIA: Os investidores permanecem de olho nos dados de inflação dos Estados Unidos, divulgados na próxima quarta-feira (10). Por aqui, o Ibovespa reage aos dados do IPCA de julho e nas disputas políticas antes do início da campanha eleitoral oficial. Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro acima de 9% em swing trade com a Helbor (HBOR3); confira a recomendação

9 de agosto de 2022 - 8:26

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Helbor (HBOR3). Saiba mais detalhes

O melhor do Seu Dinheiro

Os sons do silêncio nas bolsas: Saiba como interpretar os ruídos dos mercados que mexem com os seus investimentos hoje

9 de agosto de 2022 - 8:24

De olhos e ouvidos atentos aos dados da inflação, investidores os juntarão ao quebra-cabeças da ata da última reunião do Copom

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies