🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Carolina Gama
MERECE A ESTATUETA?

Oscar ignora Homem-Aranha, mas mercado premia a Disney com forte alta das ações após resultado trimestral

A empresa ultrapassou as previsões para lucro, receita e assinantes e também viu o negócio de parques voltar a crescer – um ponto que estava sendo observado de perto pelos investidores

Carolina Gama
9 de fevereiro de 2022
19:36 - atualizado às 19:01
Homem-Aranha em cima de uma estrutura de aço com o símbolo da Disney+ ao lado
Homem-Aranha, uns dos heróis da Marvel, que foi comprada pela Disney em 2009 - Imagem: Disney+

“Homem-Aranha: Sem Volta para Casa”, recente sucesso de bilheteria da Marvel, pode ter sido ignorado na lista de candidatos ao Oscar deste ano, mas o mesmo não aconteceu com sua controladora: a Disney. A empresa viu suas ações subirem quase 10% no after market em Nova York após apresentar seus resultados do primeiro trimestre fiscal de 2022. 

A Disney honrou o princípio de Peter Parker e, com grandes poderes, assumiu grandes responsabilidades: entre outubro e dezembro de 2021, a companhia superou as previsões para lucro, receita e assinantes e também viu o negócio de parques voltar a crescer.

O total de membros do streaming Disney+, criado há dois anos, alcançou 129,8 milhões, superando a projeção de 125,75 milhões da StreetAccount.

Assim como aconteceu com a Netflix, a métrica estava em foco, já que o retorno às atividades presenciais lançou dúvidas sobre o contínuo crescimento do serviço, que se beneficiou das medidas de isolamento no auge da pandemia. 

Também por causa das medidas restritivas, o negócio de parques e resorts da Disney estava sob a lupa do mercado. E, mais uma vez, a empresa não decepcionou: a participação aumentou, com a receita, experiências e produtos da gigante do entretenimento atingindo US$ 7,23 bilhões, mais que o dobro do ano anterior.

Disney: vamos aos números?

No primeiro trimestre fiscal de 2022, o lucro líquido atribuível da Disney foi de US$ 1,104 bilhão ante os US$ 17 milhões obtidos no mesmo período do ano anterior. 

O lucro por ação foi de US$ 1,06 contra os US$ 0,32 do mesmo período anterior e de US$ 0,61 da projeção da Bloomberg. 

A receita deu um salto de 34% no período na comparação anual, totalizando US$ 21,819 bilhões - acima dos US$ 20,8 bilhões esperados pela Bloomberg. 

O desempenho do Disney+

Os novos assinantes do Disney+ totalizaram 11,8 milhões, superando as estimativas dos analistas. De acordo com dados de consenso da Bloomberg, esperava-se que a Disney visse os assinantes de streaming crescerem cerca de 7 milhões em uma base trimestral, um salto em relação aos 2,1 milhões de novos membros trazidos no trimestre anterior. 

As assinaturas do Disney+ superaram as estimativas, mesmo que os executivos tenham dito anteriormente que esperam que o crescimento de adesões seja mais forte no segundo semestre do ano em comparação com o primeiro, com o conteúdo original sendo lançado na plataforma no quarto trimestre de 2022.

A empresa tem como meta atrair entre 230 milhões e 260 milhões de assinantes no total para o serviço até o final do ano fiscal de 2024 – uma projeção que foi reiterada pelo grupo.

O Mickey voltou

Embora as reaberturas tenham desacelerado a atividade de streaming de uma forma geral, o retorno à atividade presencial é um bom presságio para outro negócio importante da Disney: parques temáticos.

A divisão de parques, experiências e produtos de consumo da Disney viu receitas atingirem US$ 7,2 bilhões durante o trimestre, o dobro dos US$ 3,6 bilhões gerados no mesmo trimestre do ano anterior. 

Os resultados operacionais saltaram para US$ 2,5 bilhões em comparação com uma perda de US$ 100 milhões no mesmo período do ano passado.

A Disney disse que o crescimento da receita ocorreu à medida que mais hóspedes frequentavam seus parques temáticos, hospedavam-se em seus hotéis de marca e reservavam cruzeiros.

A pandemia deixou suas marcas

A pandemia, no entanto, ainda deixou suas marcas na Disney. O negócio de produtos de consumo viu a receita cair 8,5%, para US$ 1,5 bilhão, após o fechamento de uma parte substancial de suas lojas de varejo com a marca Disney durante o segundo semestre de 2021.

Segundo a empresa, embora os parques norte-americanos operem com menos restrições de capacidade ligada à covid-19, os internacionais continuam sendo impactados pela capacidade limitada e pelas restrições de viagem.

Homem-Aranha: Sem Caminho para Casa

Ainda que as produções televisivas e cinematográficas da Disney tenham sido retomadas, elas ainda estão passando por interrupções

Enquanto os lançamentos do estúdio estavam entre os filmes com melhor desempenho do ano, a bilheteria nos Estados Unidos ainda não se recuperou totalmente da pandemia. 

A receita da coprodução da Marvel “Homem-Aranha: Sem Caminho para Casa” com a Sony compensou as perdas em outros títulos lançados durante o trimestre, que não conseguiram superar custos significativos de marketing e produção.

Compartilhe

UM ALENTO AO BOLSO

Netflix mais barata? Plano com anúncios da gigante do streaming pode sair pela metade do preço

29 de agosto de 2022 - 13:18

O preço do novo produto ainda não foi oficialmente divulgado pela companhia, mas, segundo agência de notícias, o valor estudado varia entre US$ 7 a US$ 9 por mês

MICKEY RINDO À TOA

Não entrem em pânico! Resultado da Disney (DISB34) mostra que gigantes do streaming estão mais vivas do que nunca — ações avançam em Nova York

10 de agosto de 2022 - 17:24

Disney supera previsões e mostra que o mercado global de streaming não está se aproximando da saturação, mas anuncia reajuste de preços na América do Norte

UMA FORCINHA DO MICKEY

Bitcoin (BTC) comeu poeira: Polygon (MATIC) vira a queridinha da Disney e dispara mais de 20% — entenda a história

14 de julho de 2022 - 13:43

Além de atingir o nível mais alto em um mês, o token também ficou acima da média móvel de 50 dias, um patamar considerado de resistência e que limitava as tentativas de voos mais altos da MATIC desde janeiro

LOVE AND THUNDER

Thor: Amor e Trovão garante a terceira melhor estreia do ano nos cinemas — veja quem venceu o deus do trovão nas bilheterias

11 de julho de 2022 - 17:16

Por aqui, o novo filme mostrou que Thor e a Marvel seguem poderosos, levando 1,62 milhão de pessoas aos cinemas entre os dias 7 e 10 de julho

BALANÇO

Na arena do streaming, Disney (DISB34) vence rival Netflix (NFLX34) e ainda recebe ajuda do Mickey no trimestre

11 de maio de 2022 - 17:17

As duas gigantes sentem o golpe de um mundo que saiu das restrições severas que mantinham as pessoas em casa e também não escapam dos jabs e diretos de uma economia global em desaceleração; veja quem se saiu melhor nessa luta

BYE BYE!

Facebook (FBOK34), Netflix (NFLX34), Airbnb (AIRB34) e Apple (AAPL34): a enorme lista de empresas que cortaram laços com a Rússia e deixaram Putin na mão

4 de março de 2022 - 14:02

Além do efeito das sanções, que torna praticamente impossível a realização de negócios no país, essas companhias estão preocupadas com a imagem em meio à guerra

O COMETA PASSOU LONGE

Não olhe para cima: ações da Netflix desabam com avanço menor no número de assinantes

20 de janeiro de 2022 - 19:14

Mercado olhou para o dado na busca de sinais de como a empresa de streaming vai performar em um mundo no qual a pandemia estará mais controlada

MICKEY VIRTUAL

Disney no metaverso: visitantes poderão ter experiência personalizada nos parques temáticos; saiba como

10 de janeiro de 2022 - 19:36

A empresa obteve aprovação nos Estados Unidos para a patente de simulador de mundo virtual durante a última semana de dezembro

Problemas na terra do mickey

Disney (DISB34) reverte prejuízo, mas ações recuam forte em NY com lucro e receita abaixo do esperado

10 de novembro de 2021 - 19:29

O grupo destacou o salto de 60% na comparação anual da base de assinantes de seu principal serviço de streaming, o Disney+, que chegou a 118,1 milhões de clientes no quarto trimestre fiscal

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies