Menu
2019-10-04T17:42:33-03:00
De boa na diplomacia

Após encontro com Bolsonaro, embaixador da UE fala em aprofundar cooperação

Ignacio Ybáñez demonstrou otimismo nesta sexta-feira em relação ao acordo entre Mercosul e UE

4 de outubro de 2019
17:42
O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Marcos Corrêa/PR/Flickr/Planalto

Um dia após apresentar suas credenciais ao presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, o embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, demonstrou otimismo em relação ao acordo entre Mercosul e UE.

"A recente assinatura do Acordo de Associação entre a União Europeia e o Mercosul nos oferecerá com o Brasil ainda mais oportunidades e fará com que as nossas relações alcancem um novo patamar", escreveu Ybáñez no Twitter ao compartilhar fotos do evento ao lado do presidente brasileiro.

O embaixador também afirmou que o Brasil e UE devem aprofundar as relações. "Estou convencido que dentro da nossa parceria estratégica, que se iniciou há 12 anos, a União Europeia e o Brasil poderão aprofundar ainda mais os seus laços de cooperação", disse na rede social.

Em setembro, o Parlamento da Áustria rejeitou a validação do acordo comercial entre os blocos, obrigando o governo local a votar contra a proposta perante o Conselho Europeu. Embora ainda possa ser revista, a decisão é encarada como mais um revés à entrada em vigor do acordo, que precisa da aprovação do Parlamento Europeu e de todos os 28 países membros do bloco.

A votação dos parlamentos, no entanto, pode ficar apenas para 2021, após a formalização da assinatura do tratado, que passa por revisão jurídica.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Mercados hesitantes

Ponderando os riscos: Ibovespa mostra cautela e abre em baixa, em linha com as bolsas globais

Dados e projeções econômicas mais fracas na zona do euro, somados ao avanço da Covid-19 nos EUA, inspiram prudência aos mercados e colocam o Ibovespa no campo negativo

programa emergencial

Bolsonaro veta ampliação da desoneração da folha em sanção da MP do emprego

Para vetar a proposta, a Presidência alegou que “as medidas acarretam renúncia de receita, sem o cancelamento equivalente de outra despesa obrigatória e sem que esteja acompanhada de estimativa do seu impacto orçamentário e financeiro”

O melhor do seu dinheiro

11 notícias para começar o dia bem informado

Seguimos em crise, parcialmente isolados, sem previsão de volta à normalidade (se é que um dia vamos voltar ou o home office e o pijama serão o tal do “novo normal”). Mesmo assim, o Ibovespa se reaproxima dos 100 mil pontos, um marco tão comemorado nos bons tempos do mercado. É bem verdade que os […]

crise do setor aéreo

CVC aumenta estimativa com erro contábil e projeta perdas de R$ 660 milhões com pandemia

Operadora de viagens havia adiado a divulgação dos resultados do quarto trimestre de 2019; ainda sem balanço, empresa revelou os primeiros impactos da crise do coronavírus

esquenta dos mercados

Após ganhos recentes, incertezas com covid-19 e economia voltam a pesar nos mercados

Com avanço do coronavírus nos EUA e dados mais fracos na Europa, expectativa por recuperação em V dá lugar à cautela

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements