Menu
2019-04-04T09:47:14-03:00
Estadão Conteúdo
Em evento

País entrará numa nova Previdência que atingirá os militares, diz Bolsonaro

Em discurso, Bolsonaro reforçou que irá cumprir missão imposta a ele no dia 1º de janeiro e que só existe “democracia e liberdade, quando a Força Armada assim o quer”

7 de março de 2019
12:30 - atualizado às 9:47
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta quinta-feira, 7, durante cerimônia dos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais, que tem confiança de que a reforma da Previdência será aprovada, e que os militares serão incluídos. Em um discurso de cinco minutos, Bolsonaro disse que vai cumprir a missão imposta a ele no dia 1º de janeiro.

"Entraremos, sim, em uma nova Previdência, que atingirá os militares, mas não esqueceremos das especificidades de cada Força", disse Bolsonaro, referindo-se ao Exército, Marinha e Aeronáutica.

A declaração acontece após críticas de agentes do mercado e auxiliares sobre o engajamento do presidente da República na disseminação do projeto de aposentadoria pública, apresentado pela equipe econômica de Paulo Guedes duas semanas antes do carnaval.

No último dia da festa, 5, Jair Bolsonaro se envolveu em nova polêmica, após postagem em sua conta no Twitter de um vídeo no qual dois homens aparecem em atos obscenos, supostamente em um bloco de rua.

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira revela que dos 515 tuítes do presidente Jair Bolsonaro desde que tomou posse no dia 1° de janeiro, apenas cinco tratam da reforma da Previdência.

O número é inferior às postagens sobre piadas, com 8 tuítes. No topo do ranking estão mensagens sobre agradecimentos e saudações, 95 tuítes, ideologia e doutrinação, com 51 mensagens, e críticas à imprensa, com 31 postagens.

"Pessoas de bem"

Sem entrar diretamente no assunto no discurso desta quinta-feira, Jair Bolsonaro limitou-se a dizer que sua missão é governar ao lado "das pessoas de bem".

"Minha segunda missão (governar o Brasil) será cumprida ao lado das pessoas de bem do nosso Brasil, daqueles que amam a Pátria, daqueles que respeitam a família, daqueles que querem aproximação com países que tem ideologia semelhantes à nossa, daqueles que amam a democracia e a liberdade", afirmou o presidente da República, completando que só existe "democracia e liberdade, quando a Força Armada assim o quer".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

cardápio de balanços

Via, Suzano, Eletrobras, Equatorial, MRV, Eneva, Locaweb, BRF, Natura e Hapvida: os balanços que mexem com o mercado nesta quinta

Veja abaixo os principais resultados, divulgados entre a noite desta quarta-feira e a manhã desta quinta

Fim de uma história de amor?

Elon Musk anuncia que Tesla suspendeu compras com bitcoins e volta a falar de dogecoin

O bilionário levantou a questão ambiental para deixar as transações com a criptomoeda de lado

IR 2021

Imposto de Renda: Quem pode deduzir honorários advocatícios?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro.

Ivan Sant'Anna

O novo superciclo das commodities já é uma realidade. Como você pode ganhar dinheiro com ele

Nas últimas décadas, tivemos três grandes bull markets de commodities. Agora, os astros estão se alinhando para um novo superciclo

Contas brasileiras em jogo

STF retoma julgamento sobre ICMS e PIS/Cofins; decisão pode ter impacto de R$ 258,3 bilhões para União

Os ministros já haviam declarado inconstitucional a cobrança de ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins, mas o governo pede que a decisão não tenha efeito retroativo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies