Menu
2019-04-04T12:35:28-03:00
Estadão Conteúdo
Para tomar posse como deputado

Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é exonerado por Bolsonaro

Decreto não traz justificativas para a medida, e a gestão Bolsonaro não deu detalhes sobre a exoneração do ministro

6 de fevereiro de 2019
8:35 - atualizado às 12:35
Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio
Marcelo Álvaro Antônio, Ministério do Turismo - Imagem: Valter Campanato/Ag Brasil

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi exonerado do cargo pelo presidente Jair Bolsonaro. O decreto com o desligamento do ministro foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 6, com data da véspera. Antônio, cujo nome de batismo é Marcelo Henrique Teixeira Dias, foi reeleito deputado federal pelo PSL de Minas Gerais no ano passado, com a maior votação do Estado: 230.008 votos.

O decreto não traz justificativas para a medida, e a gestão Bolsonaro não deu detalhes sobre a exoneração do ministro. Antônio está sob pressão desde segunda-feira, quando uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo mostrou que ele supostamente participou de um esquema de lançamento de candidatas laranja com o objetivo de desviar recursos eleitorais do Fundo Partidário e beneficiar empresas relacionadas ao seu gabinete.

No dia 1º, Bolsonaro exonerou temporariamente três ministros que possuem mandato na Câmara para que votassem na eleição à presidência da Casa: Onyx Lorenzoni (DEM-RS), da Casa Civil, Tereza Cristina (DEM-MS), da Agricultura, e Osmar Terra (MDB-RS), da Cidadania. Imediatamente após a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao comando da Câmara, os ministros foram reconduzidos a seus cargos. O ministro do Turismo, no entanto, não foi envolvido na operação.

Em sua conta no Twitter, Antônio afirmou, na segunda-feira, que foi "alvo de uma matéria que deturpa os fatos e traz denúncias vazias". "Reforço que a distribuição do Fundo Partidário do PSL cumpriu rigorosamente o que determina a lei. Todas as contratações da minha campanha foram aprovadas pela Justiça Eleitoral", acrescentou.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

MELHORANDO

Mesmo com avanço do faturamento, prejuízo do IRB cresce em novembro

Perda de R$ 124,5 milhões foi atribuída pelo ressegurador ao aumento das despesas financeiras após mudanças regulatórias

o melhor do seu dinheiro

A bolsa não é a Serra Pelada

Sebastião Salgado se consagrou no mundo da fotografia com uma série de retratos que fez sobre a Serra Pelada. Na década de 1980, milhares de pessoas invadiram a região de Curionópolis, no sudeste do Pará, em busca de enriquecimento rápido através do garimpo do ouro.  Leia também: LUPA DOS FUNDOS: Um pente-fino nas melhores gestoras […]

Piorou

FGV: confiança da indústria cai 3,5 pontos em janeiro ante dezembro, diz prévia

Houve redução da satisfação em relação ao momento presente, mas também piora das expectativas sobre os próximos meses, apontou a FGV.

Briga de peixe grande

BTG Pactual capta mais R$ 2,6 bilhões com oferta de ações e entra de vez na disputa dos bancos digitais

O preço por unit (certificado de ações) do banco foi definido em R$ 92,52, o que representa um pequeno desconto de 0,32% em relação ao fechamento dos papéis ontem na B3

Prazo de 60 dias

TCU cobra crédito dado a bancos públicos

A devolução envolve também os aportes feitos nas instituições por meio de um instrumento híbrido de capital e dívida, chamado de IHCD.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies