Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-11T14:18:34-03:00
Estadão Conteúdo
A todo vapor

Joice: ‘Negociamos a retirada de alguns destaques para acelerar votação’

Joice disse ainda que o plano é votar toda a proposta ainda nesta semana. Após a votação dos destaques, a proposta terá que passar por uma breve análise na comissão especial e terá que ser votada em segundo turno pelo plenário

11 de julho de 2019
14:04 - atualizado às 14:18
Joice Hasselmann
Joice Hasselmann - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), confirmou nesta manhã de quinta-feira, 11, que lideranças da Câmara estão negociando a retirada de alguns dos 17 destaques que ainda precisam ser votados na proposta da reforma da Previdência. De acordo com ela, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está tratando do assunto com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.

A deputada, no entanto, não detalhou quais podem cair. Alguns preocupam o governo porque podem reduzir a economia fiscal pretendida com a proposta. De acordo com ela, no entanto, o governo vai apoiar os destaques que tratam do abrandamento das regras de aposentadoria para policiais e para mulheres. Segundo Joice, os destaques que permanecerem vão ter que ser decididos voto a voto.

Joice disse ainda que o plano é votar toda a proposta ainda nesta semana. Após a votação dos destaques, a proposta terá que passar por uma breve análise na comissão especial e terá que ser votada em segundo turno pelo plenário. "O quórum está elevado, não tem por que empurrar para a próxima semana. O povo exige a reforma, não acredito que os deputados deixem de votá-la", disse.

Policiais

Da forma como o texto foi aprovado no plenário, os policiais têm de trabalhar até os 55 anos (homens e mulheres) para ter direito à aposentadoria, com 30 anos de contribuição, sendo 25 no exercício efetivo da carreira.

O acordo prevê que a idade caia para 53 anos para homens e 52 para mulheres. Mas foi incluído um pedágio de 100%, que se refere ao tempo que o policial terá de trabalhar a mais do tempo que falta para se aposentar para obter as chamadas integralidade (se aposentar com o último salário da ativa) e paridade (que é ter os mesmos reajustes dos servidores da ativa).

Mulheres

Pelo texto-base que passou no plenário, com 20 anos de contribuição, o benefício será de 60% da média salarial de contribuição, subindo dois pontos porcentuais para cada ano a mais de trabalho. A bancada feminina negociou para que a regra dos dois pontos seja aplicada a partir dos 15 anos de contribuição para as mulheres, já que, para elas, a reforma prevê que o tempo mínimo de contribuição é de 15 anos, e não 20, como no caso dos homens.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

INVESTIDORES ATENTOS

4 fatos que mexem com o Ibovespa na próxima semana — incluindo Copom e IPO do Nubank

O principal índice acionário brasileiro terá um calendário cheio de eventos e dados econômicos para digerir ao longo dos próximos dias

Alívio no Orçamento

Com receita acima do esperado, Economia reduz estimativa de rombo nas contas públicas em 2022

Considerando todo o setor público, o que inclui Estados e Municípios, as novas projeções da pasta preveem até mesmo um saldo positivo

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) corre atrás do prejuízo e avança mais de 4% hoje; ethereum (ETH) recupera perdas da semana

As criptomoedas correm atrás do prejuízo e tentam recuperar parte da queda brusca registradas no último sábado

CRIPTO INSTITUCIONAL

Real digital vem aí! Banco Central prepara versão virtual da moeda brasileira para 2022

A instituição lançou um laboratório para estudar as possibilidades de uso e de execução de projetos com a versão virtual da moeda brasileira

Clube do Livro

Para ter sucesso nos investimentos, é preciso fugir das armadilhas da mente – É o que mostra o livro “A arte de pensar claramente”, de Rolf Dobelli

Compreender como o nosso cérebro funciona no processo de tomada de decisões é essencial para ter mais assertividade na vida financeira e nos investimentos.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies