🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Estadão Conteúdo
Para aprovar Previdência

“Guedes é amigo de vocês”, apela Bolsonaro à bancada ruralista

Em cerimônia com integrantes da bancada, presidente defendeu importância da agenda reformista e a necessidade de aprovação da reforma da Previdência

Estadão Conteúdo
20 de fevereiro de 2019
7:32 - atualizado às 12:35
Ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

Em busca de apoio para aprovar a reforma da Previdência no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro fez afagos à bancada ruralista na cerimônia de posse da nova diretoria da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), na noite dessa terça-feira, 19, no Clube Naval, em Brasília.

No evento, o presidente defendeu a importância da agenda reformista e disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, é “amigo” dos ruralistas.

Também se colocou como um “soldado” à disposição dos agricultores e disse que o setor pode contar com “alguém que dará a devida segurança jurídica para plantar e produzir”.

“O Guedes é amigo de vocês. Um homem que tem desafios, mas cuja responsabilidade está dividida entre todos nós”, discursou o presidente. “A reforma não é minha, não é do Guedes, ela é do Brasil”, disse Bolsonaro.

O discurso do presidente ocorreu na véspera da visita que fará ao Congresso para levar o texto da reforma da Previdência. No discurso, Bolsonaro deixou claro que precisa aprovar as mudanças no sistema de aposentadoria. “Nós precisamos das reformas. O Brasil só poderá andar se fizermos as reformas”, declarou.

Mais cedo, o vice-presidente Hamilton Mourão, que também compareceu ao evento, disse que o governo estima ter o apoio de 250 dos 513 parlamentares. Pelos cálculos de Mourão, ainda é preciso “buscar” entre 60 e 70 votos para a aprovação da proposta, que depende de pelo menos 308 deputados.

Na noite desta terça, o presidente também afirmou que o governo “não vai mais atrapalhar” o agronegócio, em referência ao discurso da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que o antecedeu. A ministra mencionou que o agronegócio é “progressista” e busca modernização, mas muitas vezes foi atrapalhado por governos anteriores. “Contem com alguém que não vai mais atrapalhar”, disse o presidente.

Tereza Cristina ainda chamou a atenção do ministro da Economia, Paulo Guedes, para o agronegócio. “Professor Paulo Guedes, vamos olhar juntos com muita atenção para esse setor, que é sobrevivente”, afirmou a ministra.

Nos bastidores, Cristina tem demonstrado resistência às políticas liberais de Guedes. No início do mês, a ministra disse que o “desmame” de subsídios não pode ser tão radical.

Após conversar com Cristina e pressionado pelos produtores de leite, Bolsonaro mandou a equipe econômica voltar atrás e anunciou o aumento do Imposto de Importação para compensar o fim da sobretaxa ao leite em pó defendido por Guedes.

Por fim, no discurso de hoje, Cristina deu o recado: “Sabemos do significado e do peso dessa frente sobre o agronegócio”.

O presidente Jair Bolsonaro decidiu comparecer ao evento em cima da hora para tentar melhorar a relação com o Congresso em meio à crise no governo. “Se estou aqui, é porque acredito em vocês”, afirmou.

Ele saiu sem falar com a imprensa e não comentou os áudios vazados pelo ex-ministro Gustavo Bebianno ao longo do dia.

Compartilhe

ELEIÇÕES 2022

Guedes se alinha a Bolsonaro e sobe tom da campanha — veja as indiretas que o ministro mandou para Lula

14 de setembro de 2022 - 15:58

Falando para uma plateia de empresários cariocas, ele se comprometeu com o Auxílio Brasil de R$ 600, reivindicou a autoria do Pix e considerou equivocadas as projeções de analistas para a inflação

ELEIÇÕES 2022

O que Bolsonaro, Lula e Ciro querem para o Brasil? Confira o programa de governo dos presidenciáveis

13 de setembro de 2022 - 19:21

Os três já apresentaram seus planos para o país: um prioriza transformar o Brasil em uma potência econômica, o outro foca na restauração das condições de vida da população e o terceiro destaca aspectos econômicos e educacionais

ELEIÇÕES 2022

Vão fatiar: Lula e Bolsonaro querem desmembrar Economia e ressuscitar ministérios de outras áreas — veja a configuração

13 de setembro de 2022 - 14:11

Caso o petista vença, a ideia é que o número de ministérios passe dos atuais 23 para 32. Já Bolsonaro, que na campanha de 2018 prometeu ter apenas 15 ministérios e fazia uma forte crítica ao loteamento de cargos, hoje tem 23 e também deu pastas ao Centrão

ELEIÇÕES 2022

Avanço de Ciro e Simone na pesquisa BTG/FSB ajuda Bolsonaro a forçar segundo turno contra Lula

12 de setembro de 2022 - 10:35

Em segundo turno, porém, enquanto Lula venceria em todos os cenários, Bolsonaro sairia derrotado em todas as simulações da pesquisa BTG/FSB

ELEIÇÕES 2022

Propaganda barrada: ministro do TSE atende pedido de Lula e proíbe Bolsonaro de usar imagens do 7 de setembro em campanha; veja qual foi o argumento

11 de setembro de 2022 - 16:43

O ministro viu favorecimento eleitoral do candidato e atendeu a um pedido da coligação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para barrar as imagens

DE OLHO NAS REDES

Lula vs. Bolsonaro: no ‘vale tudo’ das redes sociais, quem está vencendo? Descubra qual dos candidatos domina a batalha e como isso pode influenciar o resultado das eleições

11 de setembro de 2022 - 7:00

A corrida eleitoral começou e a batalha por votos nas redes sociais está à solta; veja quem está ganhando

ELEIÇÕES 2022

‘Bolsonaro não dormiu ontem’: Lula comemora liderança nas pesquisas e atribui assassinato de petista a presidente ‘genocida’

10 de setembro de 2022 - 15:01

O candidato do PT afirmou que o presidente não consegue convencer a população mesmo com gastos eleitoreiros altos

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro é o candidato com maior número de processos no TSE — veja as principais acusações contra o presidente

10 de setembro de 2022 - 10:37

Levantamento mostra que o candidato à reeleição é alvo de quase 25% das ações em tramitação na Corte até o início de setembro

ELEIÇÕES 2022

7 de setembro ajudou? A distância entre Lula e Bolsonaro é a menor desde maio de 2021, segundo pesquisa Datafolha

9 de setembro de 2022 - 20:21

Levantamento foi feito após as manifestações do Dia da Independência, feriado usado pelo atual presidente para atos de campanha, algo que nunca tinha acontecido na história recente do Brasil

ELEIÇÕES 2022

Um novo significado de ‘imbrochável’: Jair Bolsonaro explica coro em discurso de 7 de setembro

9 de setembro de 2022 - 9:48

Em transmissão nas redes sociais, Jair Bolsonaro explicou que o coro seria uma alusão ao fato de resistir a supostos ataques diários contra seu governo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar