Menu
2019-04-04T12:35:40-03:00
Estadão Conteúdo
Para aprovar Previdência

“Guedes é amigo de vocês”, apela Bolsonaro à bancada ruralista

Em cerimônia com integrantes da bancada, presidente defendeu importância da agenda reformista e a necessidade de aprovação da reforma da Previdência

20 de fevereiro de 2019
7:32 - atualizado às 12:35
Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes - Imagem: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

Em busca de apoio para aprovar a reforma da Previdência no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro fez afagos à bancada ruralista na cerimônia de posse da nova diretoria da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), na noite dessa terça-feira, 19, no Clube Naval, em Brasília.

No evento, o presidente defendeu a importância da agenda reformista e disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, é “amigo” dos ruralistas.

Também se colocou como um “soldado” à disposição dos agricultores e disse que o setor pode contar com “alguém que dará a devida segurança jurídica para plantar e produzir”.

“O Guedes é amigo de vocês. Um homem que tem desafios, mas cuja responsabilidade está dividida entre todos nós”, discursou o presidente. “A reforma não é minha, não é do Guedes, ela é do Brasil”, disse Bolsonaro.

O discurso do presidente ocorreu na véspera da visita que fará ao Congresso para levar o texto da reforma da Previdência. No discurso, Bolsonaro deixou claro que precisa aprovar as mudanças no sistema de aposentadoria. “Nós precisamos das reformas. O Brasil só poderá andar se fizermos as reformas”, declarou.

Mais cedo, o vice-presidente Hamilton Mourão, que também compareceu ao evento, disse que o governo estima ter o apoio de 250 dos 513 parlamentares. Pelos cálculos de Mourão, ainda é preciso “buscar” entre 60 e 70 votos para a aprovação da proposta, que depende de pelo menos 308 deputados.

Na noite desta terça, o presidente também afirmou que o governo “não vai mais atrapalhar” o agronegócio, em referência ao discurso da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que o antecedeu. A ministra mencionou que o agronegócio é “progressista” e busca modernização, mas muitas vezes foi atrapalhado por governos anteriores. “Contem com alguém que não vai mais atrapalhar”, disse o presidente.

Tereza Cristina ainda chamou a atenção do ministro da Economia, Paulo Guedes, para o agronegócio. “Professor Paulo Guedes, vamos olhar juntos com muita atenção para esse setor, que é sobrevivente”, afirmou a ministra.

Nos bastidores, Cristina tem demonstrado resistência às políticas liberais de Guedes. No início do mês, a ministra disse que o “desmame” de subsídios não pode ser tão radical.

Após conversar com Cristina e pressionado pelos produtores de leite, Bolsonaro mandou a equipe econômica voltar atrás e anunciou o aumento do Imposto de Importação para compensar o fim da sobretaxa ao leite em pó defendido por Guedes.

Por fim, no discurso de hoje, Cristina deu o recado: “Sabemos do significado e do peso dessa frente sobre o agronegócio”.

O presidente Jair Bolsonaro decidiu comparecer ao evento em cima da hora para tentar melhorar a relação com o Congresso em meio à crise no governo. “Se estou aqui, é porque acredito em vocês”, afirmou.

Ele saiu sem falar com a imprensa e não comentou os áudios vazados pelo ex-ministro Gustavo Bebianno ao longo do dia.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

balanço do dia

Covid-19: casos sobem para 15,5 milhões e mortes, para 432,6 mil

O total de vidas perdidas durante a pandemia subiu para 432.628. Entre ontem e hoje, foram registradas 2.211 novas mortes.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mudaram as estações, mas nada mudou na bolsa

Quem olha para o saldo do Ibovespa na semana pode achar que os últimos dias foram um marasmo. O índice, afinal, ficou praticamente estável — uma quase desprezível queda de 0,13%. “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu / tá tudo assim, tão diferente”, já dizia a música. E é verdade: nada mudou na bolsa, […]

Fechamento da semana

Inflação americana e minério de ferro vivem ‘dias de luta e dias de glória’, monopolizando a semana; dólar avança e bolsa recua no período

O minério de ferro puxou Vale e siderúrgicas para cima – mas depois derrubou. A inflação americana também assustou, mas conseguiu acalmar o ânimo dos investidores. Confira tudo o que movimentou a semana

Engordando o caixa

Petrobras gera US$ 2,5 bilhões com desinvestimentos em 2021; venda mais recente é para fundo árabe

E a estatal não deve parar por aí, pois o diretor financeiro da empresa já reafirmou a intenção de continuar com o programa de venda de ativos

Em evento do BofA

Presidente do BC revela preocupação com análise de autonomia no STF e planos para PIX internacional

Campos Neto e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm conversado com ministros da Corte sobre os questionamento acerca do tema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies