Menu
2019-01-05T11:33:26-02:00

Governo publica decreto que regulamenta benefícios para Sudam e Sudene

Presidente Jair Bolsonaro chegou a anunciar que seria necessário aumento de impostos para compensar a sanção do projeto, mas foi desmentido por sua equipe mais tarde

5 de janeiro de 2019
11:32 - atualizado às 11:33
Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O governo publicou edição extra do Diário Oficial da União que traz decreto que regulamenta a prorrogação de benefícios para as superintendências do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e da Amazônia (Sudam).

Após as idas e vindas da sexta-feira (4), quando o presidente Jair Bolsonaro chegou a anunciar que seria necessário aumento de impostos para compensar a sanção do projeto, mas foi desmentido por sua equipe mais tarde, o decreto deste sábado (5) prevê que a concessão dos incentivos fiscais ficará limitada aos limites já previstos no orçamento de 2019, o que deixa de fora R$ 755,5 milhões que deixariam de ser arrecadados neste ano, segundo estimativa da Receita.

O texto determina ainda que os benefícios que tenham sido ampliados e que ultrapassem o limite orçamentário deste ano somente entrarão em vigor quando implementadas medidas de compensação previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Artigo da lei, citado no decreto, prevê que ampliação de incentivos deve ser compensada por meio do aumento de receita, proveniente da elevação de alíquotas, ampliação da base de cálculo, majoração ou criação de tributo ou contribuição.

O decreto prevê ainda que, para os exercícios de 2020 e posteriores, os benefícios e os incentivos fiscais ampliados deverão ser considerados nas previsões de receita no Orçamento.

Ontem, depois de descartar o aumento no Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) que chegou a ser anunciado por Bolsonaro, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que as empresas das regiões contempladas só terão acesso aos benefícios daqui a um ano.
*Com Estadão Conteúdo
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

VEM DINHEIRO AÍ

B3 vai pagar R$ 1,3 bilhão em dividendos e R$ 302 milhões em JCP

Operadora da bolsa de valores vai pagar R$ 0,6483 por ação em dividendos e R$ 0,1256 em JCP em 7 de outubro

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

7 notícias para começar o dia bem informado

No primeiro romance de Jane Austen, as irmãs Dashwood ficam na pindaíba depois da morte do pai. O irmão mais velho ficou com toda a herança e às mulheres resta a esperança de conseguir um bom casamento. O próprio amor está sujeito a doses de razão e sensibilidade. Na coluna de hoje, o Matheus Spiess […]

ata do copom

Redução adicional da Selic pode gerar instabilidade no preço dos ativos, diz BC

Ata da última reunião do Copom mostra que grupo ponderou ainda sobre estímulos do governo e a chamada “prescrição futura”; taxa básica foi mantida em 2%

INCLUSÃO SOCIAL

Magazine Luiza, Ambev e P&G indicam tendência de inclusão

Companhias querem ampliar a diversidade dos novos funcionários e, principalmente, prepará-los para que ocupem cargos de direção

Mercados hoje

Mercados ensaiam recuperação, mas segunda onda da covid-19 e ata do Copom ficam no radar

Ata do Copom deve trazer novidades sobre o forward guidance da instituição e renovar as apostas para a Selic

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements