Menu
2019-04-04T12:35:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Novo governo

Bolsonaro anuncia outro major como líder da Câmara

Vitor Hugo (PSL-GO) é mestre em Operações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército e bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras

15 de janeiro de 2019
7:27 - atualizado às 12:35
Major Vitor Hugo e Jair Bolsonaro
Imagem: Divulgação/Twitter

Eleito pela primeira vez para exercer o mandato de deputado federal, o Major Vitor Hugo (PSL-GO), de 41 anos, será o líder do governo na Câmara dos Deputados a partir de fevereiro.

O anúncio foi feito nessa segunda-feira pelo presidente Jair Bolsonaro em sua conta no Twitter.

Na sequência, o deputado eleito respondeu, também pela rede social, ao presidente.

Ontem, Vitor Hugo se encontrou com Bolsonaro pela manhã no Palácio do Planalto. Também esteve com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Mestre em Operações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército e bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras, Vitor Hugo estava lotado na Consultoria Legislativa da Câmara, na área de segurança pública e defesa nacional. Ele foi aluno dos generais - e atuais ministros - Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Carlos Alberto Santos Cruz (Governo), na escola de cadetes.

Também atuou como observador militar da Operação das Nações Unidas na Costa do Marfim (ONUCI) entre 2008 e 2009.

Ao líder do governo cabe articular com as bancadas aliadas a votação de projetos de interesse do Planalto. Somente seu partido, o PSL, elegeu 52 deputados para a próxima legislatura, a segunda maior bancada. Ficou atrás do PT, com 56 eleitos.

Major Vitor Hugo foi eleito em outubro do ano passado com 31.190 votos, de acordo com dados da Justiça Eleitoral.

*Com Estadão Conteúdo 
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Em 2009

Carlos Bolsonaro comprou imóvel por preço 70% abaixo do fixado pela prefeitura

A prática não é ilegal, mas costuma despertar suspeitas – por possibilitar, em tese, pagamentos “por fora”, sem registros oficiais.

Em expansão

E-commerce, mercado financeiro e delivery puxam contratações de executivos

Segundo dados do LinkedIn, houve 1.269 movimentações para cargos executivos entre março e agosto, 80% delas foram para esses setores.

Judiciário

Celso de Mello antecipa saída e acelera sucessão no STF

Com saída, abre-se a primeira vaga para indicação do presidente Jair Bolsonaro.

Mais lidas

MAIS LIDAS: De bolso cheio para brigar contra todos

Na semana em que o Seu Dinheiro completou dois anos no ar, refleti sobre quanta água rolou em tão pouco tempo. Foram muitos acontecimentos relevantes para os mercados, como eleição presidencial, guerra comercial de China e Estados Unidos, aprovação da Reforma da Previdência e a chegada do coronavírus. A Julia Wiltgen levantou o ranking de […]

Aviação regional

Governo quer licitar cinco blocos de aeroportos na Amazônia Legal

Pontapé inicial será no Amazonas, onde o governo espera transferir para uma empresa a operação de oito aeroportos regionais em 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements