Menu
2019-07-30T19:00:48-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Bancos

Adeus, tijolo. Itaú fecha mais de 200 agências no trimestre com avanço de serviços digitais

Fluxo de clientes aos locais tem diminuído conforme cresce a oferta de serviços digitais, segundo o presidente do Itaú, Candido Bracher

30 de julho de 2019
10:03 - atualizado às 19:00
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco
Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco - Imagem: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo

Com o avanço dos serviços digitais, o Itaú Unibanco intensificou o fechamento de suas agências nas ruas. Apenas no segundo trimestre deste ano foram 212 unidades a menos no país e no exterior.

Em teleconferência com jornalistas na manhã de hoje para comentar os resultados do segundo trimestre, o presidente do maior banco privado brasileiro, Candido Bracher, deu a entender que esse processo deve continuar ao longo deste ano, ainda que em um ritmo menor.

"Onde temos agências próximas e uma delas é capaz de comportar o fluxo de clientes há possibilidade de redução", disse Bracher.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Em junho deste ano, o Itaú contava com uma rede de 4.722 pontos de atendimento, dos quais 3.332 são agências localizadas no país.

Bracher afirmou que o fluxo de clientes aos locais tem diminuído conforme cresce a oferta de serviços digitais. O banco abre hoje 70 mil contas digitais por mês, praticamente o mesmo número das agências, sem considerar as aberturas realizadas para atender a folha de pagamento de empresas, segundo o executivo.

A redução no número de agências representa corte de custos para o banco, ainda que leve a uma despesa maior no curto prazo. Outra iniciativa que vai na mesma direção foi o lançamento do programa de desligamento voluntário (PDV).

O presidente do Itaú disse que não há como estimar cono será adesão, mas disse que existem 6.900 funcionários que podem optar optar ao PDV, que vai de 1º a 31 de agosto. O último programa do tipo foi realizado pelo banco há uma década. Mais uma vez, ele creditou a iniciativa do PDV ao avanço dos serviços digitais, que reduzem a necessidade de pessoal.

Nunca antes na carreira

Com a perspectiva de aprovação da reforma da Previdência, Bracher disse que o Brasil deve passar por uma situação macroeconômica como ele nunca viu na carreira.

A expectativa do presidente do Itaú Unibanco é que a reforma seja aprovada na Câmara e no Senado até o fim de setembro. A economia prevista, que deve superar R$ 1 trilhão em dez anos incluindo a medida provisória que combate as fraudes na Previdência, deve levar ao fim do aumento da relação entre a dívida o PIB do país.

Bracher disse que a situação fiscal controlada se soma ao cenário de inflação comportada, taxa de juros no menor nível histórico e em tendência de queda, além da redução da dependência externa do país.

"Estou vendo um esforço geral na direção de criar condições para a economia crescer mais", afirmou aos jornalistas.

CPMF, não

O presidente do Itaú também elogiou a proposta de reforma tributária em discussão no Congresso. Mas se mostrou contrário à proposta de criação de um imposto sobre movimentações financeiras, na linha da antiga CPMF.

"Acho que é um imposto do atraso", disse, ao argumentar que a CPMF é um imposto que pune cadeias produtivas mais longas e prejudica as exportações ao incidir tanto na origem como no destino.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Entrevista exclusiva

CEO da BGC Liquidez projeta alta de até 12% para bolsa dos EUA e diz que dólar abaixo de R$ 4 é difícil neste ano

Mesmo com o câmbio um pouco mais alto, o especialista projeta que o PIB termine este ano com alta de 2,3%. Mas diz que um dos maiores perigos para a expansão é que a reforma tributária seja postergada novamente

BALANÇO

Receita bruta da Cia Hering soma R$ 502,9 milhões no 4º trimestre

Segundo a empresa, as vendas mesmas lojas apresentaram queda de 4% na rede Hering. Importante destacar que a rede apresentou nos últimos 7 trimestres crescimento desse indicador

AQUISIÇÃO

BC autoriza que Banco Inter compre 70% de controladora da DLM Invista

Hoje, a DLM possui R$ 4,5 bilhões em ativos sob gestão e é responsável pela gestão fundos de investimento e previdência privada, além de gestão de patrimônio por meio de fundos e carteiras de clientes de alta renda

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nada além de céus azuis

“Blue days / All of them gone / Nothing but blue skies / from now on” Caro leitor, Os versos da canção otimista de Irving Berlin, composta há quase cem anos, dizem, numa tradução livre, que os dias “azuis” (no sentido de “tristes”, “depressivos”) se foram e que, de agora em diante, não haverá nada […]

Perto dos 119 mil pontos

Ibovespa ganha força na reta final, fecha em alta e crava um novo recorde; dólar sobe a R$ 4,18

Após passar boa parte da sessão flutuando perto do zero a zero, o Ibovespa acordou nos últimos minutos e chegou a uma nova máxima histórica, engatando a terceira alta consecutiva. O dólar à vista, por outro lado, teve um dia mais pressionado e subiu a R$ 4,18

DE OLHO NOS FUNDOS

Patrimônio dos fundos cresce 15,27% e vai a R$ 5 trilhões, diz Economatica

Em dólares, a indústria de fundos se mantém acima de US$ 1 trilhão desde dezembro de 2016.

UM PLANO DE INVESTIMENTOS

Já pensou em se aposentar aos 40 anos e viver de renda?

Esse conteúdo é para quem não está disposto a esperar até os 65 anos para se aposentar

Banco do Brasil zera custódia para investimentos em bolsa

Isenção já está em vigor e vale para os clientes do banco que investem em ações, fundos de índice (ETFs) e fundos imobiliários na bolsa

OLHOS ATENTOS

Bank of America rebaixa e corta preço-alvo das ações de Itaú e Bradesco; papéis caem

O banco cortou o preço-alvo em 12 meses para as ações de ambos. No caso do Itaú, o preço-alvo ficou em R$ 34, com potencial de queda de 3% em relação ao fechamento de sexta-feira (17). Já o Bradesco teve o preço-alvo reduzido para R$39, o que representa uma potencial expansão de 10%

Altas e baixas

Raia Drogasil, bancos e varejistas: os destaques do Ibovespa nesta segunda-feira

As ações da Raia Drogasil aparecem entre as maiores altas do Ibovespa após o Credit Suisse elevar a recomendação e o preço-alvo dos papéis

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements