🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Um gestor fora de série

Retornos acima de dois dígitos em um ano ruim para Wall Street? O gestor do maior fundo de investimentos te diz como conseguir

Os resultados acima do esperado pelo mercado já fazem parte da rotina da gestora Bridgewater, que possui cerca de US$ 160 bilhões em ativos sob sua gestão. O fundo Pure Alpha tem oferecido, na média, retornos de dois dígitos ao longo de mais de 28 anos de história

Bruna Furlani
Bruna Furlani
8 de janeiro de 2019
16:43 - atualizado às 8:49
ray dalio
Perfil de Ray Dalio no site da Forbes - Imagem: Shutterstock

Em um período em que as Bolsas norte-americanas fecharam o ano no vermelho e amargaram as piores perdas em uma década, o gestor bilionário Ray Dalio, responsável pela gestão do maior fundo de investimento do mundo, - o Pure Alpha -, conseguiu uma façanha e tanto.

Ao contrário de boa parte do mercado, o fundo de Dalio foi contra a corrente e deu um banho nos concorrentes no último ano. Ele não só conseguiu fechar o ano no azul, como também obteve um ganho de 14,6% ao longo de 2018.

Mas os resultados acima do esperado pelo mercado já fazem parte da rotina da gestora Bridgewater, que possui cerca de US$ 160 bilhões em ativos sob sua gestão. O fundo Pure Alpha tem oferecido, na média, retornos de dois dígitos ao longo de mais de 28 anos de história.

Diante dos resultados positivos, Dalio deu alguns conselhos em sua conta no LinkedIn e disse que o principal erro do investidor está relacionado a portfólios desbalanceados.

"Se você fica preocupado quando a Bolsa cai e fica feliz quando ela sobe, provavelmente isso é um sinal de que o seu portfólio não está balanceado. Se o seu salário está atrelado ao desempenho da economia, você está duplamente em risco porque o seu portfólio pode sofrer uma boa queda, caso o seu salário diminua, o que é assustador", disse Dalio na publicação.

Segundo Dalio, a chave está em manter a estrutura do seu portfólio e dos salários de maneira de que elas se protejam mutuamente e estejam bem balanceadas. "Alcançar um bom equilíbrio é o mais importante", destacou.

A estratégia do gestor está em montar uma carteira diversificada, porque determinados ativos têm um desempenho específico de acordo com o crescimento econômico e inflação de um país. 

Para fazer isso, ele pensou em um mix de alocações balanceado que pudesse estar protegido contra perdas inesperadas, mas que não perdesse a rentabilidade ao longo do tempo.

Diferentes ativos têm uma performance melhor de acordo com cenários positivos ou negativos.

Uma economia aquecida e o PIB com estimativas de crescimento, por exemplo, costumam valorizar os ativos de renda variável.

Podemos citar um exemplo claro disso, analisando o que aconteceu recentemente com a Bolsa brasileira.

As últimas (e constantes) quedas na taxa Selic ocorreram na mesma época com que a Bolsa bateu recordes históricos: mais de 90.000 pontos neste ano. 

Claro que esse não foi o único motivo para essa recuperação expressiva, mas de alguma forma, contribuiu para que o movimento de mercado fosse mais favorável para as ações.

Por outro lado, os anos anteriores – com a inflação mais alta e a economia estagnada – fizeram com que as aplicações em renda fixa e títulos públicos, por exemplo, tivessem uma atratividade maior.

Mas, ao ter investimentos diversificados, você pode aproveitar a melhor rentabilidade de acordo com o mercado, mesmo com a alta volatilidade.

Compartilhe

Exclusivo Seu Dinheiro

Até 1.000% de alta no longo prazo: saiba qual é a criptomoeda que pode subir exponencialmente com o The Merge de Ethereum

4 de setembro de 2022 - 10:00

Atualização histórica de Ethereum será concluída no próximo dia 15 de setembro, trazendo mais eficiência à rede e crescimento para cripto que está entre as principais do mundo

A XERIFE ESTÁ DE OLHO

Fintwit sob investigação: CVM aumenta fiscalização sobre influenciadores de investimentos nas redes sociais

2 de setembro de 2022 - 10:48

Com um aumento intenso de postagens de dicas relativas a investimentos na bolsa de valores no Twitter, a CVM abriu uma investigação acerca do universo da Fintwit

Balanço do mês

Bolsa e fundos imobiliários passam por virada em agosto e ficam entre os melhores investimentos do mês; bitcoin volta para a lanterna

31 de agosto de 2022 - 19:49

Primeiro lugar, no entanto, ficou com os títulos prefixados, beneficiados pela perspectiva de que a taxa Selic finalmente deve parar de subir

SEXTOU COM O RUY

Você é um pequeno investidor? Descubra as vantagens que você tem sobre o resto do mercado e ainda não sabia

19 de agosto de 2022 - 6:40

Investidores institucionais muitas vezes são obrigados a abrir mão de oportunidades das quais nós, pequenos investidores, podemos obter ganhos vultosos

MATCH POINT

Serena Williams, das quadras para o mundo dos investimentos, traz boas lições para quem quer planejar a transição de carreira

10 de agosto de 2022 - 17:10

A atleta se dividia entre as quadras de tênis e o mundo dos investimentos nos últimos seis anos; ela ainda deve disputar o torneio US Open antes de se dedicar integralmente à atividade de empresária e investidora

FII do mês

Dupla de FIIs de logística domina lista dos fundos imobiliários mais recomendados para agosto; confira os favoritos de 10 corretoras

8 de agosto de 2022 - 11:01

Os analistas buscaram as oportunidades escondidas em todos os segmentos de FIIs e encontraram na logística os candidatos ideais para quem quer um show de desempenho

Expert XP 2022

Clima de eleições embala grande reencontro do mercado financeiro na Expert XP – e traz um dilema sobre o governo Bolsonaro

5 de agosto de 2022 - 13:08

Com ingressos esgotados, a Expert XP 2022 não pôde fugir do debate entre Lula e Bolsonaro, mas esqueceu-se da terceira via

A hora e a vez da renda fixa

Onde os brasileiros investem: CDBs ultrapassam ações no 1º semestre, e valor investido em LCIs e LCAs dispara

2 de agosto de 2022 - 18:40

Volume investido em CDBs pelas pessoas físicas superou o valor alocado em ações no período; puxado pelo varejo, volume aplicado por CPFs cresceu 2,8% no período, totalizando R$ 4,6 trilhões

BALANÇO DO MÊS

Bitcoin e Ibovespa têm as maiores altas do mês e reduzem as perdas no ano; veja o ranking completo dos melhores investimentos de julho

29 de julho de 2022 - 19:10

Neste início de semestre, os humilhados foram exaltados, o dólar deu algum alívio, mas os títulos públicos atrelados à inflação continuaram apanhando

MULTIMERCADOS

Bolsa, juros, dólar ou commodities: o que comprar e o que vender segundo duas das principais gestoras de fundos brasileiras

26 de julho de 2022 - 20:59

Especialistas da Kinea e da Legacy Capital participaram do primeiro painel da Semana da Previdência da Vitreo e contaram suas visões para o cenário macroeconômico e os ativos de risco nos próximos meses

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies