Menu
Victória Mantoan
Clube do livro
Victória Mantoan
É jornalista e especialista em conteúdo da Empiricus
O QUE LER SOBRE ECONOMIA

Um homem de princípios para sua biblioteca

Ray Dalio já está escrevendo o prometido livro com seus princípios para economia e investimentos

27 de outubro de 2018
5:53 - atualizado às 6:34
Perfil de Ray Dalio no site da Forbes - Imagem: Shutterstock

Aos apressados, um resumo bem amigo:

 

  • Ray Dalio já está escrevendo o prometido livro com seus princípios para economia e investimentos (ele mesmo deu a notícia em seu Twitter).
  • A Intrínseca deve publicar o título no Brasil, os direitos já estão adquiridos, embora ainda não haja previsão (dado que o texto sequer está pronto).
  • O gestor acaba de lançar um livro novo lá fora, na ocasião do aniversário de 10 anos da crise de 2008. Recomendo a leitura.

Preciso ser sincera, poucas pessoas conseguem ser as duas coisas: ter uma visão estratégica e eficiente sobre investimentos e habilidade com a palavra escrita. Apenas isso já seria motivo suficiente para trazer Ray Dalio a esta coluna.

Mas ele consegue ir além e ter consciência dos diversos aspectos de sua trajetória que o levaram a construir com sucesso a Bridgewater – que cuida de nada menos que U$ 160 bilhões.

Sim, todo esse dinheiro sob responsabilidade da gestora de Dalio.

Os princípios que norteiam sua vida e trabalho foram reunidos no livro chamado… bem, chamado "Princípios". Alguns podem parecer óbvios, mas um dos méritos de sua obra é conseguir fazer a conexão clara entre princípios bastante simples e o que tornou sua vida e trabalho bem-sucedidos (também no sentido mais simples no termo).

Você encontra lembretes como “Se eu consigo conciliar minhas emoções com a minha lógica e apenas agir quando elas estão alinhadas, eu tomo decisões melhores" ou “Ter a mente aberta é muito mais importante do que ser esperto ou inteligente”.

Os princípios elencados por ele colocam no papel preceitos práticos que podem ajudar a nortear diversos objetivos, inclusive seus investimentos. São verdadeiras lições que servem tanto a uma pessoa que acaba de assumir um cargo novo de gestão quanto a alguém que deseja abrir sua própria empresa ou ainda não descobriu a melhor forma de tomar decisões sobre seu dinheiro no dia a dia.

Ray Dalio talvez não ficasse muito feliz de ler isto. O gestor já prometeu um livro apenas sobre seus princípios para economia e investimentos e me consta que todos os envolvidos no projeto gostariam que essa diferenciação de foco ficasse sempre clara.

Se eu pudesse, diria ao autor para ficar bastante tranquilo, porque não vamos deixar de ler o que ele próprio disse que seria seu "final work". A notícia boa é que a obra já está sendo escrita, como o próprio Ray Dalio contou na sua conta pessoal no Twitter, e já há promessa de publicação no Brasil: os direitos foram adquiridos para ser publicado pela Intrínseca em terras tupiniquins, como foi feito com o primeiro.

O que ele já escreveu

Mas aos que já conhecem o trabalho de Dalio e estavam tristes com a espera, dá para ler novas obras dele enquanto isso.

Para quem ainda lembra do anúncio da quebra Lehman Brothers no fim de 2008, ele acaba de lançar o “Principles for Navigating Big Debt Crises”, que ajuda a esclarecer muitos aspectos da grave crise financeira que acaba de completar uma década sem que tenhamos deixado de falar sobre ela ainda.

Não há notícias de que a Intrínseca tenha adquirido os direitos de publicação do título no Brasil também, mas, para os que leem bem em inglês, vale uma busca na Amazon.

A verdade é que, quando você está na missão prioritária de aprendizado, por vezes se vê obrigado a enfrentar obras bastante desafiadoras do ponto de vista de manter-se atento à leitura (alguns mais corajosos chamariam essas obras de chatas). Meu lado historiador defende que, de vez em quando, esse pode ser um exercício saudável.

Mas não é o caso aqui. Ainda bem para a popularização de temas tão importantes como economia e finanças, que é o dinheiro nosso de cada dia.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Sem segredos

Para “abrir caixa-preta”, BNDES inaugura nova ferramenta de transparência

Projeto consolidará no site do banco os dados sobre os cinquenta maiores clientes dos últimos quinze anos

Dia 16

Argentina e Suíça

Presidente recebeu Macri e terá palco principal em Davos

Moção de desconfiança vencida

Theresa May livra sua cabeça da degola e convoca nova negociação para um acordo do Brexit

Parlamento britânico salva novamente a cabeça da premiê um dia após uma derrota histórica do governo sobre o acordo do Brexit

Estrela do encontro

Bolsonaro terá espaço privilegiado em Davos e deve abrir sessão inaugural do Fórum Econômico Mundial

Lugar de fala do presidente estava sendo cuidadosamente negociado entre o Itamaraty e os organizadores do evento

Mercados

SPX muda visão sobre juro nos EUA e espera algo concreto do governo Bolsonaro

Gestora diz que errou avaliação sobre aperto monetário americano. No Brasil, postura é de otimismo cauteloso, mas com posição comprada em bolsa

Cannabusiness

Já pensou em ganhar dinheiro com maconha?

Quem decidiu investir em ações relacionadas à cannabis vem recebendo resultados bastante positivos. Veja o que você pode comprar na bolsa para embarcar nessa onda lucrativa.

Redução de burocracias

Em encontro com Macri, Bolsonaro diz que propósito é construir Mercosul “enxuto”, mas que continue a ter relevância

Bolsonaro também disse que, na frente externa, é preciso concluir negociações mais promissoras e iniciar novas negociações

câmbio

Sobrou dólar no país pela primeira vez desde o começo de novembro

Fluxo cambial foi positivo em US$ 1,448 bilhão na segunda semana de janeiro, com ingressos concentrados na conta financeira

Exile on Wall Street

Reminiscências de um operador de risco

É com tristeza que leio textos em jornais ou relatórios distribuídos a clientes falando em alocação de recursos. Uns pagam de pseudointeligentes, enquanto apenas repetem clichês. Outros querem estimular a migração para portfólios arrojados, incentivando o investidor a correr atrás de migalhas

Em preparação final

Países europeus aprovam barreiras contra aço brasileiro

Pela proposta da Comissão Europeia, um total de 26 produtos siderúrgicos seriam taxados; China sofrerá restrições em 16 produtos diferentes, contra 17 da Turquia e 15 da Índia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
#banner-popup .visible-mobile{ display: block; } #banner-popup .visible-desktop{ display: none; } @media (min-width: 1000px) { #banner-popup .visible-mobile{ display: none; } #banner-popup .visible-desktop{ display: block; } } var get_pop_cookie = Cookies.get('cookie_seudinheiro_popup_empiricus'); if(get_pop_cookie == null ){ $.fancybox.open({ src : '#banner-popup', type : 'inline' }); Cookies.set('cookie_seudinheiro_popup_empiricus', '1', { expires: 1 }); } else if(get_pop_cookie == '1'){ $.fancybox.open({ src : '#banner-popup', type : 'inline' }); Cookies.set('cookie_seudinheiro_popup_empiricus', '2', { expires: 1 }); }