Menu
2019-04-05T14:21:31-03:00
Estadão Conteúdo
Dados da Anbima

Aplicações financeiras de pessoas físicas crescem 9% em 2018

No segmento de varejo, o total das aplicações financeiras foi de R$ 1,831 trilhão, montante 8,1% superior a 2017

11 de fevereiro de 2019
12:44 - atualizado às 14:21
Ações negociadas na bolsa de valores
Imagem: Shutterstock

O volume de aplicações financeiras das pessoas físicas cresceu 9% em 2018 em relação ao ano anterior, para R$ 2,797 trilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima). Incluindo as aplicações em previdência do público de private banking, o total das aplicações somou R$ 1,08 trilhão.

No segmento de varejo, o total das aplicações financeiras foi de R$ 1,831 trilhão, montante 8,1% superior a 2017. No varejo tradicional, as aplicações somaram R$ 958,7 bilhões, correspondendo a um aumento de 4,7% em relação a 2017, enquanto no varejo alta renda houve aumento de 12,1% no mesmo período comparativo, para R$ 872,6 bilhões.

A concentração dos investimentos das pessoas físicas de varejo continua na poupança, com 39,9% de participação, segmento para o qual foram destinados R$ 730,7 bilhões em 2018, de R$ 664,2 bilhões em 2017.

Os títulos e valores mobiliários responderam por 27,6% das aplicações do varejo, somando R$ 504,7 bilhões no ano passado, de R$ 492,1 bilhões em 2017. Os fundos de investimento atraíram R$ 595,9 bilhões, respondendo por 32,5% das alocações das carteiras, contra R$ 538 bilhões em 2017.

Os investimentos das pessoas físicas do segmento private estiveram em sua maioria nos fundos, que atraíram R$ 517 bilhões do total de R$ 1,08 trilhão em 2018. Em 2017, os investidores private destinaram R$ 450,8 bilhões para os fundos.

Os investimentos em ativos de renda fixa atingiram R$ 290,2 bilhões em 2018, acima dos R$ 270,8 bilhões em 2017, enquanto os investimentos em renda variável somaram R$ 154,9 bilhões no ano passado, de R$ 147,3 bilhões. Os investimentos em previdência aberta subiram para R$ 114,6 bilhões no ano passado, de R$ 96,1 bilhões em 2017.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PESSIMISMO

Risco fiscal impede Brasil de aproveitar bom momento dos mercados globais

Rogério Xavier, da SPX Capital, e Carlos Woelz, da Kapitalo Investimentos, criticam duramente falta de interesse em controlar contas públicas

Substituição barrada

Investidores de debêntures da Rodovias do Tietê rejeitam venda da empresa para Latache

Venda para fundo foi rejeitada pelos debenturistas da concessionária, que possui pelo menos R$ 1,5 bilhão em dívidas, a maior parte na mão de pequenos investidores

Termômetro da crise

Pedidos de auxílio-desemprego sobem 30 mil na semana nos EUA, a 778 mil

O total de pedidos da semana anterior foi ligeiramente revisado para cima, de 742 mil para 748 mil.

Número se manteve

PIB dos EUA sobe à taxa anualizada de 33,1% na 2ª leitura do 3º tri

A próxima leitura do BEA sobre o PIB americano será divulgada em 22 de dezembro, às 10h30 (de Brasília).

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies