Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-05T14:21:31-03:00
Estadão Conteúdo
Dados da Anbima

Aplicações financeiras de pessoas físicas crescem 9% em 2018

No segmento de varejo, o total das aplicações financeiras foi de R$ 1,831 trilhão, montante 8,1% superior a 2017

11 de fevereiro de 2019
12:44 - atualizado às 14:21
Ações negociadas na bolsa de valores
Imagem: Shutterstock

O volume de aplicações financeiras das pessoas físicas cresceu 9% em 2018 em relação ao ano anterior, para R$ 2,797 trilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima). Incluindo as aplicações em previdência do público de private banking, o total das aplicações somou R$ 1,08 trilhão.

No segmento de varejo, o total das aplicações financeiras foi de R$ 1,831 trilhão, montante 8,1% superior a 2017. No varejo tradicional, as aplicações somaram R$ 958,7 bilhões, correspondendo a um aumento de 4,7% em relação a 2017, enquanto no varejo alta renda houve aumento de 12,1% no mesmo período comparativo, para R$ 872,6 bilhões.

A concentração dos investimentos das pessoas físicas de varejo continua na poupança, com 39,9% de participação, segmento para o qual foram destinados R$ 730,7 bilhões em 2018, de R$ 664,2 bilhões em 2017.

Os títulos e valores mobiliários responderam por 27,6% das aplicações do varejo, somando R$ 504,7 bilhões no ano passado, de R$ 492,1 bilhões em 2017. Os fundos de investimento atraíram R$ 595,9 bilhões, respondendo por 32,5% das alocações das carteiras, contra R$ 538 bilhões em 2017.

Os investimentos das pessoas físicas do segmento private estiveram em sua maioria nos fundos, que atraíram R$ 517 bilhões do total de R$ 1,08 trilhão em 2018. Em 2017, os investidores private destinaram R$ 450,8 bilhões para os fundos.

Os investimentos em ativos de renda fixa atingiram R$ 290,2 bilhões em 2018, acima dos R$ 270,8 bilhões em 2017, enquanto os investimentos em renda variável somaram R$ 154,9 bilhões no ano passado, de R$ 147,3 bilhões. Os investimentos em previdência aberta subiram para R$ 114,6 bilhões no ano passado, de R$ 96,1 bilhões em 2017.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies