Menu
2019-04-05T14:21:31-03:00
Estadão Conteúdo
Dados da Anbima

Aplicações financeiras de pessoas físicas crescem 9% em 2018

No segmento de varejo, o total das aplicações financeiras foi de R$ 1,831 trilhão, montante 8,1% superior a 2017

11 de fevereiro de 2019
12:44 - atualizado às 14:21
Ações negociadas na bolsa de valores
Imagem: Shutterstock

O volume de aplicações financeiras das pessoas físicas cresceu 9% em 2018 em relação ao ano anterior, para R$ 2,797 trilhões, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima). Incluindo as aplicações em previdência do público de private banking, o total das aplicações somou R$ 1,08 trilhão.

No segmento de varejo, o total das aplicações financeiras foi de R$ 1,831 trilhão, montante 8,1% superior a 2017. No varejo tradicional, as aplicações somaram R$ 958,7 bilhões, correspondendo a um aumento de 4,7% em relação a 2017, enquanto no varejo alta renda houve aumento de 12,1% no mesmo período comparativo, para R$ 872,6 bilhões.

A concentração dos investimentos das pessoas físicas de varejo continua na poupança, com 39,9% de participação, segmento para o qual foram destinados R$ 730,7 bilhões em 2018, de R$ 664,2 bilhões em 2017.

Os títulos e valores mobiliários responderam por 27,6% das aplicações do varejo, somando R$ 504,7 bilhões no ano passado, de R$ 492,1 bilhões em 2017. Os fundos de investimento atraíram R$ 595,9 bilhões, respondendo por 32,5% das alocações das carteiras, contra R$ 538 bilhões em 2017.

Os investimentos das pessoas físicas do segmento private estiveram em sua maioria nos fundos, que atraíram R$ 517 bilhões do total de R$ 1,08 trilhão em 2018. Em 2017, os investidores private destinaram R$ 450,8 bilhões para os fundos.

Os investimentos em ativos de renda fixa atingiram R$ 290,2 bilhões em 2018, acima dos R$ 270,8 bilhões em 2017, enquanto os investimentos em renda variável somaram R$ 154,9 bilhões no ano passado, de R$ 147,3 bilhões. Os investimentos em previdência aberta subiram para R$ 114,6 bilhões no ano passado, de R$ 96,1 bilhões em 2017.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Expansão

Rede D’Or assina memorando para aquisição de hospital na Paraíba

Documento prevê que Rede detenha 51% do capital social do Hospital Nossa Senhora das Neves

Após investigação

China multa Alibaba em US$ 2,8 bilhões por prática de monopólio

Foco foi prática que força comerciantes a escolherem uma plataforma, em vez de poderem trabalhar com mais.

Efeitos da Covid

Grupo Educação Metodista se prepara para pedir recuperação judicial

Com dívidas de cerca de R$ 500 milhões e em dificuldades desde 2015, o grupo viu sua situação se deteriorar em meio à pandemia

Cessão onerosa

Petrobras: Conselho aprova acordo sobre excedentes em Sépia e Atapu

Para a área de Atapu, a participação da estatal na cessão onerosa fica em 39,5% e em Sépia de 31,3%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies