Menu
2019-12-02T16:04:00-03:00
Estadão Conteúdo
Dados da CNI

Faturamento real da indústria cresce 1,3% em outubro ante setembro

Resultado aponta para o quinto mês consecutivo de crescimento do indicador, que registra uma alta de 3,5% em relação a outubro do ano passado

2 de dezembro de 2019
16:04
indústria
Imagem: Shutterstock

Os Indicadores Industriais de outubro mostram crescimento de 1,3% do faturamento real na comparação com os números de setembro. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 2, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Esse foi o quinto mês consecutivo de crescimento do indicador, que registra uma alta de 3,5% em relação a outubro do ano passado.

A pesquisa também aponta ligeira alta da utilização da capacidade instalada (UCI), que atingiu 78% em outubro, na série livre de influências sazonais. Em setembro, esse indicador estava em 77,9%. Na comparação com o mesmo mês de 2018, a UCI de outubro deste ano ficou 0,5 ponto porcentual maior.

O economista da CNI Marcelo Azevedo avalia que a série de alta do faturamento é uma "excelente notícia", pois abre caminho para uma recuperação mais forte da atividade e até mesmo do emprego nos próximos meses. "A expansão do faturamento é resultado do aumento da demanda, que vem proporcionando o ajuste dos estoques da indústria. A expectativa é que esse aumento da demanda se mantenha e passe a exercer influência cada vez maior na atividade industrial", diz o economista.

Com relação às horas trabalhadas na produção, a pesquisa aponta pequena queda de 0,1% em outubro frente a setembro, na série dessazonalizada. Já na comparação com o mesmo mês do ano passado, há uma alta de 0,1%.

A CNI destaca que a melhora dos indicadores de produção ainda não repercute no mercado de trabalho. O emprego no setor ficou estável em outubro e a massa real de salários caiu 0,7%, com queda no rendimento médio real de 0,3% em outubro frente a setembro, nas séries livres de influências sazonais. Na comparação com outubro de 2018, o emprego registra queda de 0,3%, a massa real de salários tem queda de 1,9% e o rendimento médio do trabalhador ficou 1,6% menor.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

o melhor do seu dinheiro

Efeito Lula livre na bolsa – 2022 já começou?

No Brasil morre-se de tudo – inclusive morre-se muito de covid -, mas não se morre de tédio. Os mercados locais começaram o dia castigados pelos temores dos investidores em relação ao avanço da pandemia no país, hoje no seu pior momento. Como se todas as incertezas em relação ao combate ao coronavírus por aqui […]

balanço 4º tri

Magazine Luiza vê lucro ir a R$ 219 milhões no 4º tri e supera expectativas do mercado

A varejista Magazine Luiza encerrou o quarto trimestre de 2020 superando as expectativas do mercado. A companhia divulgou na noite desta segunda-feira (08) o seu resultado trimestral, com umacom alta de 30,6% no lucro líquido, para R$ 219,5 milhões. No acumulado do ano passado, o resultado encolheu 57,5%, para R$ 391,7 milhões. No critério “ajustado”, […]

Desidratação à vista?

Bolsonaro: Lira e relator vão discutir PEC Emergencial, podem criar PEC paralela

Na entrevista, Bolsonaro afirmou que a PEC deve ser votada pela Câmara na quarta-feira, 10. De acordo com ele, ao votar a medida, os deputados federais darão o sinal verde para retomada do auxílio emergencial em cinco dias

Fechamento do dia

São tantas emoções! ‘Efeito Lula’ aprofunda incertezas locais e faz Ibovespa cair 4%; dólar fecha a R$ 5,77

Mercado doméstico já operava em queda firme antes da decisão do ministro Fachin; aumento das incertezas pesou sobre bolsa, dólar e juros

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies