2019-10-14T14:38:39-03:00
Estadão Conteúdo
paradona

Faturamento cresce 0,3% em junho, mas indústria fecha semestre estagnada, diz CNI

De acordo com a pesquisa, o emprego ficou estável e os outros indicadores tiveram queda. A utilização da capacidade instalada caiu 0,7 ponto porcentual na comparação com maio, atingindo 77,2% em junho.

1 de agosto de 2019
15:28 - atualizado às 14:38
indústria-brasileira
Indústria brasileira - Imagem: José Cruz/Agência Brasil

O faturamento da indústria teve alta de 0,3% em junho na comparação com maio na série após ajustes sazonais. O dado consta da pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta quinta-feira, 1º de agosto, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O faturamento real foi o único dos índices da pesquisa que registrou alta em junho na comparação com o mês anterior.

De acordo com a pesquisa, o emprego ficou estável e os outros indicadores tiveram queda. A utilização da capacidade instalada caiu 0,7 ponto porcentual na comparação com maio, atingindo 77,2% em junho.

O indicador das horas trabalhadas na produção também registrou queda de 0,1% em junho frente ao mês anterior. Esse é o segundo recuo consecutivo. A massa salarial dos trabalhadores da indústria teve recuo de 0,7% no mesmo período de comparação.

Semestre

A pesquisa mostra ainda que todos os indicadores, quando dessazonalizados, terminaram o primeiro semestre do ano abaixo do registrado em dezembro do ano passado. Nessa comparação, o faturamento da indústria teve queda de 5%; horas trabalhadas, 0,5%; o emprego, 0,3%; massa salarial, 3,9%; e o rendimento médico, 2,1%. A Utilização da Capacidade Instalada apresenta recuo de 0,1 ponto porcentual no semestre.

"A indústria encerra o semestre sem avanços em termos de atividade e emprego. Fica evidente que, além das medidas estruturantes, de longo prazo, necessárias para um novo ciclo de crescimento, também são urgentes e críticas medidas de curto prazo para estimular a economia", afirma o economista da CNI Marcelo Azevedo, em nota divulgada pela entidade.

Segundo ele, a redução de 0,5 ponto porcentual na taxa Selic foi um primeiro passo nesse sentido, mas o economista afirma haver espaço para novas quedas. "Medidas que facilitem e reduzam o custo do financiamento também seriam muito importantes", afirma.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SOB NOVA DIREÇÃO

Passou, mas não foi unânime: indicado para comandar a Petrobras (PETR4) é aprovado por comitê — confira a próxima etapa

Caio Mário Paes de Andrade é o quinto gestor da estatal no governo de Jair Bolsonaro, mas seu nome ainda não recebeu aprovação final

VAI FICA DENTRO OU FORA DESSA?

Prepara-se: Metaverso vem aí com jogos, ensino e comércio eletrônico — e deve movimentar US$ 5 trilhões

De acordo com a empresa de consultoria McKinsey, os gastos globais no metaverso podem chegar a US$ 5 trilhões até 2030. Desse total, o e-commerce é visto como o meio que oferece a maior oportunidade, com um valor de mercado previsto de US$ 2,6 trilhões.

CARREIRA DOS SONHOS

Google (GOGL34) é eleita a empresa dos sonhos dos brasileiros; Nubank (NUBR33) e Itaú (ITUB4) também estão na lista

A gigante de tecnologia se mantém na liderança como empresa dos sonhos dos brasileiros na última década; a Google é desejada principalmente entre os mais jovens

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Político pesa no Ibovespa, projeções melhores para VIIA3 e outros destaques do dia

A inflação global elevada e as apostas cada vez maiores de que o mundo deve enfrentar um cenário de recessão econômica continuam alimentando os ursos do mercado financeiro nos quatro cantos do mundo, monopolizando a atenção dos investidores.  Mesmo com um cenário marcado por uma forte aversão ao risco, os principais índices de Wall Street […]

AUMENTA O SOM

Ex-ministro Milton Ribeiro diz ter recebido ligação de Bolsonaro sobre busca e apreensão — ouça o áudio

O telefonema ocorreu em 9 de junho, antes do ex-chefe da pasta da Educação ter sido alvo da operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na quarta-feira (22)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies