Menu
2019-05-22T06:41:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dilema

Pode ser preciso cortar juros para cumprir meta de inflação, diz dirigente do Fed

James Bullard disse que a instituição pode considerar formas de recentralizar a inflação e as expectativas de inflação na meta de 2%

22 de maio de 2019
6:39 - atualizado às 6:41
Fed banco central americano
Sede do Federal Reserve (Fed) - Imagem: Federal Reserve

O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) em St. Louis, James Bullard, disse que a instituição poderá precisar cortar seu juro básico se a inflação não voltar a acelerar para os níveis desejados.

Para ele, o BC dos EUA pode considerar formas de recentralizar a inflação e as expectativas de inflação na meta de 2%, num ambiente em que o Fed tem consistentemente falhado em cumprir seu objetivo de elevação de preços.

Uma forma de o Fed atingir isso seria relaxando sua política monetária, disse o dirigente do Fed. Para ele, um corte de juros, mesmo em meio a um desempenho relativamente bom da economia, pode ajudar a manter a credibilidade da meta de inflação mais adiante.

O anúncio foi feito em notas preparadas para um discurso que Bullard faria em Hong Kong, nesta quarta-feira, 22. O dirigente também falou à Bloomberg TV que um corte de 0,25 ponto porcentual da taxa básica de juros mandaria um "sinal importante" ao mercado, mas ainda seria "prematuro" fazê-lo agora.

Bullard, que é um tradicional opositor de altas de juros, também comentou que a fase de normalização da política do Fed acabou e que, de agora em diante, a política será ajustada de acordo com as mudanças nas condições econômicas.

Bullard é um dos membros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Fed que tem direito a voto nas decisões de política monetária em 2019.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

De volta ao topo

País volta a ser maior mercado de caminhão da Mercedes, que reafirma investimento

O volume supera os 24,5 mil caminhões vendidos na Alemanha, que caiu para a segunda posição no ranking de mercados globais da montadora.

Retomada

Faturamento da indústria de máquinas sobe 38,5% em janeiro em comparação anual

A expectativa é de que as vendas internas continuem positivas.

Banco digital

Modalmais entra com pedido de IPO na B3 e esquenta disputa das plataformas de investimento

O pedido de IPO acontece menos de um ano depois do acordo fechado para a venda de até 35% do capital do Modalmais para o Credit Suisse, em um negócio que avaliou o banco digital em R$ 5 bilhões

bom potencial de alta

Quanto as ações da Eletrobras podem valer com a privatização? Veja os cálculos dos analistas

MP enviada ao Congresso prevê processo de capitalização da companhia, que resultará na diluição da participação do governo no capital social

Parceria vai voar?

Cade aprova joint venture entre Delta Air Lines e Latam

A suspeita é que a Delta tenha mais influência na administração da Aeroméxico do que o anteriormente informado ao Cade.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies