IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2022-08-01T13:18:53-03:00
Ricardo Gozzi
UMA FÓRMULA EFICAZ

No boca a boca, ‘Top Gun: Maverick’ mantém bilheterias multimilionárias mais de dois meses depois do lançamento

A sequência de ‘Top Gun: Asses Indomáveis’ calou os críticos com um arroz com feijão bem feito e segue batendo recordes depois de 10 semanas em cartaz

1 de agosto de 2022
13:06 - atualizado às 13:18
O ator Tom Cruise no filme Top Gun: Maverick, da Paramount Pictures
'Top Gun: Maverick' ostenta a marca de maio bilheteria de 2022. - Imagem: Divulgação/Paramount Pictures

Pouca gente fora dos estúdios Paramount botava muita fé em ‘Top Gun: Maverick’ em termos de bilheteria antes do lançamento do filme, no fim de maio.

Quando o trabalho estrelado por Tom Cruise chegou às salas de cinema, o setorista de indústria cinematográfica da Forbes, Scott Mendelson, enumerou uma série de razões pelas quais considerava que as perspectivas de sucesso do filme não eram das melhores.

“‘Top Gun: Maverick’ deve se tornar essencialmente o terceiro maior filme de Cruise fora do personagem Ethan Hunt e o maior da Paramount desde ‘O Exterminador do Futuro: Gênesis’ (US$ 441 milhões no verão de 2015), desconsiderando as franquias ‘Missão: Impossível’ e ‘Transformers’", especulou Mendelson à época.

Na condição de um dos principais especialistas nos números da indústria cinematográfica dos Estados Unidos, Mendelson tinha lá seus motivos para embasar sua análise, todos muito pertinentes.

Não que ele projetasse um fracasso para ‘Top Gun: Maverick’, mas Mendelson claramente não acreditava no sucesso retumbante do filme. E essa era a impressão dominante entre os observadores da indústria cinematográfica antes do lançamento.

Propaganda boca a boca beneficia ‘Top Gun: Maverick’

O que o repórter da Forbes e seus colegas talvez não tenham levado em consideração é que um feijão com arroz bem feito acompanhado de uma boa propaganda boca a boca dificilmente sai de moda.

Pouco mais de dois meses depois, a sequência de ‘Top Gun: Ases Indomáveis’ continua galgando degraus no pódio dos maiores sucessos comerciais da história do cinema norte-americano.

Em sua décima semana de exibição, o filme segue em cartaz em mais de 3 mil salas de cinema apenas nos Estados Unidos.

No último fim de semana, ‘Top Gun: Maverick’ rendeu mais US$ 8,2 milhões.

De acordo com os mais recentes dados disponíveis, o filme mais visto do ano em todo o mundo já arrecadou US$ 1,32 bilhão, sendo US$ 650 milhões nos cinemas norte-americanos e US$ 671 milhões fora dos EUA.

Confira a seguir algumas das principais marcas batidas por ‘Top Gun: Maverick’ desde seu lançamento.

*Com informações do BoxOfficePro e da Forbes.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

DIA 32

Eleições no Congresso: das favas contadas à vitória de Lula contra o avanço bolsonarista

1 de fevereiro de 2023 - 20:25

Rodrigo Pacheco foi reconduzido à presidência do Senado com 49 votos, enquanto Arthur Lira foi reeleito para o comando da Câmara — mas os números não contam o que estava em jogo

LUCRO NO EXTERIOR

Petrobras (PETR4) sofre derrota bilionária no CARF, mas garante que irá recorrer; entenda o caso

1 de fevereiro de 2023 - 19:44

A estatal perdeu em um julgamento de recursos contra duas cobranças que totalizam cerca de R$ 5,7 bilhões

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Jerome Powell encanta Wall Street, mas Ibovespa não acompanha; confira os destaques do dia

1 de fevereiro de 2023 - 19:34

Chamado de Eros no Monte Olimpo e de Cupido na Roma Antiga, o deus da paixão é fruto da união entre os deuses da guerra e do amor. Ainda que ganhe novos nomes por onde passa, a imagem de um ser angelical armado com a flecha dos enamorados é universalmente reconhecida — e parece ter […]

é hora de dizer adeus

Stone embolsa R$ 218 milhões com venda de ativos e dá adeus ao Inter

1 de fevereiro de 2023 - 19:30

Cada BDR negociado na B3 sob o ticker INBR32 corresponde a uma ação de Classe A negociada em Nova York. Nesta quarta-feira, o ativo recuou cerca de 6% após a operação.

MERCADO DE TRABALHO

Você quer mudar de emprego? Saiba por que a maioria dos brasileiros também quer um novo trabalho em 2023

1 de fevereiro de 2023 - 19:00

Busca por maior salário move busca por novo emprego, mas o medo da demissão do atual trabalho também é grande, diz pesquisa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies