Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:30:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Tesourada suave

Líder do Fed afirma que cortar juros em 50 pontos-base em julho seria “exagero”

James Bullard foi o único a votar por reduzir os juros em 25 pontos-base no encontro do Comitê Federal de Mercado Aberto na semana passada

25 de junho de 2019
15:08 - atualizado às 14:30
Federal Reserve
Imagem: Shutterstock

O presidente da distrital de St. Louis do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), James Bullard, afirmou nesta terça-feira que seria um "exagero" a instituição promover um corte de 50 pontos-base da sua taxa básica de juros na reunião marcada para 30 e 31 de julho, ainda que tenha sido o único a votar por reduzi-la em 25 pontos-base no encontro do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) na semana passada.

Esse voto foi atribuído por ele à surpresa causada pela inflação abaixo da meta mesmo diante do atual ritmo de crescimento da economia e, por outro lado, porque o ritmo da atividade estava forte "olhando para trás", mas transparece uma desaceleração quando se olha adiante.

O corte de um quarto de ponto porcentual seria uma "apólice de seguros", explicou Bullard. "É melhor levar a inflação de volta à meta enquanto podemos."

Questionado em entrevista à Bloomberg TV sobre o timing do seu voto, com participantes de mercado à espera do encontro entre os presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, no âmbito do G20, Bullard argumentou que a necessidade de "recentralizar" a inflação não é "tão dependente assim" do que acontecer nessa reunião bilateral em Osaka, no Japão.

Já sobre a mais recente série de críticas de Trump ao Fed, de quem o republicano demanda redução dos juros básicos, Bullard respondeu que não liga para como o seu voto por cortar a taxa dos Fed Funds ressoa no universo político.

Para o presidente do Fed de St. Louis, se essa taxa estivesse mais baixa, traria a curva de juros dos Treasuries - hoje invertida na porção entre a T-bill de 3 meses e a T-note de 10 anos - "de volta ao normal".

Em relação ao desafio de fazer a inflação acelerar rumo à meta de 2% diante de um dólar fortalecido, Bullard reconheceu que "muito" dessa tarefa vai depender de "quão longe" o Banco Central Europeu (BCE) e o seu presidente, Mario Draghi, irão na sua postura "dovish", ou seja, propensa a ainda mais afrouxamento.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Segundo informações da imprensa, o Nubank concluiu, nesta quarta-feira (08), sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a um preço de US$ 9 por ação e R$ 8,38 por BDR (Brazilian Depositary Receipt), topo da faixa indicativa, que ia de US$ 8 a US$ 9 por ação e R$ 7,45 a […]

Juros nas alturas

BC cumpre o prometido e Selic decola a 9,25%, maior patamar em quatro anos

Com a nova alta de 1,5 ponto concretizada hoje, a Selic saiu do patamar de 2% em janeiro e fecha o ano em 9,25%

CRYPTO NEWS

Guia prático para ter sucesso investindo em bitcoin e outras criptomoedas

Veja dicas das quais sempre me lembro durante os momentos mais complexos. Sugestão: anote-os em um caderno e os releia antes de abrir o site da corretora e decidir fazer uma operação

Dia da Marmota

Feitiço do tempo: Após Evergrande, China acorda com nova chance de calote da Kaisa; conheça a empresa

As negociações das ações do grupo chinês foram suspensas hoje em Hong Kong após o vencimento de um título de US$ 400 milhões

O poder do roxinho

Maior que o Itaú (ITUB4)? Nubank descobre hoje se será ou não o banco mais valioso da América Latina

O tamanho da abertura de capital será revelado hoje, com a definição do preço das ações no mercado norte-americano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies