🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O SEU CAPITAL POR 7,5X COM 1 CLIQUE – CONHEÇA A FERRAMENTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Decisão muito aguardada pelo mercado

Bolsonaro anuncia aprovação de joint venture entre Boeing e Embraer

Presidente utilizou sua conta no Twitter para informar sobre a decisão e afirmou que negócio “não afeta a soberania da Nação”

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
10 de janeiro de 2019
20:22 - atualizado às 13:55
Negociação deve ser concluída até o fim do anoImagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Tá liberada! O governo anunciou na noite desta quinta-feira, 10, a aprovação da parceria estratégica entre a Embraer a Boeing. Pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a União não se opõe ao andamento do acordo e que "ficou claro que a soberania e os interesses da Nação estão preservados". A expectativa agora é de que a negociação seja concluída até o final de 2019.

Bolsonaro publicou uma foto de uma grande reunião que ocorreu no Palácio do Planalto para tratar do assunto, no final da tarde de hoje. Participaram do encontro representantes dos Ministérios da Defesa, Ciência e Tecnologia, Relações Exteriores, Economia e também das Forças Armadas. Em nota, o Palácio do Planalto afirmou que o encontro serviu para que fossem apresentados os termos das tratativas, iniciadas no governo Michel Temer.

As duas empresas firmaram, no mês passado, os termos da joint venture contemplando a aviação comercial da Embraer e serviços associados. A Boeing terá participação de 80% na nova empresa e a Embraer, os 20% restantes.

A brasileira e a americana também chegaram a um acordo sobre os termos de uma segunda joint venture para promover e desenvolver novos mercados para o avião multimissão KC-390. De acordo com a parceria proposta, a Embraer deterá 51% de participação na joint venture e a Boeing, os 49% Restantes.

Em nota divulgada ao mercado, a Embraer informou que, "como próximo passo do processo, o Conselho de Administração da Embraer deverá ratificar a aprovação prévia dos termos do acordo e autorizar a assinatura dos documentos da operação. Em seguida, a parceria será submetida à aprovação dos acionistas, das autoridades regulatórias, bem como a outras condições pertinentes à conclusão de uma transação deste tipo. Caso as aprovações ocorram no tempo previsto, a expectativa é que a negociação seja concluída até o final de 2019".

Segundo a Embraer, a parceria estratégica com a Boeing irá possibilitar a ambas as empresas acelerar o crescimento em mercados aeroespaciais globais.

Idas e vindas

Na semana passada, Bolsonaro levantou a possibilidade de revisão no acordo, que depende de aval do presidente. Depois das declarações, as ações da Embraer lideraram as quedas da B3, a bolsa paulista, com retração de 5,1%.

Na ocasião, Bolsonaro havia afirmado em entrevista que, segundo a última versão do contrato, informações tecnológicas podem ser repassadas à empresa de aviação americana. O presidente não detalhou, no entanto, que tipo de dados poderiam ser acessados, mas falou em proteção do patrimônio nacional.

*Com Estadão Conteúdo.

Compartilhe

Disputa pelos ares

China compra cerca de 300 aviões da Airbus, em novo golpe à rival Boeing

3 de julho de 2022 - 11:45

A Boeing citou repetidamente a China como essencial para seus planos de crescimento da produção, mas perdeu para a rival Airbus na encomenda mais recente do gigante asiático

TRAGÉDIA NA CHINA

Alguém derrubou esse avião de propósito na China; investigadores agora tentam descobrir quem foi

18 de maio de 2022 - 7:45

Dados recuperados da caixa preta sugerem que alguém na cabine derrubou o intencionalmente o Boeing 737-800 da China Eastern com 132 pessoas a bordo no fim de março

GUERRA ECONÔMICA

Veja as maiores sanções impostas contra a Rússia até agora — e o que Putin fez para se livrar delas

5 de abril de 2022 - 14:36

Na tentativa de isolar Moscou do resto do mundo e parar as tropas na Ucrânia, os EUA e seus aliados já anunciaram cerca de 50 medidas punitivas; listamos algumas das principais

A CAIXA PRETA É LARANJA

Explicações a caminho? Recuperada uma das ‘caixas pretas’ do Boeing 737-800 que caiu na China com 132 pessoas a bordo

23 de março de 2022 - 8:02

Avião mergulhava de bico, perto da velocidade do som, nos momentos que antecederam a tragédia, segundo especialistas ouvidos pela Bloomberg

MISTÉRIO NO AR

Investigadores tentam desvendar como o Boeing 737-800, um dos aviões mais seguros já construídos, caiu na China com 132 pessoas a bordo

22 de março de 2022 - 10:10

Equipes de resgate ainda vasculham o local da queda do avião, ocorrida ontem, mas não encontraram sinais de sobreviventes

TRAGÉDIA AÉREA

Avião cai na China com 132 pessoas a bordo; ações da Boeing operam em forte queda no pré-mercado em Nova York

21 de março de 2022 - 6:16

Boeing 737-800 caiu em uma região montanhosa perto de Wuzhou, no sul da China, e explodiu; equipes de resgate realizam buscas no local

BYE BYE!

Facebook (FBOK34), Netflix (NFLX34), Airbnb (AIRB34) e Apple (AAPL34): a enorme lista de empresas que cortaram laços com a Rússia e deixaram Putin na mão

4 de março de 2022 - 14:02

Além do efeito das sanções, que torna praticamente impossível a realização de negócios no país, essas companhias estão preocupadas com a imagem em meio à guerra

JETSON DA VIDA REAL

Passeio de carro voador na Austrália está mais perto da realidade com ajuda da Eve, da Embraer (EMBR3)

16 de fevereiro de 2022 - 14:21

A subsidiária da empresa brasileira recebeu um pedido de até 40 eVTOLs da Microflite, uma das principais operadoras de helicópteros da Austrália

De volta ao lar

Embraer (EMBR3) reintegra o setor de aviação comercial após o fiasco com a Boeing. E agora, como ficam as ações?

26 de janeiro de 2022 - 14:50

Para a Embraer (EMBR3), a parceria com a Boeing em aviação comercial é passado; mas será que o mercado precifica corretamente suas ações?

Empréstimo

Gol acerta financiamento de US$ 600 milhões para renovar frota de aviões

24 de janeiro de 2022 - 8:50

Empresa aérea usará o dinheiro para financiar a aquisição de 12 novas aeronaves Boeing 737 MAX 8, a uma taxa de juros menor que o custo atual da frota

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar