Menu
2019-04-04T13:55:57-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Decisão muito aguardada pelo mercado

Bolsonaro anuncia aprovação de joint venture entre Boeing e Embraer

Presidente utilizou sua conta no Twitter para informar sobre a decisão e afirmou que negócio “não afeta a soberania da Nação”

10 de janeiro de 2019
20:22 - atualizado às 13:55
Embraer – Boeing
Negociação deve ser concluída até o fim do anoImagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Tá liberada! O governo anunciou na noite desta quinta-feira, 10, a aprovação da parceria estratégica entre a Embraer a Boeing. Pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a União não se opõe ao andamento do acordo e que "ficou claro que a soberania e os interesses da Nação estão preservados". A expectativa agora é de que a negociação seja concluída até o final de 2019.

Bolsonaro publicou uma foto de uma grande reunião que ocorreu no Palácio do Planalto para tratar do assunto, no final da tarde de hoje. Participaram do encontro representantes dos Ministérios da Defesa, Ciência e Tecnologia, Relações Exteriores, Economia e também das Forças Armadas. Em nota, o Palácio do Planalto afirmou que o encontro serviu para que fossem apresentados os termos das tratativas, iniciadas no governo Michel Temer.

As duas empresas firmaram, no mês passado, os termos da joint venture contemplando a aviação comercial da Embraer e serviços associados. A Boeing terá participação de 80% na nova empresa e a Embraer, os 20% restantes.

A brasileira e a americana também chegaram a um acordo sobre os termos de uma segunda joint venture para promover e desenvolver novos mercados para o avião multimissão KC-390. De acordo com a parceria proposta, a Embraer deterá 51% de participação na joint venture e a Boeing, os 49% Restantes.

Em nota divulgada ao mercado, a Embraer informou que, "como próximo passo do processo, o Conselho de Administração da Embraer deverá ratificar a aprovação prévia dos termos do acordo e autorizar a assinatura dos documentos da operação. Em seguida, a parceria será submetida à aprovação dos acionistas, das autoridades regulatórias, bem como a outras condições pertinentes à conclusão de uma transação deste tipo. Caso as aprovações ocorram no tempo previsto, a expectativa é que a negociação seja concluída até o final de 2019".

Segundo a Embraer, a parceria estratégica com a Boeing irá possibilitar a ambas as empresas acelerar o crescimento em mercados aeroespaciais globais.

Idas e vindas

Na semana passada, Bolsonaro levantou a possibilidade de revisão no acordo, que depende de aval do presidente. Depois das declarações, as ações da Embraer lideraram as quedas da B3, a bolsa paulista, com retração de 5,1%.

Na ocasião, Bolsonaro havia afirmado em entrevista que, segundo a última versão do contrato, informações tecnológicas podem ser repassadas à empresa de aviação americana. O presidente não detalhou, no entanto, que tipo de dados poderiam ser acessados, mas falou em proteção do patrimônio nacional.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

é hoje

Último sorteio de maio da Mega Sena pagará R$ 38 milhões

Concurso deve acontecer hoje (30), às 20h, em São Paulo

em meio à pandemia

Bolsonaro provoca aglomeração ao tomar café da manhã em restaurante em Abadiânia

Bolsonaro carregava consigo uma máscara, mas não a utilizou enquanto trocava apertos de mão e posava para fotos com populares

de olho na popularidade

Datafolha: 67% reprovam negociação de cargos de Bolsonaro com congressistas

Nas últimas semanas, o presidente tem reforçado sua aproximação com parlamentares do Centrão

quem é quem

Como fica o conselho da Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, após saída de Bill Gates

Conglomerado segue com forte posição de caixa em meio à crise; saiba quais são as mentes por trás das decisões da empresa

A noite dos cristais: a infeliz comparação de Abraham Weintraub com o episódio nazista

se o caro amigo leitor, ou a cara amiga leitora, quiser ganhar dinheiro nas bolsas de valores ou nos mercados futuros, guarde suas paixões políticas no armário.

país em crise

Governo tem 48h para se manifestar sobre problemas no auxílio emergencial

Decisão é do ministro do TCU; o pedido se refere as dificuldades de acesso às bases completas da Receita para a verificação de elegibilidade de quem pede o auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais

#VamosVirarOJogo

Magazine Luiza, Carrefour e ao menos 450 empresas buscam soluções para o pós-pandemia

Três empresários lançaram, no fim de abril, um movimento para trocar experiências e atraíram grandes empresas: é o #VamosVirarOJogo

entrevista

Só na 2ª metade da década teremos ritmo pré-covid, diz Mesquita, do Itaú

Segundo economista-chefe do banco, é preciso aguardar o resultado do segundo trimestre para confirmar a magnitude da recessão de 2020 – o Itaú projeta -4,5%

de olho no balanço

Cosan tem queda de 74,2% no lucro do primeiro trimestre

Lucro líquido foi de R$ 102,2 milhões; receita líquida da companhia cresceu 7,2% no primeiro trimestre, na comparação anual, para R$ 18,285 bilhões

ao infinito e além

A SpaceX, de Elon Musk, e a Nasa prometem levar o homem de volta ao espaço

A parceria já está em órbita faz tempo: os foguetes de Elon Musk levam carga espacial para a agência americana e deseja ir além

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements