Menu
2019-04-05T09:54:01-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Decisão unânime

Copom mantém juros Selic em 6,5% ao ano

Primeira decisão do colegiado com Roberto Campos Neto no comando veio sem surpresas no mercado

20 de março de 2019
18:25 - atualizado às 9:54
Roberto Campos Neto – presidente do BC
O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu manter a taxa Selic em 6,5% ao ano nesta quarta-feira, 20. Em comunicado divulgado logo após o encontro, o Banco Central afirmou que a decisão foi unânime.

A manutenção dos juros era amplamente esperada pelo mercado financeiro. As projeções do Broadcast/Estadão apontavam que todas as 43 instituições consultadas pelo serviço de notícias estavam esperando juros a 6,5%.

Em sua análise pré-Copom e Fed, o Eduardo Campos já apontava que "serenidade e paciência" seria o mantra dos dois comitês. Mais cedo, o Fed decidiu manter os juros americanos entre 2,25% e 2,5%, deixando no radar a possibilidade de não subir os juros neste ano.

A reunião marcou a estreia de Roberto Campos Neto como presidente do BC. Ele assumiu o posto em fevereiro, no lugar de Ilan Goldfajn. O próximo encontro está marcado para acontecer em 7 e 8 e maio.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Disparada

No embalo do recorde do bitcoin, ações da Coinbase disparam mais de 70% na estreia na Nasdaq

O CEO da empresa, Brian Armstrong, comentou mais cedo sobre a abertura de capital da Coinbase ao portal CNBC

Fura-teto?

Criticado, governo vai rever PEC que livra obras do teto

O texto não caiu bem entre economistas, parlamentares e membros do próprio governo federal

Relembre a história

Crime e castigo: Bernie Madoff, responsável pela maior pirâmide financeira da história, morre na cadeia

Condenado a 150 anos de prisão, financista que fraudou US$ 20 bilhões e enganou milhares de investidores morreu em desgraça aos 82 anos. Conheça sua história e relembre seus crimes.

Atividade em queda

Indicador da FGV mostra contração da economia em março com agravamento da pandemia

A queda nas expectativas dos consumidores foi um dos destaques negativos entre os componentes do indicador

Benefício com garantia

Paulo Guedes reeditará BEm somente após a aprovação do Orçamento ou da PEC “fura-teto”

“O ministro disse ‘ou um, ou outro, o que sair primeiro a gente faz o BEm'”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies