Menu
2019-05-09T06:50:17-03:00
Estadão Conteúdo
CPI da China

Inflação chinesa anual atinge 2,5% em abril, maior nível em 6 meses

Taxa foi impulsionada pelos custos de alimentos, segundo dados oficiais; resultado do CPI de abril veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal

9 de maio de 2019
6:49 - atualizado às 6:50
yuan-china
Notas de yuan, moeda da China -

A taxa anual de inflação ao consumidor da China ganhou força em abril e atingiu máxima em seis meses, impulsionada pelos custos de alimentos, segundo dados oficiais.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) chinês subiu 2,5% no mês passado ante abril de 2018, depois de avançar 2,3% na comparação anual de março, informou o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, pela sigla em inglês) do país. O resultado do CPI de abril veio em linha com a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Em relação ao mês anterior, o CPI da China teve leve alta de 0,1% em abril. Em março, o índice havia recuado 0,4% ante fevereiro.

O governo chinês tem a meta de manter a inflação ao consumidor abaixo de 3% em 2019.

O NBS também divulgou números sobre a inflação ao produtor. O chamado índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da China teve aumento de 0,9% na comparação anual de abril, maior do que a alta de 0,4% observada em março. A variação de abril ficou acima da projeção do mercado, de acréscimo de 0,6%.

No confronto mensal, o PPI chinês subiu 0,3% em abril. Em março, o PPI havia mostrado ligeiro ganho de 0,1% ante fevereiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

LUTO

Morre presidente da Samsung, aos 78 anos

Lee Kun-hee foi responsável por transformar a companhia em um dos maiores conglomerados do mundo

INFLAÇÃO

Custo alto deve se manter até 2021 no material de construção

Superaquecimento de itens é reflexo de distorção entre oferta e demanda, diz pesquisadora da FGV

“efeito de três pontos”

O [mau] comportamento dos mercados: as semelhanças entre a trajetória do câmbio e de uma bola de basquete

O câmbio vai oscilar ao gosto das notícias – das guerras comerciais à falta de agenda econômica do governo federal. Mas existe um estranho – e ainda pouco compreendido – “efeito de três pontos”.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies