Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Inflação
Publicações
PREÇOS EM ALTA

IGP-M sobe 3,05% na 2ª prévia de novembro e acumula alta de 24,25% em 12 meses

Gasolina ficou mais cara, mas o aumento mais brando nas passagens aéreas desacelerou a inflação ao consumidor, segundo FGV

Revisando os números

Ministério da Economia eleva projeção do IPCA em 2020 de 1,83% para 3,13%

Todas as projeções para a inflação em 2020 estão abaixo do centro da meta deste ano, de 4,00%, que tem uma margem de tolerância de 1,5 ponto porcentual para baixo ou para cima

Disparada no ano

IGP-M sobe 2,67% na primeira prévia de novembro

Com o resultado, o índice – que serve como fator de reajuste para aluguéis – acumula elevação de 21,25% no ano e de 23,79% em 12 meses

Inflação

Crise breca reajuste de 18% do aluguel

Apesar de disparada recente do IGP-M, aluguel vem sofrendo reajustes menores, em razão da crise do coronavírus

Indicador da FGV

Inflação medida pelo IPC-S desacelera a 0,59% na 1ª quadrissemana de novembro

Índice de preços ao consumidor semanal medido pela FGV teve avanço abaixo do período anterior

Revisão

JPMorgan melhora projeção para o PIB do Brasil em 2020, mas eleva a de inflação

O banco americano melhorou a projeção de desempenho do PIB neste ano de contração de 4,9% para queda de 4,7%; estimativa para a inflação subiu de 3% para 3,4%

IPCA

Inflação avança 0,86% em outubro, maior alta para o mês desde 2002

Com o resultado de outubro, o IPCA acumula taxas de inflação de 2,22% no ano e de 3,92% em 12 meses.

Preços

IPC-Fipe sobe 1,19% em outubro e deixa inflação acumulada de 2020 em 3,72%

O resultado de outubro superou o teto das estimativas de nove instituições de mercado consultadas pelo Projeções Broadcast, que iam de alta de 0,69% a 1,17%, com mediana de 1,09%

Alívio

IPC-S de outubro desacelera a 0,65%, de 0,82% em setembro, afirma FGV

Houve desaceleração em itens como passagens aéreas, óleos e gorduras, alimentos para pets, equipamentos eletrônicos e roupas

Pressão nos preços

Choque inflacionário deve durar seis meses, dizem especialistas

Com o dólar em níveis recordes e uma recuperação inicial forte da economia, a avaliação é de que as empresas devem continuar repassando os custos da alta de insumos enquanto houver gargalos na produção

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies