Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-17T09:19:00-03:00
Estadão Conteúdo
Batalha contra a desaceleração

China divulga reforma de juros para reduzir custo de financiamento de empresas

Movimento anunciado deve reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as companhias do país

17 de agosto de 2019
9:19
Notas de Yuan, moeda da China
Imagem: Shutterstock

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) divulgou neste sábado um plano de reforma das taxas de juros com objetivo de reduzir custos de financiamento para empresas que têm enfrentado dificuldades em meio à desaceleração econômica.

A instituição informou que vai melhorar o mecanismo usado para estabelecer a taxa básica de juros a partir deste mês, em um movimento para reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as empresas. Os bancos enviarão seus preços de empréstimo ao banco central a cada mês e o PBoC usará o preço médio para obter a taxa básica, segundo comunicado.

A medida visa reduzir os custos de empréstimos para as pequenas empresas da China, que foram as mais atingidas pela desaceleração econômica, mas têm acesso limitado ao financiamento barato, ao contrário das estatais.

O PBoC afirmou que incluirá taxas de mais oito credores, elevando o total para 18, já que isso resultaria em um melhor reflexo das taxas de juros do mercado, que são mais baixas do que as taxas atuais de referência.

O banco central disse que vai introduzir um taxa de juros de cinco anos, que servirá como referência para os empréstimos de longo prazo dos bancos, como hipotecas. Atualmente, a taxa existe apenas para um ano.

A instituição disse ainda que os empréstimos bancários existentes não serão afetados pelas reformas, uma vez que permanecerão vinculados a antigas taxas de juros de referência, conforme estabelecido nos contratos.

*Com Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)

Pandemia em curso

Variante ômicron da covid-19 já está em dez países, mas chefe da associação médica da África do Sul vê “sintomas médios” da doença em estudo preliminar

Até o fechamento desta matéria, não haviam informações sobre infecções por essa variante da covid-19 nas Américas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies