Menu
2019-08-17T09:19:00-03:00
Estadão Conteúdo
Batalha contra a desaceleração

China divulga reforma de juros para reduzir custo de financiamento de empresas

Movimento anunciado deve reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as companhias do país

17 de agosto de 2019
9:19
Notas de Yuan, moeda da China
Imagem: Shutterstock

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) divulgou neste sábado um plano de reforma das taxas de juros com objetivo de reduzir custos de financiamento para empresas que têm enfrentado dificuldades em meio à desaceleração econômica.

A instituição informou que vai melhorar o mecanismo usado para estabelecer a taxa básica de juros a partir deste mês, em um movimento para reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as empresas. Os bancos enviarão seus preços de empréstimo ao banco central a cada mês e o PBoC usará o preço médio para obter a taxa básica, segundo comunicado.

A medida visa reduzir os custos de empréstimos para as pequenas empresas da China, que foram as mais atingidas pela desaceleração econômica, mas têm acesso limitado ao financiamento barato, ao contrário das estatais.

O PBoC afirmou que incluirá taxas de mais oito credores, elevando o total para 18, já que isso resultaria em um melhor reflexo das taxas de juros do mercado, que são mais baixas do que as taxas atuais de referência.

O banco central disse que vai introduzir um taxa de juros de cinco anos, que servirá como referência para os empréstimos de longo prazo dos bancos, como hipotecas. Atualmente, a taxa existe apenas para um ano.

A instituição disse ainda que os empréstimos bancários existentes não serão afetados pelas reformas, uma vez que permanecerão vinculados a antigas taxas de juros de referência, conforme estabelecido nos contratos.

*Com Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

em busca de energia limpa

Criptomoedas: Elon Musk diz que Tesla vendeu 10% do que detinha em bitcoin

Segundo executivo, operação prova que a criptomoeda poder ser liquidada facilmente “sem mover o mercado”

imunização

Governo de São Paulo adianta em 30 dias vacinação contra a covid-19; veja novas datas

Plano é vacinar toda a população adulta do estado, ao menos com a primeira dose, até o dia 15 de setembro

luto

Ex-presidente do BC Carlos Langoni morre de covid-19 no Rio

Carlos Langoni trabalhou no governo na virada das décadas de 1970 e 1980, quando foi presidente do BC; ele colaborou com a equipe econômica do ministro Paulo Guedes, quase 40 anos depois

nos eua

Nova ‘ação meme’? Orphazyme dispara quase 1400% em um dia e mercado não sabe por quê

Investidores da empresa aguardam uma importante atualização sobre um tratamento experimental para a doença de Niemann-Pick; sem novidades, mercado não sabe a razão da alta

entrevista

Superávit primário pode voltar em 2024, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt diz que a melhora no quadro fiscal do País não é “sorte”; confira a entrevista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies