🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2019-07-25T07:44:54-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
vamos falar de números

Pão de Açúcar tem alta de 217% no lucro em segmento alimentar

Esse é o primeiro balanço que o grupo divulga depois de vender a sua fatia da Via Varejo; vendas totais alcançaram R$ 14,2 bilhões, com crescimento de 11,3%

25 de julho de 2019
7:13 - atualizado às 7:44
Grupo Pão de Açúcar GPA PCAR3
O que os especialistas dizem sobre a cisão entre GPA e Assaí? - Imagem: Jacques Lepine / Estadão Conteúdo

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) divulgou nesta quarta-feira, 24, que teve um lucro líquido dos acionistas controladores no segmento alimentar de R$ 490 milhões, numa alta de 217,4%. O valor, após o IFRS 16, é referente ao segundo trimestre deste ano.

Esse é o primeiro balanço que o grupo divulga depois de vender a sua fatia da Via Varejo. Desde 2016 a companhia procurava por um comprador da sua parte na dona da Casas Bahia. Mas a operação só foi concretizada após o GPA receber uma proposta do empresário Michael Klein - filho do fundador da Casas Bahia.

Com a operação, a empresa agora deve priorizar o desenvolvimento do negócio alimentar. No trimestre, foram abertas 3 lojas do Assaí, totalizando 148 lojas da bandeira, e outras 12 lojas estão em processo de construção. Adicionalmente, foram concluídas 13 conversões de Extra Super para Mercado Extra, totalizando 43 lojas da bandeira.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no segmento alimentar somou R$ 888 milhões, um avanço de 0,9%. A margem Ebitda ajustada ficou 6,8%, significando uma queda de 0,7 ponto porcentual. Já a margem bruta recuou 1,4 ponto porcentual, para 21,6%.

Desafio do consumo e queda da inflação

As vendas totais alcançaram R$ 14,2 bilhões, com crescimento de 11,3%. A empresa destacou que "manteve a boa tendência dos últimos trimestres, mesmo diante dos desafios do ambiente de consumo e da queda da inflação ao longo do segundo trimestre".

As despesas com vendas, gerais e administrativas avançaram 6,3% no segundo trimestre na comparação anual, representando 15,2% da receita líquida - uma melhora 0,7 ponto porcentual.

O resultado financeiro líquido da companhia ficou negativo em R$ 280 milhões no segundo trimestre, ante desempenho também negativo do mesmo período do ano passado, de R$ 277 milhões.

A relação entre a dívida líquida e o Ebitda da companhia ficou negativa em 0,47 vez. "A dívida líquida ajustada pelo saldo de recebíveis não antecipados totalizou R$ 1,3 bilhão, redução de 45,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, principalmente em razão da conclusão da alienação da participação da Via Varejo", destacou a empresa.

Os investimentos no segmento alimentar totalizaram R$ 510 milhões, alta de 54,8%, "em função de uma maior dispersão de abertura de lojas ao longo do ano".

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Política monetária

Bancos centrais podem elevar riscos ao aumentar juros ao mesmo tempo

25 de setembro de 2022 - 16:37

Economistas alertam que os bancos centrais como um grupo irão longe demais e empurrarão a economia mundial para uma recessão mais profunda do que o necessário

Exclusivo Seu Dinheiro

Dividendos expressivos daqui para frente: fundo imobiliário (FII) está barato, tem potencial de disparar e pode se tornar a fonte de renda extra que você precisa; conheça

25 de setembro de 2022 - 15:00

Artigo produzido por colunista do Seu Dinheiro destaca 5 razões para você acreditar no crescimento de um FII que está bem descontado

Investigação

CVM muda entendimento e vê fraude em operações de criptomoedas do ‘Faraó dos Bitcoins’

25 de setembro de 2022 - 12:54

Mudança de postura da CVM é vista com atenção por sinalizar como o colegiado vai reagir em outros casos envolvendo criptoativos

Sem pânico

Nubank faliu? Entenda o que está acontecendo com a empresa

25 de setembro de 2022 - 11:41

A migração de BDRs do Nubank na bolsa brasileira se transformou num medo coletivo do banco digital fechar as portas no Brasil. Entenda

COM A PALAVRA, PROFESSOR BARONI

‘Já passou da hora de alguns gestores autoliquidarem fundos imobiliários’: o que pensa um dos maiores especialista de FIIs do país sobre a consolidação da indústria

25 de setembro de 2022 - 10:00

Professor Baroni, o analista e especialista em FIIs da Suno Research, discutiu o excesso de opções no mercado em evento do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies