Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-21T11:51:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Recuo na comparação anual

Anbima mostra que empresas brasileiras movimentaram R$ 100,5 bilhões no mercado de capitais até abril

Dados da associação mostram que o volume total registrou uma queda de 9% em relação ao mesmo período do ano passado

9 de maio de 2019
16:20 - atualizado às 11:51
Onde investir em 2019: cenário para cada classe de ativos
Movimentações de empresas foram dominadas pela renda fixa - Imagem: Ilustração: Pomb

O mercado de capitais contou com a movimentação de R$ 100,5 bilhões pelas empresas brasileiras entre janeiro e abril deste ano.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 9, pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), e mostram uma queda de 9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Mantendo a mesma base de comparação, o número de operações também caiu, passando de 280 para 189 neste ano.

Renda fixa reina absoluta

Destrinchando os dados da Anbima, fica claro que as operações de renda fixa dominaram as movimentações. O volume total do segmento neste período somava R$ 45,8 bilhões.

Nesse bolo, chama a atenção o papel das debêntures, que levantaram R$ 29,1 bilhões entre janeiro e abril. No mesmo período do ano passado, o total de emissões desse ativo foi de R$ 46,2 bilhões, o que corresponde a queda de 37%. Já os CRAs (Certificados de Recebíveis de Agronegócio) avançaram 225%, de R$ 1,2 bilhão para R$ 4,1 bilhões.

Já os fundos imobiliários, híbridos entre renda fixa e variável, praticamente dobraram o volume emitido nos primeiros quatro meses de 2018, passando de R$ 4 bilhões para R$ 7,9 bilhões. Esses produtos representam 13% das emissões no mercado de capitais doméstico do ano.

No mundo das ofertas

A Anbima também apontou que, em abril, o IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) da Centauro, o primeiro do ano, movimentou R$ 772 milhões. O resultado contribuiu para o saldo de R$ 6,9 bilhões em operações de renda variável. O volume é praticamente o mesmo dos primeiros quatro meses de 2018 (R$ 6,8 bilhões).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Podcast Mesa Pra Quatro

De corretor de investimentos a árbitro e comentarista de futebol: conheça a trajetória de Arnaldo Cézar Coelho

O ex-árbitro e ex-comentarista de futebol é o convidado do podcast Mesa Pra Quatro. Ele conta como sua mãe influenciou a investir em imóveis e fala sobre a sua trajetória no mercado financeiro, um lado que poucos conhecem – confira agora

nome limpo na praça

Boa Vista (BOAS3): Itaú BBA inicia cobertura com ‘compra’ e potencial de alta de 27%

Preço-alvo para 2022 foi estabelecido em R$ 15,50, apoiado na tese de crescimento da companhia e do mercado de serviço de informações de crédito

de olho na inovação

Bitcoin é ineficiente como moeda e bom apenas para especulação, diz ‘Papa’ do valuation

Damodaran disse que a importância que tem sido dada ao bitcoin é desproporcional em relação ao seu papel na economia e minimizou a adoção da criptomoeda por El Salvador

entrevista

Para economista-chefe do Santander Brasil, flexibilização do teto de gastos já é uma realidade

É preciso entender a dinâmica do momento para não entrar em escaladas “otimistas” ou “pessimistas”, diz Ana Paula Vescovi

pós-fusão

Ações da Hering (HGTX3) deixam de ser negociadas na B3 a partir desta segunda (20)

Transferência de papéis faz parte do acordo de fusão entre as companhias; Soma comprou a Hering em abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies