Menu
2019-04-04T14:24:24-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Convite aceito

Juiz Sérgio Moro aceita convite de Bolsonaro para comandar ministério da Justiça

Em nota, juiz disse que agenda anticorrupção e anticrime de governo Bolsonaro o fez aceitar o convite

1 de novembro de 2018
10:56 - atualizado às 14:24
sergio-moro
Sergio Moro no Palácio da Justiça - Imagem: Montagem: Andrei Moraes/Seu Dinheiro

O juiz federal Sérgio Moro aceitou nesta quinta-feira, 1º, o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para comandar o superministério da Justiça.

Em nota, Moro disse que se sente "horado" com o convite e que a agenda anticorrupção e anticrime o fez aceitar. Ele disse ainda que a "operação Lava Jato seguirá em Curitiba com valorosos juízes locais" e que, para que não haja "controvérsias desnecessárias", vai se afastar das audiências.

Moro esteve no Rio de Janeiro nesta manhã, onde conversou com o presidente eleito por cerca 1h30. Na saída, chegou a deixar o carro para conversar com a imprensa, mas, por conta do tumulto, acabou desistindo.

O juiz é o quinto ministro a já ser oficialmente anunciado pelo governo Bolsonaro. Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), general Augusto Heleno (Defesa) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) compõem o resto da lista.

Veja nota na íntegra:

"Fui convidado pelo Sr. Presidente eleito para ser nomeado Ministro da Justiça e da Segurança Publica na próxima gestão. Após reunião pessoal na qual foram discutidas politicas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava Jato seguira em Curitiba com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes.

Curitiba, 01 de novembro de 2018.

Sergio Fernando Moro"

"Será nosso norte"

Em seu twitter, Bolsonaro comemorou o aceite de Moro e enfatizou que a agenda anticorrupção e o "respeito à constituição e às leis será nosso norte".

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Caça às pendências

BNDES quer viabilizar privatização da Eletrobras e refazer leilão de bloco da CEDAE ainda este ano

Além disso, o banco de fomento trabalha em outros 120 projetos de desestatização que podem chegar a um investimento total de R$ 243 bilhões em obras

Oferta secundária à vista?

BNDES vai esperar o ‘melhor momento’ para vender ações da Copel

A BNDESPar, empresa de participações do banco, pretende se desfazer da fatia de 24% que possui das ações Copel

Mais uma para a lista

Mesmo com apoio de grandes investidores, Dotz interrompe processo de IPO

A empresa, que pretendia movimentar R$ 1,1 bilhão com a oferta, citou a atual condição do mercado de capitais brasileiro como o motivo por trás da desistência

Assunto do momento

5 pontos para entender a inflação americana – e o que isso tem a ver com o seu bolso

Só se fala em inflação em disparada nos Estados Unidos. Mas você sabe o que isso realmente significa?

Com ajuda da venda de ações

Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre

O Banco aproveitou o período próspero para antecipar um pagamento de R$ 38 bilhões e reduzir em 21% sua dívida com a União

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies