Menu
2019-04-04T14:42:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Produção mundial da commodity

Opep anuncia corte de 1,2 milhão de barris de petróleo por dia – e a Petrobras agradece

Grupo de países produtores de petróleo fará uma nova ação conjunta para conter a queda de preços

7 de dezembro de 2018
17:07 - atualizado às 14:42
opep
Corte será de 1,2 milhão de barris por dia - Imagem: Andrei Moraes/Seu Dinheiro

A semana não podia terminar melhor para as ações da Petrobras. A Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados anunciaram um novo corte na produção conjunta da commodity. Ao todo, serão 1,2 milhão de barris por dia (bpd) a menos em relação aos níveis de outubro de 2018.

Segundo informações da organização, desse volume, caberá aos membros do cartel uma redução da ordem de 800 mil bpd, enquanto os produtores parceiros liderados pela Rússia serão responsáveis por diminuir seu suprimento ao mercado em 400 mil bpd.

Aqui no Brasil, depois do anúncio tanto as ações ordinárias como as preferenciais da Petrobras subiram na bolsa, com alta de 1,64% e 0,73%, respectivamente. Vale lembrar que a decisão da Opep era um dos fatores que fizeram das ações da petroleira a nossa aposta do mês para a bolsa.

Minha parte na história

O ministro de Energia e Indústria dos Emirados Árabes Unidos e presidente da 175ª Reunião da Conferência da Opep, Suhail Mohamed Al Mazrouei, reconheceu que alguns integrantes do cartel, como o Irã, serão isentos de promover cortes nacionalmente. No caso do país persa, pesaram para a concessão os efeitos das sanções dos Estados Unidos à sua indústria petrolífera.

Já o ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak, anunciou que Moscou planeja cortar 2% de sua produção de petróleo, também na comparação com o nível de outubro. "Gostaria de agradecer à Arábia Saudita por assumir um corte maior do que a fatia de produção que lhe cabe", declarou.

Por sua vez, o ministro saudita, Khalid Al-Falih, informou que Riad produziu 10,7 milhões de bpd em outubro, 11,1 milhões de bpd em novembro e prevê produção de 10,7 milhões de bpd em dezembro. "Hoje, estamos alocando os números de janeiro e eles estarão na vizinhança de 10,2 milhões [de barris por dia], em parte motivado com nosso compromisso de começar 2019 com o pé direito", afirmou. A partir dessa declaração, apreende-se que o corte promovido pelos sauditas sob o acordo será de 500 mil de barris por dia.

Ainda assim, Al-Falih destacou que Arábia Saudita mostrou nos últimos seis meses que não sabe apenas "cortar" oferta, mas, também, "liberar" oferta no mercado quando considera necessário.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

de olho na agenda

Congresso sacramenta decisão de levar Orçamento para plenário e abre prazo para emendas

Cúpula do Legislativo tenta afastar o “fantasma” do shutdown; Se a LDO não for aprovada ainda neste ano, o governo fica sem autorização para realizar despesas básicas em janeiro, como salários e aposentadorias

em brasília

Mourão diz que parte dos assessores de Bolsonaro distorce fatos

Vice-presidente afirmou nesta sexta-feira que existe “certa incompreensão” no seu relacionamento com o chefe do Executivo

seu dinheiro na sua noite

Free Solo: Ibovespa escala para perto da marca histórica

Com imagens de tirar o fôlego, o extraordinário documentário Free Solo conta a preparação do alpinista Alex Honnold para chegar ao topo do El Capitan, uma parede rochosa com quase 1000 metros de altura. Detalhe: a escalada é feita sem equipamentos de segurança. O filme vencedor do Oscar está disponível no Disney Plus. Mas quem não é […]

Respiro

E-commerce fatura R$ 7,72 bilhões com Black Friday e Cyber Monday em 2020

O valor representa aumento de 27,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

fechamento dos mercados

Ibovespa engata 5ª semana seguida de alta com Petrobras, Vale e aéreas

Índice local de ações não tinha sequência tão longa de ganhos semanais desde dezembro de 2019; dólar mantém trajetória de queda e juros longos se descomprimem de novo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies