Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:19:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ministro extraordinário

Onyx Lorenzoni será responsável por transição de governo Bolsonaro

Nomeação de Lorenzoni como “ministro extraordinário” será publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira

5 de novembro de 2018
7:16 - atualizado às 14:19
Onyx Lorenzoni
Onyx Lorenzoni - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) será nomeado nesta segunda-feira, 5, como ministro extraordinário e será oficialmente o responsável pela coordenação do processo de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Braço direito do futuro mandatário, Lorenzoni será o ministro da Casa Civil do novo governo.

A nomeação será publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira. Lorenzoni se licenciará da Câmara dos Deputados e o suplente da coligação, Washington Stecanela Cerqueira, do PDT do Rio Grande do Sul, assumirá o mandato. Ele é ex-jogador de futebol e atualmente é dirigente do clube Itabaiana, de Sergipe.

Mesmo licenciado da Câmara, Lorenzoni poderá manter o salário de deputado, que é de R$ 33.763, maior do que o de ministro (R$ 30.934) e dos demais cargos da transição, que pode variar entre R$ 2,5 mil a R$ 16,5 mil.

Na semana passada, Lorenzoni afirmou que Bolsonaro nomeará 22 pessoas das 50 possíveis para integrar a equipe de transição. Os nomes também serão publicados no Diário Oficial da União desta segunda-feira. O grupo trabalhará com os funcionários do presidente Michel Temer, designados para este período, no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília.

A área já foi organizada para a transição. Segundo a assessoria de comunicação do DEM, que está auxiliando na relação com os jornalistas, ainda não há uma definição sobre a entrada da imprensa no CCBB e a participação em entrevistas coletivas por envolver questões logísticas e de segurança.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

De onde vem o dinheiro?

Governo confirma Auxílio Brasil em R$ 400, mas sem revelar de onde vai tirar o dinheiro para bancar o benefício

O ministro da Cidadania não respondeu às perguntas da imprensa nem confirmou a fonte de renda para o novo programa social, o que é a grande preocupação dos mercados

O que vem depois da lua?

Depois do recorde: até onde vai a alta do bitcoin? Especialista em criptomoedas responde

Depois da aprovação do primeiro ETF em criptomoedas, o bitcoin (BTC) não para de subir e as estimativas são otimistas — mas os EUA podem mudar o jogo

Analistas respondem

Ações da Vale aprofundam queda com sinais ruins do relatório de produção e vendas no 3º trimestre. Hora de comprar VALE3?

Analistas apontam que, enquanto a produção foi sólida, a venda de minério de ferro veio abaixo do esperado até pelas estimativas mais conservadoras

Puxando os ETFS

Chove bitcoin, molha ETF: fundos de índice brasileiros sobem até 19% em dia de recorde do BTC

Enquanto o primeiro ETF de criptomoeda dos Estados Unidos avança tímidos 3%, na B3, o avanço é de até 19,78%

Cabo de guerra

Sem explicar origem da verba, Bolsonaro confirma Auxílio Brasil em R$ 400 e promete respeitar teto de gastos

Apesar da promessa do presidente, o governo flerta com a flexibilização do teto para conseguir arcar com o valor do benefício

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies