Menu
2019-04-04T12:34:52-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Novo governo

Governo Bolsonaro deve fazer ‘pente-fino’ em regalias como voos da FAB, diz Onyx Lorenzoni

Para futuro ministro da Casa Civil integrantes do primeiro escalão devem se conscientizar em evitar “regalias”, utilizar voos comerciais e restringir uso de cartões corporativos

28 de dezembro de 2018
9:03 - atualizado às 12:34
Onyx Lorenzoni, ministro-chefe da Casa Civil no governo Bolsonaro
Onyx Lorenzoni - Imagem: Roberto Jayme/Estadão Conteúdo

A equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, discute um pacote de medidas de corte de benefícios a ministros para ser apresentado nas primeiras semanas de 2019. Entre as propostas que o grupo considera de forte apelo popular estão a redução do uso do cartão corporativo e de aeronaves da Força Aérea Brasileira. Em conversas no governo de transição, aliados de Bolsonaro citam escândalos nos governos anteriores envolvendo cartões e viagens a lazer em aviões da FAB.

Em entrevista nesta quinta-feira, 27, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que, por enquanto, há apenas uma recomendação para que os integrantes do primeiro escalão evitem "regalias".

A sugestão é que os futuros ministros não usem os aviões da FAB especialmente em deslocamentos nos fins de semana a cidades onde possuem residência.

"É um pacto que estamos fazendo para reduzir drasticamente o uso das aeronaves da FAB", disse.

"Todos nós vamos seguir o exemplo do presidente Jair Bolsonaro e andar em avião de carreira, a não ser que seja imprescindível", afirmou.

Lorenzoni se referiu ao período de campanha, quando Bolsonaro viajou apenas em voos comerciais. Depois das eleições, o presidente eleito, por recomendação da segurança, só viaja em aviões da FAB.

A equipe de transição ainda avalia se pretende acabar com cartões corporativos ou restringir seu uso. O futuro ministro da Casa Civil disse que as mudanças serão feitas com "critérios", com base em consultas à Advocacia-Geral da União e à Controladoria-Geral.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Negócio fechado

Petrobras assina venda de sua fatia de 50% no campo terrestre de Rabo Branco

O campo teve produção média em 2020 de 131 barris de petróleo por dia (bpd).

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Fundo Verde e a tragédia grega do Brasil

Ao despertar a fúria de Zeus por ter entregue o fogo do Olimpo aos mortais, Prometeu foi acorrentado e punido: durante o dia, uma águia devorava seu fígado; durante a noite, o órgão se regenerava — um ciclo de tormento eterno. Tragédias gregas, infelizmente, costumam ser úteis ao falarmos sobre o Brasil. Reformas econômicas demandam […]

FECHAMENTO

Commodities amenizam a queda da bolsa, mas exterior negativo e nova crise em Brasília falam mais alto

As commodities mais uma vez tentaram salvar a bolsa brasileira de um dia no vermelho, mas o exterior negativo e a cautela em Brasília falaram mais alto

Presidente otimista

EUA devem ter retomada econômica mais rápida em quase 40 anos, diz Biden

Segundo o democrata, o foco de seu governo se manterá em criar empregos e combater a pandemia de covid-19

Gestão na crise

Brasil vive uma espécie trágica de dia da marmota, diz Verde Asset

Navegar os mercados locais vem sendo uma odisseia extremamente complexa e nada indica que vai melhorar, diz a gestora de Luis Stuhlberger

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies