Exile on Wall Street
Felipe Miranda
É sócio-fundador e CIO da Empiricus
2019-02-08T10:39:46-02:00
TIRA-DÚVIDAS SOBRE INVESTIMENTOS EM 1 MINUTO

BLINK: vale mais investir em bolsa ou em uma ideia de negócio?

Felipe Miranda responde dúvidas de leitores no improviso

28 de dezembro de 2018
14:40 - atualizado às 10:39

Será que vale a pena começar o ano investindo o dinheiro na bolsa ou em uma ideia de negócio? Qual é o cenário mais improvável para 2019? O Felipe Miranda te responde essas e outras perguntas em um minuto!

Confira a última edição do BLINK de 2018:

Quer suas perguntas respondidas? Envie para blink@seudinheiro.com ou deixe suas perguntas no campo de comentários.
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Fechamento Hoje

Tensão entre Rússia e Ucrânia e expectativa com reunião do Fed derrubam bolsas pelo mundo, e Ibovespa cai quase 1%, mas NY vira para o azul na reta final

Wall Street consegue uma virada impressionante e fechar em alta, depois de índices terem chegado a cair mais de 3%; Ibovespa reduziu perdas, mas ainda fechou com queda significativa, enquanto dólar subiu

NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela as movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

MELHORA ARTIFICIAL

Pedidos de recuperação judicial caem em 2021 ao menor nível desde 2014

Para os especialistas os números do ano passado não representam uma recuperação econômica, mas uma melhora artificial no ambiente de negócios promovida por políticas públicas pontuais

APOSTA NA SIDERURGIA

A vez da Usiminas: BTG estima alta de mais de 55% para USIM5 nos próximos meses; saiba o que pode impulsionar as ações

Segundo os analistas, a empresa negocia nos múltiplos mais baixos da década e deve surfar na recuperação dos preços do aço