Menu
Luciana Seabra
Advogada do Investidor
Luciana Seabra
É CFP®, especialista em fundos de investimento e sócia da Empiricus
2019-04-20T16:09:24-03:00
BASTIDORES

Reuniões a portas fechadas fazem efeito e mercado embarca em lua de mel com o general Mourão

Hamilton Mourão tem colhido os louros de uma bem-sucedida agenda de reuniões com executivos

25 de outubro de 2018
11:26 - atualizado às 16:09
Vice-presidente Hamilton Mourão
Vice-presidente Hamilton Mourão - Imagem: Shutterstock

O general Hamilton Mourão caiu no gosto do mercado financeiro. O provável futuro vice-presidente cumpriu uma bem-sucedida agenda de reuniões com executivos, que tem rendido ecos.

"Ele é inteligente e mais centrado do que o Bolsonaro", disse para mim um executivo de um grande banco que preferiu não ser identificado, enfatizando sua capacidade intelectual: "chegar a general exige uma formação sólida". Segundo ele, o consenso entre os sócios do banco depois de um encontro a portas fechadas foi que Mourão surpreende.

Ontem, em um jantar que reuniu o alto escalão do mercado, ouvi até mesmo de um economista bastante preocupado com o futuro político e econômico do país sob Bolsonaro, algo na mesma linha: "nas reuniões com o mercado, o general tem se mostrado melhor do que as pessoas pensam".

Em conversas a portas fechadas, segundo ouvi de uma fonte, Mourão fala que não se pode fugir da reforma da previdência o quanto antes e também defende investimentos em infraestrutura. "Pressionado, em coletivas, ele fala umas besteiras, mas quem não tem um tio mais velho que fala coisas retrógradas? E você não gosta menos dele por causa disso", disse.

Parece que Mourão tem de fato conseguido derrubar uma primeira má impressão. Quando o nome dele foi anunciado como vice de Bolsonaro, nas rodas de mercado o comentário era a decepção quanto à não escolha de Luiz Philippe de Orleans Bragança. Comenta-se que o recém-eleito deputado federal por São Paulo é cotado para o Ministério das Relações Exteriores (você pode ler uma conversa dele com o Seu Dinheiro aqui).

Cumprida a missão, o general tem ficado mais quieto nos últimos dias. Não gosta de falar no assunto publicamente, mas pelo que se conta embarcou em outra lua de mel: com uma tenente-coronel do exército, com a qual empreende seu segundo casamento.

Quer receber notícias por e-mail? Clique aqui para receber a nossa newsletter.

Leia também:

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

PRÉVIA DOS BALANÇOS

Os grandões vêm aí: Petrobras e Vale divulgam os resultados; veja o que esperar

Semana será marcada pela apresentação dos resultados de algumas das principais companhias da B3

agenda lotada

Os segredos da bolsa: balanços de pesos-pesados podem manter Ibovespa em alta em semana de Copom

Lá fora, resultados do terceiro trimestre de Amazon, Apple, Facebook, Google e Microsoft são destaques, além de decisões de bancos centrais

O GRANDE DRAGÃO VERMELHO

Pandemia deve reforçar poder chinês na economia

Movimento aponta para a continuidade das tensões com Estados Unidos e manutenção da alta demanda por matérias-primas produzidas pelo Brasil

PANOS QUENTES

‘Apresentei desculpas e colocamos ponto final’, diz Salles sobre atrito com Ramos

Salles e Ramos protagonizaram o mais recente atrito dentro do governo, tornado público após chefe do Meio Ambiente se referir ao general como “Maria Fofoca”

ALÍVIO

Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz

Média móvel de novos casos ficou em 22.483 no sábado, alta de 11% em relação aos casos da semana anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies