Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-12-11T09:48:40-02:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
câmbio

Banco Central fará novo leilão de linha no valor de US$ 1 bilhão

Depois de uma semana fora do mercado, BC retoma atuação no mercado à vista nesta terça-feira

10 de dezembro de 2018
19:05 - atualizado às 9:48
pá-de-dolares
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) fará novo leilão de linha com compromisso de recompra nesta terça-feira. O montante ofertado será de até US$ 1 bilhão com liquidação para fevereiro e março de 2019. A última atuação do tipo tinha acontecido na terça-feira da semana passada.

Nesse tipo de atuação o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. As atuações têm acontecido desde o fim de novembro conforme aumentou a demanda por moeda à vista para remessas para fora do país.

Os dados sobre o fluxo cambial em novembro mostraram uma saída líquida de US$ 6,6 bilhões, maior desde 2008 para meses de novembro. As retiradas ficaram concentradas na conta financeira, que teve saída de quase US$ 13 bilhões. Na quarta-feira, o BC atualizará os dados referentes à primeira semana de dezembro.

Segundo o BC, o estoque atual de operações de venda conjugadas com operações de compra, nome formal da linha, é de US$ 3,10 bilhões vincendos em 4 de fevereiro de 2019 e US$ 2,15 bilhões com vencimento em 6 de março de 2019. Desse total de US$ 5,25 bilhões, US$ 4 bilhões são “linhas novas” colocadas no mercado e US$ 1,25 bilhão é referente à rolagem de operação feita em agosto e que venceria no começo de dezembro.

Nesta segunda-feira, o dólar comercial encerrou com alta de 0,69%, negociado a R$ 3,9223. Na máxima do dia, a moeda chegou a ser negociada a R$ 3,9459.

Os leilões de linha são habituais ao menos desde 2011 nos meses de novembro e, principalmente, dezembro conforme aumenta a demanda por moeda física pelas empresas e fundos que estão fechando balanços anuais. Agora em 2018 parece estar ocorrendo uma antecipação desta demanda.

Além das atuações pontuais no mercado à vista, o BC continua realizando diariamente a rolagem dos contratos de swaps cambiais que vencerão em janeiro de 2019. O swap equivale à venda de dólares no mercado futuro. O lote a vencer soma US$ 10,4 bilhões.

Quando o BC promove a rolagem integral dos contratos de swaps ele se mantém “neutro” no mercado, sem alterar o atual estoque total de US$ 68,9 bilhões. Se a opção fosse por não realizar a rolagem ou mesmo pela rolagem parcial, o efeito líquido no mercado seria de compra de dólares no mercado futuro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na onda das commodities, short de Nubank e o fim das ações das Lojas Americanas: veja as principais notícias do dia

Entre importar o otimismo ou o pessimismo do exterior, a bolsa brasileira tem preferido a primeira opção, nos últimos dias. Em mais um dia negativo para as bolsas americanas, o Ibovespa novamente nadou contra a maré vermelha e fechou em alta, impulsionado pelo avanço dos preços das commodities – sobretudo do minério de ferro. Com […]

Fechamento Hoje

Ibovespa novamente contraria exterior, sobe mais de 1% e fecha acima dos 108 mil pontos; dólar cai abaixo de R$ 5,50

Mesmo com dia negativo em Nova York, Ibovespa é impulsionado pelas commodities; varejistas e techs se recuperam com alívio nos juros futuros

CRYPTO NEWS

Cada vez mais países devem formar reservas de bitcoin ao longo de 2022; entenda como você pode aproveitar

Você provavelmente já viu uma imagem similar a esta abaixo. Ela mostra o conceito da curva de adoção, em S, de uma nova tecnologia ou produto. A curva em formato de sino é um reflexo da curva em S, mostrando o tamanho, ao longo do tempo, dos públicos que aderem a tal inovação. Malcolm Gladwell […]

NOVAS BAIXAS

Dois secretários e um diretor do Ministério da Economia pedem demissão do cargo; saiba quem são os substitutos

Um dos secretários vai para a Funpresp-Exe e o outro, para o Legislativo. Receita Federal diz que saída de seu diretor ocorreu a pedido do servidor

CONCESSÃO RECORDE

Caixa bate recorde em 2021 ao conceder R$ 140,6 bi em crédito habitacional e diz não esperar mais altas nos juros no financiamento imobiliário; entenda

O executivo afirmou que a Caixa segue os juros futuros com vencimento em oito anos para definir as taxas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies