Menu
2018-11-08T20:08:51-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Mercado esperava um lucro

Cyrela pisa feio na bola e decepciona acionistas ao aumentar seu prejuízo no 3º trimestre

Com resultado negativo em R$ 121 milhões, empresa amarga o terceiro trimestre consecutivo de perdas

8 de novembro de 2018
20:06 - atualizado às 20:08

O que já estava ruim, ficou ainda pior. A incorporadora Cyrela Brazil Realty não só amargou seu terceiro prejuízo consecutivo, como ampliou seu revés no 3º trimestre. A companhia apresentou perdas líquidas de R$ 121 milhões, número cerca de 17 vezes maior do que o registrado no mesmo período de 2017 (R$ 7 milhões).

O resultado ficou totalmente fora do esperado pelo mercado. Os analistas consultados pela Bloomberg projetavam, em média, um lucro líquido de R$ 11,8 milhões no trimestre.

Desde o início do ano, a Cyrela vem colecionando dados negativos: no 1º trimestre, prejuízo de R$ 32,8 milhões; no 2º, prejuízo de R$ 11,7 milhões; e agora no 3º mais um tombo de R$ 121 milhões.

Segundo o balanço, dentro do conjunto de impactos negativos para a companhia estão: R$ 29 milhões com impairment de um terreno no Rio de Janeiro; perda de R$ 31 milhões com novas contingências; e R$ 94 milhões referentes a despesas reparatórias na região Nordeste, sendo R$ 32 milhões já desembolsados e R$ 62 milhões em virtude de provisão realizada.

Além disso, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 1 milhão, revertendo ganho de R$ 12 milhões registrado um ano antes.

Nem tudo é tempestade

Por outro lado, a receita líquida totalizou R$ 725 milhões, o que representa uma alta de 21,2% na mesma base de comparação, reflexo do maior volume de operações de lançamentos e vendas nos últimos meses. A companhia não divulga o indicador Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização).

O resultado líquido da Cyrela também contou com ganhos de R$ 24 milhões referente à participação na Cury e R$ 28 milhões de consumo provisão para risco de crédito referente aos distratos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

seu dinheiro na sua noite

O IPO da Caixa Seguridade vem aí; vale a pena entrar?

Depois de algumas idas e vindas, o já mítico IPO da Caixa Seguridade finalmente vai sair. O processo de abertura de capital da holding de seguros da Caixa Econômica Federal foi paralisado duas vezes no ano passado, mas finalmente será concluído na semana que vem, com a estreia das ações na bolsa. O IPO da […]

plano do ipo

Espaçolaser compra lojas franqueadas em GO e PR por R$ 35,6 milhões

Rede de depilação já detinha opção de compra; no início do mês, companhia anunciou aquisição de outras 18 lojas

FECHAMENTO

Bolsa, dólar e juros terminam o dia no vermelho com repercussão do Orçamento e novo plano Biden

Plano de Biden de aumentar impostos não agradou o mercado e a perspectiva de nova injeção de estímulos puxou para baixo o dólar. Já os juros futuros recuaram de olho na sanção do Orçamento

dança das cadeiras

Carrefour muda alto escalão, em processo de integração com Grupo BIG

Sébastien Durchon deixa o cargo de vice-presidente de finanças e de relações com investidores; executivo ficará à frente do processo de integração com a companhia adquirida

Concorrência pesa

Lucro líquido da Intel despenca 41% no 1º trimestre

Apesar do resultado negativo, a receita da companhia caiu apenas 1% na comparação com os primeiros três meses do ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies