Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-11-08T20:08:51-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Mercado esperava um lucro

Cyrela pisa feio na bola e decepciona acionistas ao aumentar seu prejuízo no 3º trimestre

Com resultado negativo em R$ 121 milhões, empresa amarga o terceiro trimestre consecutivo de perdas

8 de novembro de 2018
20:06 - atualizado às 20:08

O que já estava ruim, ficou ainda pior. A incorporadora Cyrela Brazil Realty não só amargou seu terceiro prejuízo consecutivo, como ampliou seu revés no 3º trimestre. A companhia apresentou perdas líquidas de R$ 121 milhões, número cerca de 17 vezes maior do que o registrado no mesmo período de 2017 (R$ 7 milhões).

O resultado ficou totalmente fora do esperado pelo mercado. Os analistas consultados pela Bloomberg projetavam, em média, um lucro líquido de R$ 11,8 milhões no trimestre.

Desde o início do ano, a Cyrela vem colecionando dados negativos: no 1º trimestre, prejuízo de R$ 32,8 milhões; no 2º, prejuízo de R$ 11,7 milhões; e agora no 3º mais um tombo de R$ 121 milhões.

Segundo o balanço, dentro do conjunto de impactos negativos para a companhia estão: R$ 29 milhões com impairment de um terreno no Rio de Janeiro; perda de R$ 31 milhões com novas contingências; e R$ 94 milhões referentes a despesas reparatórias na região Nordeste, sendo R$ 32 milhões já desembolsados e R$ 62 milhões em virtude de provisão realizada.

Além disso, o resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 1 milhão, revertendo ganho de R$ 12 milhões registrado um ano antes.

Nem tudo é tempestade

Por outro lado, a receita líquida totalizou R$ 725 milhões, o que representa uma alta de 21,2% na mesma base de comparação, reflexo do maior volume de operações de lançamentos e vendas nos últimos meses. A companhia não divulga o indicador Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização).

O resultado líquido da Cyrela também contou com ganhos de R$ 24 milhões referente à participação na Cury e R$ 28 milhões de consumo provisão para risco de crédito referente aos distratos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies