Menu
2018-10-06T21:57:08-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

Última pesquisa Ibope também diz que segundo turno será entre Bolsonaro e Haddad

Mesmo crescendo quatro pontos em relação ao último levantamento, o candidato do PSL não deve conseguir alcançar 50% dos votos válidos

6 de outubro de 2018
21:25 - atualizado às 21:57
haddad-bolsonaro
Fernando Haddad e Jair Bolsonaro - Imagem: Flickr/Fotos Públicas

O Ibope divulgou neste sábado, 6, o resultado da sua última pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial antes do primeiro turno. De acordo com os números, Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) se enfrentarão na segunda etapa.

Desde a pesquisa divulgada no dia 3, Bolsonaro cresceu quatro pontos, enquanto Fernando Haddad, em segundo lugar, oscilou um ponto para baixo. Ciro Gomes (PDT) oscilou um ponto para cima.

Segundo o Ibope, o índice de confiança da pesquisa é de 95%. Isso significa que, se considerada a margem de erro, a probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores na sexta-feira, 5, e no sábado, 6.

Veja todos os números:

Jair Bolsonaro (PSL): 36%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Marina Silva (REDE): 3%
Cabo Daciolo (PATRI): 2%
Henrique Meirelles - MDB 2%
João Amoêdo - NOVO 2%
Alvaro Dias - PODE 1%
Guilherme Boulos - PSOL 1%
Eymael - DC 0%
Vera - PSTU 0%
João Goulart Filho - PPL 0%
Branco/ Nulo 7%
Não sabe/ Não respondeu 5%

Votos válidos

O Ibope também fez um levantamento dos votos válidos, que desconsidera os votos Brancos, Nulos e indecisos. É esse parâmetro que o TSE utiliza para definir o resultado oficial das urnas e a possibilidade de um segundo turno. Nesse levantamento, Bolsonaro aparece com 41% das intenções de voto, enquanto Haddad tem 25% e Ciro 13%.

Jair Bolsonaro (PSL): 41%
Fernando Haddad (PT): 25%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
João Amoêdo (NOVO): 3%
Marina Silva (REDE): 3%
Alvaro Dias (PODE): 2%
Cabo Daciolo (PATRI): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Eymael (DC): 0%
Vera (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%

Rejeição

Bolsonaro e Haddad chegam ao fim do primeiro turno com as maiores taxas de rejeição. Segundo o Datafolha, 43% do eleitorado rejeita o candidato do PSL, enquanto 36% rejeita o petista.

Os resultados foram:

Jair Bolsonaro (PSL): 43%
Fernando Haddad (PT): 36%
Marina Silva (REDE): 22%
Geraldo Alckmin (PSDB): 16%
Ciro Gomes (PDT): 15%
Henrique Meirelles (MDB): 10%
Alvaro Dias (PODE): 9%
Cabo Daciolo (PATRI) 9%
Guilherme Boulos (PSOL): 9%
Eymael (DC): 8%
João Amoêdo (NOVO): 8%
Vera (PSTU): 7%
João Goulart Filho (PPL): 6%
Poderia votar em todos (resposta espontânea): 2%
Não sabem ou preferem não opinar: 7%

Simulações de segundo turno

Nas quatro simulações de segundo turno feitas pelo Ibope, Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com Ciro, Alckmin e Haddad. Já na disputa com Marina, o candidato do PSL venceria.

Ciro Gomes 45% x 41% Jair Bolsonaro (branco/nulo 11%; não sabe 2%)
Geraldo Alckmin 40% x 43% Jair Bolsonaro (branco/nulo 14%; não sabe 3%)
Jair Bolsonaro 46% x 36% Marina Silva (branco/nulo 15%; não sabe 3%)
Fernando Haddad 41% x 45% Jair Bolsonaro (branco/nulo 12%; não sabe 3%)

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

as queridinhas dos jovens

Apple, Amazon e Tesla estão entre as ações preferidas dos millennials; confira ranking

Empresa diz ter analisado 734 mil contas de investimento de americanos com idade média de 31 anos

Azul, JBS, Cielo e Petrobras: os destaques do Ibovespa nesta terça-feira

O mercado reage positivamente às novidades anunciadas pela Azul em sua gestão de frota — e, como resultado, as ações da companhia aérea disparam. Já a Cielo tem um dia intenso na bolsa, em meio à divulgação do balanço trimestral da companhia

motivo de preocupação dos mercados

Brasil investiga caso suspeito de coronavírus

Caso a infecção por coronavírus seja confirmada, o nível de alerta no país sobe para de Emergência de Saúde Pública Nacional, quando há a possibilidade de o vírus já estar em circulação no país

olho nos números

Relatório aponta nível baixo de investimento de estatais no 1º ano de Bolsonaro

Estatais federais executaram 45,7% dos investimentos previstos para 2019 e a aplicação dos recursos ao longo do ano foi direcionada basicamente para a Região Sudeste

Câmbio

A alta do dólar preocupa? Com a palavra, o presidente do Banco Central

Campos Neto disse que o BC avalia constantemente se a alta do dólar retarda as decisões de investimento ou contamina as perspectivas de inflação

de olho nas finanças

48% dos brasileiros não controlam o próprio orçamento, mostra pesquisa CNDL/SPC

Segundo o levantamento, a frequência de análise de orçamento é inadequada mesmo entre a maioria dos 52% de brasileiros que utilizam alguma forma de controle de suas finanças

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

presidente ficou irritado

Assessor do Planalto é afastado por usar avião da FAB

Vicente Santini usou uma aeronave oficial para se deslocar até Nova Délhi, na Índia

Exile on Wall Street

Contágio: e agora, o que fazer?

Medo de uma grande pandemia transmitida rapidamente num mundo globalizado e interconectado encontra representação mitológica tão forte que virou blockbuster em Hollywood

Alívio

Ibovespa acompanha o exterior e opera em alta, recuperando parte das baixas de ontem

O Ibovespa ensaia uma recuperação após as perdas massivas da sessão passada, apesar de o noticiário referente ao coronavírus continuar inspirando cautela

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements