🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Estadão Conteúdo
Em análise

Cláusula que pode dar à Boeing 100% de joint venture com Embraer gera incômodo

Acordo que cria a nova empresa entre Boeing e Embraer prevê que os norte-americanos poderão, no futuro, comprar a fatia minoritária dos brasileiros e ter até 100% do negócio de aviação comercial

Estadão Conteúdo
18 de dezembro de 2018
9:02 - atualizado às 12:20
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O acordo que cria a nova empresa entre Boeing e Embraer prevê que os norte-americanos poderão, no futuro, comprar a fatia minoritária dos brasileiros e ter até 100% do negócio de aviação comercial. A cláusula foi mal recebida em Brasília e atrasou as negociações. Se uma investida da Boeing fosse feita atualmente, autoridades dizem que a transação seria barrada pelo Palácio do Planalto.

Pela proposta, nos dez anos seguintes ao acordo, a brasileira tem a garantia de negociar os papéis pelo valor do negócio ajustado pela inflação dos Estados Unidos. Como a nova empresa é avaliada em US$ 5,26 bilhões, a fatia de 20% da Embraer vale hoje US$ 1,052 bilhão. Após os dez anos, qualquer oferta será feita com "valor justo de mercado".

Uma das autoridades que acompanharam a negociação explicou que as conversas atrasaram pela reação crítica do Palácio do Planalto a esse trecho. Para o governo, preocupa a possibilidade de que o documento já preveja as condições para que os americanos tenham até 100% da nova empresa no futuro - o que oficialmente acabaria com o negócio de aviação comercial da empresa de São José dos Campos.

A autoridade brasileira reconhece que a Boeing poderá avançar sobre as ações da brasileira na empresa voltada à aviação comercial. A fonte lembrou, no entanto, que "é claro que o governo brasileiro pode barrar essa operação". Isso ocorreria porque o Planalto manterá o poder de veto previsto pela chamada "golden share".

Ao governo, as empresas rechaçam qualquer intenção de uso dessa cláusula. A opção prevista em contrato, argumentaram as fabricantes, seria quase como uma "formalidade", já que essa opção costuma ser incluída em grandes contratos desse tipo. Às autoridades em Brasília, as duas empresas disseram ainda que atualmente não há interesse em exercer essa opção de negociação adicional.

Cargueiro

Já as condições sobre a nova empresa para comercializar o cargueiro KC-390 foram bem recebidas pelo Brasil. Negociadores do governo classificaram como "suficiente e adequada" a divisão do negócio com 51% do capital com a Embraer e 49% com a Boeing. Essa divisão deixa o Brasil em condições de vetar qualquer decisão sobre os rumos do negócio.

Além disso, o governo reconhece que, se o porcentual no negócio voltado ao cargueiro fosse maior, haveria necessidade de maior desembolso para aumentar a participação da Embraer - o que não interessaria aos brasileiros. Outra fonte elogiou o desenho do negócio de defesa ao lembrar que a Embraer e o governo brasileiro gastaram muito com o projeto do cargueiro, e o foco agora está em negociar o produto.

Compartilhe

Disputa pelos ares

China compra cerca de 300 aviões da Airbus, em novo golpe à rival Boeing

3 de julho de 2022 - 11:45

A Boeing citou repetidamente a China como essencial para seus planos de crescimento da produção, mas perdeu para a rival Airbus na encomenda mais recente do gigante asiático

TRAGÉDIA NA CHINA

Alguém derrubou esse avião de propósito na China; investigadores agora tentam descobrir quem foi

18 de maio de 2022 - 7:45

Dados recuperados da caixa preta sugerem que alguém na cabine derrubou o intencionalmente o Boeing 737-800 da China Eastern com 132 pessoas a bordo no fim de março

GUERRA ECONÔMICA

Veja as maiores sanções impostas contra a Rússia até agora — e o que Putin fez para se livrar delas

5 de abril de 2022 - 14:36

Na tentativa de isolar Moscou do resto do mundo e parar as tropas na Ucrânia, os EUA e seus aliados já anunciaram cerca de 50 medidas punitivas; listamos algumas das principais

A CAIXA PRETA É LARANJA

Explicações a caminho? Recuperada uma das ‘caixas pretas’ do Boeing 737-800 que caiu na China com 132 pessoas a bordo

23 de março de 2022 - 8:02

Avião mergulhava de bico, perto da velocidade do som, nos momentos que antecederam a tragédia, segundo especialistas ouvidos pela Bloomberg

MISTÉRIO NO AR

Investigadores tentam desvendar como o Boeing 737-800, um dos aviões mais seguros já construídos, caiu na China com 132 pessoas a bordo

22 de março de 2022 - 10:10

Equipes de resgate ainda vasculham o local da queda do avião, ocorrida ontem, mas não encontraram sinais de sobreviventes

TRAGÉDIA AÉREA

Avião cai na China com 132 pessoas a bordo; ações da Boeing operam em forte queda no pré-mercado em Nova York

21 de março de 2022 - 6:16

Boeing 737-800 caiu em uma região montanhosa perto de Wuzhou, no sul da China, e explodiu; equipes de resgate realizam buscas no local

BYE BYE!

Facebook (FBOK34), Netflix (NFLX34), Airbnb (AIRB34) e Apple (AAPL34): a enorme lista de empresas que cortaram laços com a Rússia e deixaram Putin na mão

4 de março de 2022 - 14:02

Além do efeito das sanções, que torna praticamente impossível a realização de negócios no país, essas companhias estão preocupadas com a imagem em meio à guerra

JETSON DA VIDA REAL

Passeio de carro voador na Austrália está mais perto da realidade com ajuda da Eve, da Embraer (EMBR3)

16 de fevereiro de 2022 - 14:21

A subsidiária da empresa brasileira recebeu um pedido de até 40 eVTOLs da Microflite, uma das principais operadoras de helicópteros da Austrália

De volta ao lar

Embraer (EMBR3) reintegra o setor de aviação comercial após o fiasco com a Boeing. E agora, como ficam as ações?

26 de janeiro de 2022 - 14:50

Para a Embraer (EMBR3), a parceria com a Boeing em aviação comercial é passado; mas será que o mercado precifica corretamente suas ações?

Empréstimo

Gol acerta financiamento de US$ 600 milhões para renovar frota de aviões

24 de janeiro de 2022 - 8:50

Empresa aérea usará o dinheiro para financiar a aquisição de 12 novas aeronaves Boeing 737 MAX 8, a uma taxa de juros menor que o custo atual da frota

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar