Menu
A CONTA AUMENTA

Vale já tem R$ 11 bilhões em valores bloqueados pela Justiça

O foco é garantir a reparação dos danos às pessoas atingidas no município após o desastre

27 de janeiro de 2019
17:45 - atualizado às 12:20

Ao todo, a Justiça já decretou bloqueios de R$ 11 bilhões de bens da mineradora Vale para compensar os estragos provocados pelo rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), ocorrido na sexta-feira, 25.

Hoje, a Justiça de Minas Gerais deferiu liminar determinando um bloqueio de R$ 5 bilhões da companhia. O foco é garantir a reparação dos danos às pessoas atingidas no município após o desastre.

Mais tarde, a juíza plantonista, Renata Lopes Vale, da Vara do Trabalho de Betim, determinou mais o bloqueio de R$ 800 milhões da Vale.  Ao todo, a Justiça já decretou bloqueios de R$ 11,8 bilhões da mineradora.

De acordo com o Ministério Público do Estado, a decisão foi proferida em ação cautelar antecedente proposta pelo órgão.

A decisão também determinou que a Vale “se responsabilize pelo acolhimento em hotéis, pousadas, imóveis locados, arcando com os custos relativos ao traslado, transporte de bens móveis, pessoas e animais, além de total custeio da alimentação, fornecimento de água potável, observando-se a dignidade e adequação dos locais às características de cada família, sempre em condições equivalentes às anteriores ao desastre, para todas as pessoas que tiveram comprometidas suas condições de moradia em decorrência do rompimento das barragens pelo tempo que se fizer necessário”.

A Justiça estabeleceu que a Vale assegure aos moradores assistência integral, com a oferta de equipe multidisciplinar “composta por, no mínimo, assistente social, psicólogo, médico, arquiteto, e em quantidade suficiente, para o atendimento das demandas apresentadas pelas pessoas atingidas”.

A empresa também terá de oferecer imediatamente “estrutura adequada para acolhimento dos familiares de vítimas que se encontram desaparecidas e daquelas já com confirmação de óbito, fornecendo informações atualizadas a cada família envolvida, alimentação, apoio da equipe multidisciplinar acima mencionada, transporte, gastos com sepultamento e todo o apoio logístico e financeiro solicitado pelas famílias”.

Leia também

Os promotores de Justiça Maria Alice Costa Teixeira, Marcelo Schirmer Albuquerque, Cláudia Spranger e Márcio Rogério de Oliveira, defenderam que o empreendedor não pode receber o bônus pela exploração de recursos naturais e deixar o ônus à sociedade.

“Os réus usufruíram intensamente do proveito econômico de atividade minerária, enquanto deixaram para a sociedade os ônus, tais como, perda de vidas e de recursos materiais e imateriais pelo rompimento de suas imensas barragens”.

Outros bloqueios

Na mesmo dia do rompimento da barragem, o juiz de plantão da Vara de Fazenda Pública de Belo Horizonte, Renan Carreira Machado, determinou o bloqueio de R$ 1 bilhão nas contas da Vale.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A decisão foi concedida em tutela de urgência em resposta a uma ação do governo de Estadual de Minas Gerais, que havia acionado a Vale, pedindo sua responsabilização pelo desastre.

E no sábado, a juíza Perla Saliba Brito, da Comarca de Brumadinho, determinou o bloqueio de R$ 5 bilhões da mineradora, atendendo pedido do procurador-geral de Justiça de Minas, Antonio Sergio Tonet. De acordo com ele, o objetivo é garantir o custeamento de despesas ambientais provocadas pelo rompimento da barragem.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Seu Dinheiro na sua noite

O tenista quer voltar ao topo

Antes de conquistar o mundo das cervejas e dos hambúrgueres, o bilionário brasileiro Jorge Paulo Lemann foi jogador profissional de tênis. Ele revelou recentemente que ainda dá suas raquetadas, e com ninguém menos que o suíço Roger Federer do outro lado da quadra. Aos 79 anos, Lemann é um veterano no mundo dos negócios e […]

Transparência na reforma?

Secretário da Previdência diz a Radio que “não há decretação de sigilo, dados são públicos”

Rogério Marinho também afirmou que a equipe econômica está refinando os números para levá-los à comissão especial de mérito

Nós pagamos

Gasto com subsídios somou R$ 314 bilhões em 2018, ou 4,6% do PIB

Número é elevado, mas marca terceiro ano de queda, depois de somar 6,7% do PIB em 2015. Essa é uma boa ilustração da política de custos difusos e benefícios concentrados

Sem informação, sem acordo

Oposição quer barrar votação da reforma da Previdência na CCJ exigindo divulgação de dados

Parlamentares também avaliam pedir uma nova fase de discussões se o parecer do relator Marcelo Freitas (PSL-MG) for alterado

Com o balanço no forno

A campeã voltou? Calor e Carnaval devem impulsionar resultado da Ambev, diz Goldman Sachs

Analistas do banco americano reiteraram a compra das ações depois de participarem de uma reunião com diretores da cervejaria, que apontaram o crescimento no segmento “premium”

Tensões e farpas no governo

Mourão alfineta Olavo de Carvalho e diz que ele deve voltar para a função de astrólogo

Vice-presidente rebateu o guru do bolsonarismo após um vídeo em que Olavo aparece fazendo duras críticas aos militares

IR 2019

Plantão do IR: como retificar a declaração para incluir um bem que vinha sendo omitido?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

lenda viva

As previsões do bilionário Warren Buffett: criptomoedas, ‘terra-planistas’ e a própria morte

Site reúne uma série de “previsões” que o investidor americano fez nas últimas décadas; ele acertou a maior parte

IR 2019

Plantão do IR: como calcular o valor do meu patrimônio se tenho bens junto com meu cônjuge?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados, e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro

"Vai passar bem"

Mesmo com dificuldades na articulação do governo, Maia mantém otimismo sobre reforma ser aprovada na CCJ

Sobre sigilo dos cálculos para a reforma, o presidente da Câmara afirmou que os dados estarão abertos quando o tema for debatido na Comissão Especial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu